ÔĽŅ Dagaz leva 'Cinestesia' a escola de Quatis - Di√°rio do Vale
quinta-feira, 16 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Dagaz leva ‘Cinestesia’ a escola de Quatis

Dagaz leva ‘Cinestesia’ a escola de Quatis

Matéria publicada em 14 de março de 2017, 20:28 horas

 


Projeto: Alunos do 6¬ļ, 8¬ļ e 9¬ļ anos poder√£o assistir filmes que contribuem na constru√ß√£o do pensamento cr√≠tico (Foto: Divulga√ß√£o/Instituto Dagaz)

Projeto: Alunos do 6¬ļ, 8¬ļ e 9¬ļ anos poder√£o assistir filmes que contribuem na constru√ß√£o do pensamento cr√≠tico (Foto: Divulga√ß√£o/Instituto Dagaz)

Quatis – O munic√≠pio de Quatis ser√° o primeiro deste ano a receber o projeto ‘Cinestesia’, do Instituto Dagaz, na vers√£o para as escolas. Nesta quarta-feira (15), alunos da Escola Municipal Maria Helena Rafael de Elias, no Centro, v√£o assistir aos filmes ‘Vida Maria’ e ‘Abra√ßo de Mar√©’. O projeto, patrocinado pela CCR NovaDutra e MRS Log√≠stica, exibir√° tr√™s sess√Ķes, ao longo do dia, para alunos do 6¬ļ, 8¬ļ e 9¬ļ anos.

A coordenadora do ‘Cinestesia’, Marise Vieira, considerou que o projeto teve um bom retorno das escolas onde houve exibi√ß√£o cinematogr√°fica e acredita no sucesso tamb√©m desta edi√ß√£o.

РO projeto em 2016 foi muito bem aceito pelos alunos e teve um excelente retorno das escolas e, nesse ano, estamos retornando o atendimento a pedido da coordenação pedagógica da Secretaria de Educação de Quatis Рafirmou.

O curta-metragem ‘Vida Maria’ produzido por M√°rcio Ramos busca abordar com os jovens a quebra dos ciclos de vidas rotineiras. A personagem Maria Jos√© √© uma menina que se diverte aprendendo a escrever o nome, mas √© obrigada pela m√£e a abandonar os estudos e come√ßar a cuidar dos afazeres dom√©sticos e trabalhar na ro√ßa. Enquanto trabalha, ela cresce, casa e tem filhos e depois envelhece e o ciclo continua a se reproduzir nas outras Marias, suas filhas, netas e bisnetas.

J√° o document√°rio ‘Abra√ßo de Mar√©’, apresenta o dia a dia de quem mora em um centro urbano, sempre atribulado. Enquanto isso, a obra mostra a realidade de cinco pessoas que vivem em sintonia entre a natureza e a cidade. O filme exibe a hist√≥ria de uma fam√≠lia ribeirinha, que mora numa casa de taipa, √†s margens do Rio Potengui. A reflex√£o promovida pelo ‘Abra√ßo de Mar√©’, √© essa dualidade e o quanto pode estar mais pr√≥xima do que se imagina e n√£o t√£o distinta do cotidiano.

Cronograma

Na pr√≥xima sexta-feira, dia 17, o ‘Cinestesia’ far√° uma participa√ß√£o especial na Semana da Poesia de Volta Redonda, a partir das 13h, na Biblioteca Municipal Raul de Leoni, com o document√°rio ‘Fala Tu’. A primeira participa√ß√£o do Dagaz atrav√©s do ‘Cinestesia’, este ano, foi na abertura da Semana da Diversidade de Barra Mansa, no dia 8 de mar√ßo, e na comemora√ß√£o dos 127 anos de Barra do Pira√≠, no dia 10. J√° nas escolas, as pr√≥ximas cidades que v√£o receber o projeto ser√£o Pinheiral e Porto Real.

O projeto ‚ÄėCinestesia‚Äô

O ‘Cinestesia’ consiste na exibi√ß√£o cinematogr√°fica, que inicialmente era realizado em espa√ßo fixo, no Condom√≠nio Cultural do Instituto Dagaz, em Volta Redonda. Desde 2014, a iniciativa passou a ser itinerante e, atualmente, oito munic√≠pios s√£o atendidos: Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Pira√≠, Porto Real, Quatis, Resende e Volta Redonda.

O Criaad (Centro de Recursos Integrado de Atendimento ao Adolescente) e o Degase (Departamento Geral de A√ß√Ķes Socioeducativas) tamb√©m fazem parte do p√ļblico assistido pelo projeto. O ‘Cinestesia’ √© considerado muito mais do que um polo de exibi√ß√£o cinematogr√°fica, pois vai muito al√©m do entretenimento do cinema, sendo usado como uma poderosa ferramenta para a transforma√ß√£o social. O objetivo √© fazer pensar, provocar o desenvolvimento de uma consci√™ncia e de um senso cr√≠tico.

O projeto tem, basicamente, um p√ļblico-alvo espec√≠fico: estudantes da rede de ensino da educa√ß√£o b√°sica, estudantes do ensino m√©dio e alunos do EJA (Ensino de Jovens e Adultos). Nas apresenta√ß√Ķes em pra√ßas p√ļblicas as exibi√ß√Ķes s√£o estendidas para todas as idades. O objetivo do ‘Cinestesia’ √© criar espa√ßos abertos ao di√°logo e a troca de ideias a partir da exibi√ß√£o de filmes, document√°rios, curtas e m√©dias metragens, n√£o comerciais.

Untitled Document