quinta-feira, 23 de novembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Cursos em Quatis vão orientar microempreendedores sobre controle das finanças

Cursos em Quatis vão orientar microempreendedores sobre controle das finanças

Matéria publicada em 12 de setembro de 2017, 12:15 horas

 


PMQ-249 (FOTO 2 - DIVULGAÇÃO)

Inscrições já podem ser feitas na prefeitura, e vagas são limitadas
(Foto: Divulgação)

Quatis- A Prefeitura anunciou nesta terça-feira (12) a abertura de inscrições para dois cursos destinados especialmente aos empreendedores cadastrados no Programa MEI (Microempreendedor Individual), os quais vão ser promovidos em parceria com o Sebrae-RJ (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa).

As inscrições já podem ser feitas na Sala do Empreendedor, que funciona no Centro Administrativo do Município, de segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas. Podem se inscrever microempreendedores cadastrados em Quatis e Porto Real. No ato da inscrição, os interessados devem apenas informar o seu número no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas). Foram disponibilizadas 30 vagas para cada um dos dois cursos.

O primeiro curso será realizado no dia 26 de setembro, de 8 às 12 horas, no auditório da Prefeitura de Quatis, sobre o tema “Sei controlar meu dinheiro”. O curso vai orientar os microempreendedores a organizar suas finanças no dia a dia da atividade, fazendo com que no fim do mês os resultados positivos sejam percebidos pelo empreendedor.

Já no dia 28 de setembro, no mesmo horário e local, acontece a palestra a respeito do tema “Sei Formar Preço”, cuja finalidade será orientar os microempreendedores a determinar o valor final destinado ao consumidor do preço de sua mercadoria ou serviço, “de forma que o responsável pela atividade possa obter o lucro desejado”, conforme explica o secretário municipal de Trabalho e Renda, Vinícius Lima.

Vinícius frisa a importância das duas capacitações oferecidas no sentido de “aprimorar cada vez mais as atividades desenvolvidas pelos microempreendedores, que têm uma importância fundamental no desenvolvimento econômico e social da cidade”.

Atualmente, segundo o secretário, cerca de 650 empreendedores individuais são cadastrados pela Prefeitura de Quatis, através da Secretaria de Trabalho e Renda, nas mais variadas atividades econômicas, entre elas, carpinteiros, pedreiros, comerciantes, diaristas, cabeleireiros, esteticistas, salgadeiras, doceiras, mecânicos, serralheiros, paisagistas e mecânicos.

– O Programa MEI se constitui numa caminhos percorridos pela administração do prefeito Bruno de Souza com o objetivo de gerar renda e enfrentar diretamente a questão do desemprego, um problema comum que afeta grande parte das cidades brasileiras. Por isso, nossa prioridade é incrementar cada vez mais o desenvolvimento deste programa, já que ele garante benefícios sociais ao empreendedor e gera receitas aos cofres públicos para investimentos em obras e serviços a favor do cidadão – disse Vinícius.

Entre os microempreendedores individuais cadastrados em Quatis, estão moradores dos bairros São Benedito, Jardim Pollastri, Jardim Independência, Barrinha, Mirandópolis, Santo Antônio, Centro e Nossa Senhora do Rosário.

Uma vez inscrito no programa, o microempreendedor recolhe mensalmente uma taxa cujo valor vai de R$ 47,85 a R$ 52,85 (dependendo da atividade exercida). Do valor recolhido, um real corresponde ao recolhimento do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), caso o ramo explorado seja de comércio, e R$ 5,00 a título de ISS (Imposto Sobre Serviços), se o microempreendedor atuar na área de serviços. O restante vale como contribuição ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), o que permite ao microempreendedor a contagem do tempo para aposentadoria.

Untitled Document