segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Dia do Músico é comemorado em Volta Redonda

Dia do Músico é comemorado em Volta Redonda

Matéria publicada em 22 de novembro de 2017, 16:54 horas

 


Celebrando: Quatro apresentações simultâneas foram realizadas pelos alunos do projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’ (Foto: Gabriel Borges/Secom VR)

Celebrando: Quatro apresentações simultâneas foram realizadas pelos alunos do projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’ (Foto: Gabriel Borges/Secom VR)

Volta Redonda – Alunos do projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’ realizaram nesta quarta-feira (22), quatro apresentações simultâneas em comemoração ao Dia do Músico. As performances aconteceram no hall da prefeitura de Volta Redonda, no Hospital Dr. Munir Rafful, no Cais do Aterrado e na Policlínica da Cidadania. O objetivo do evento foi divulgar o projeto levando a música onde o povo está. Esta data homenageia os artistas que criam, tocam e estudam melodias e harmonias que encantam a humanidade há milhares de anos.

No hall da prefeitura municipal se apresentaram as crianças das aulas de violino do bairro Santo Agostinho.

– Às vezes as pessoas não tem condições de ir até os nossos concertos. Então, além de comemorar o Dia do Músico, é uma oportunidade de todos conhecerem nosso trabalho – explicou Sarah Higino, maestrina do projeto ‘Volta Redonda Cidade da Musica’. A professora ainda falou da importância da música na vida dos alunos do projeto.

– O impacto é total na vida dos alunos. Através da música a gente desenvolve neles a concentração, o bom desempenho escolar e social – disse Sarah.

O projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’ atende, cerca de 4 mil jovens da rede municipal de ensino.

– O projeto é tudo para mim. Eu estou muito feliz aqui. Esse projeto me proporcionou muita coisa – contou a aluna Beatriz da Silva Marques.

As pessoas que estavam sendo atendidas no hall da prefeitura ficaram encantadas com a apresentação das crianças.

– Eu adorei a apresentação aqui na prefeitura. Acho muito importante o apoio do município para que esses jovens ingressem na carreira musical e possam ter um futuro melhor – disse Paloma Costa.

De “Brasileirinho”, passando por “Tico-tico no Fubá”, até chegar a sucessos dos Beatles, esse foi o repertório escolhido pelo quarteto de violinistas – integrantes da Orquestra de Violinos de Volta Redonda, também do Projeto Cidade da Música, para a apresentação no Cais do Aterrado.

De acordo com Allyson Gomes, que faz parte da Orquestra de Violinos, as apresentações foram muito importantes para os músicos.

– A valorização do músico virá com a divulgação do trabalho e com a popularização da música, principalmente a instrumental, que é o que fazemos – disse, explicando o porquê de terem escolhido lugares tão diferentes para fazer as apresentações do Dia do Músico.

Luciana Seabra, moradora do Siderlândia, estava na recepção do Cais Aterrado com forte dor de cabeça, mas a música a fez relaxar.

– Achei que o barulho fosse me incomodar, mas música boa é sempre agradável e até me distraí e esqueci um pouco da dor – disse.

Ana Lúcia Moura Flores, do Aero Clube, que também esperava atendimento no Cais, concordou com a opinião de Luciana.

– Música é bem-vinda em qualquer lugar e hora. Se deixar, escuto o dia inteiro – falou.

Bruno de Oliveira, do Santa Rita do Zarur, diz que é usuário periódico do Cais e adorou a surpresa.

– Hoje o tempo passou mais rápido com o som dos meninos – elogiou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document