ÔĽŅ Barra Mansa fecha o cerco contra o mosquito da Aedes aegypti - Di√°rio do Vale
quinta-feira, 16 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Barra Mansa fecha o cerco contra o mosquito da Aedes aegypti

Barra Mansa fecha o cerco contra o mosquito da Aedes aegypti

Matéria publicada em 18 de janeiro de 2018, 18:38 horas

 


Aedes aegypti: Agentes intensificar√£o as a√ß√Ķes com visita aos domic√≠lios e elimina√ß√£o dos focos - Paulo Dimas

Aedes aegypti: Agentes intensificar√£o as a√ß√Ķes com visita aos domic√≠lios e elimina√ß√£o dos focos – Paulo Dimas

Barra Mansa

Com o objetivo de intensificar as a√ß√Ķes de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, o prefeito Rodrigo Drable se encontrou na manh√£ de quarta (17), com agentes da Secretaria de Sa√ļde na Coordenadoria de Vigil√Ęncia em Sa√ļde Ambiental, no bairro Boa Sorte. Os cuidados s√£o importantes principalmente nesta √©poca em decorr√™ncia das chuvas e temperatura alta.
– De um modo geral, ele destacou a responsabilidade de que todos os agentes de Sa√ļde t√™m nessa fase, enfatizando as a√ß√Ķes de controle e combate ao mosquito Aedes Aegypti”, explicou a Gerente de Vigil√Ęncia em Sa√ļde, Ana L√ļcia Deveza. Como parte do Programa Municipal de Combate da Dengue, uma equipe de 92 profissionais dividida em 82 agentes, oito supervisores de campo e dois supervisores gerais intensificar√£o nos pr√≥ximos dias as a√ß√Ķes de identifica√ß√£o dos poss√≠veis criadouros do mosquito transmissor com visita aos domic√≠lios e a elimina√ß√£o dos focos.
Reclama√ß√Ķes e den√ļncias sobre poss√≠veis focos de dengue podem ser feitas de segunda √† sexta, das 7 √†s 17 h, na Coordenadoria de Vigil√Ęncia em Sa√ļde Ambiental, na Rua Get√ļlio Borges Rodrigues, 210, Boa Sorte ou pelo telefone (24) 3326-2588. A orienta√ß√£o √© que os moradores autorizem a entrada dos agentes para um trabalho efetivo de inspe√ß√£o, controle e elimina√ß√£o dos focos.

Ver√£o contribui para aumento dos focos

Durante o ver√£o a transmiss√£o pode ocorrer com maior intensidade, pois √© nesse per√≠odo que o desenvolvimento do mosquito √© mais r√°pido. Os ovos do mosquito Aedes Aegypti podem permanecer grudados nos recipientes por 450 dias. Nos seres humanos, a perman√™ncia do v√≠rus incubado pode durar de dois a quinze dias. De acordo com o Coordenador de Vigil√Ęncia em Sa√ļde Ambiental, Maur√≠cio Iencarelli, a popula√ß√£o deve seguir algumas dicas b√°sicas para impedir os focos e criadouros do mosquito. “Evitar manter √°gua parada em pneus, vasos de planta e garrafas s√£o algumas formas f√°ceis de preven√ß√£o. Al√©m de tampar as caixas d’√°gua. S√≥ dessa forma, conseguiremos impedir novos focos e aumento da doen√ßa”, afirmou.

Um coment√°rio

  1. To na batalha tambem, mas sr prefeFACE precisamos derrotar tambem os milhares de chupa sngue que est√£o ai na prefeitura, secretario de agricultura so falta empregar os bezerros do sitio dele

Untitled Document