sábado, 26 de Maio de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / CEG nega vazamento de gás em Volta Redonda

CEG nega vazamento de gás em Volta Redonda

Matéria publicada em 7 de Fevereiro de 2018, 13:18 horas

 


Prefeitura e Inea paralisam manutenção da rede de gás

Autuação: Órgão municipal autuará a CEG-Rio por não ter comunicado a SMA pelo vazamento de produto químico gasoso na cidade - Gabriel Borges- Secom/VR

Autuação: Órgão municipal autuará a CEG-Rio por não ter comunicado a SMA pelo vazamento de produto químico gasoso na cidade – Gabriel Borges- Secom/VR

Volta Redonda

O forte cheiro de gás que foi sentido pela população na manhã de hoje (7),está causando polêmica. Além de inúmeras reclamações dos moradores, houve a desconfiança de vazamento de gás no município. A Companhia Estadual de Gás (CEG) informou que não houve nenhum caso de vazamento e sim uma manutenção na estação, onde fica localizado o sistema de odorização do gás. Porém, os técnicos do Instituto Estadual Ambiental(Inea) e da secretaria municipal de Meio Ambiente, que estiveram no local da manutenção, paralisaram a obra, pois a empresa não comunicou sobre o vazamento de produto químico gasoso ocorrido na Avenida Integração, na altura do bairro Vila Americana.
Em nota, a Ceg Rio explicou que não houve nenhum escapamento de gás na rede que abastece Volta Redonda. “A Companhia informa que o cheiro que está sendo percebido pela população é proveniente de manutenção na estação onde está instalado o sistema de odorização do gás natural. A Companhia pede desculpas pelo incômodo causado e esclarece que esse procedimento não representa risco de segurança à população”, informou.
O órgão municipal afirmou que vai autuar a empresa por não ter comunicado a cidade pelo vazamento de produto químico gasoso. O Inea pode multar a companhia por danos ambientais. O odor, segundo a secretaria municipal, é proveniente do gás chamado de Mercaptano, que é misturado com o gás natural (inodoro). Ainda de acordo com técnicos da SMA, o Mercaptano não faz mal à saúde e serve para facilitar a detectação de um vazamento porque os gases inodoros são extremamente perigosos. O Mercaptano, no entanto, pode causar mal estar em pessoas se estiver em grande concentração. Além disso, foi constatado pelos técnicos da prefeitura que os trabalhadores da manutenção da CEG não estavam com os Equipamento de Proteção Individual (EPIs) completos. Neste caso, órgão municipal vai comunicar o ocorrido ao Ministério do Trabalho e Emprego, responsável pela essa fiscalização. “Por obrigação, todas as empresas devem comunicar aos órgãos ambientais quando ocorrem acidentes como esse”, afirmou a secretária municipal do meio ambiente, Daniela Vasconcelos.

5 comentários

  1. Village Santa Helena também apresentou forte cheiro de gás.

  2. Isto é falta de fiscalização do Inea ,eles só aparecem para multar , levantem a bunda da cadeira e vão trabalhar órgão multador.Não ajudam em nada.

  3. neste mato tem coelho

  4. MORADOR DE VOLTA REDONDA

    Houve cheiro forte também no bairro Aterrado, na rua da Capela Mortuária. O INEA tem que apertar a fiscalização, cortaram a cidade inteira para passar os tubos de gás. Quem garante a eficácia dos serviços.
    O vazamento de gás é muito perigoso.

  5. Por volta de 10 horas da manhã o odor de gás era fortíssimo nas esquinas de Amaral Peixoto com Benedito L. Bragança, e também na rua do IMJA.

Untitled Document