domingo, 23 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Escolas de Quatis realizam projetos especiais sobre a Copa

Escolas de Quatis realizam projetos especiais sobre a Copa

Matéria publicada em 24 de junho de 2018, 08:10 horas

 


Alunos fazem trabalhos a respeito da Seleção Brasileira e aprofundam conhecimento sobre os jogos

Mural sobre a Copa do Mundo confeccionado por alunos da Escola Municipal Victória dos Prazeres -Foto: Divulgação

Quatis – A Copa do Mundo da Rússia é tema de vários projetos especiais que estão sendo desenvolvidos atualmente em seis escolas da rede municipal de ensino. Coordenados pelos próprios professores, os trabalhos envolvem a participação dos estudantes na realização de ações variadas, entre elas, desenhos, murais, projetos didáticos, pesquisas, rodas de conversa e ornamentação das salas de aulas, priorizando sempre as cores oficiais da seleção brasileira de futebol, o verde e o amarelo.
De acordo com a secretária de Educação, Alessandra de Almeida, os projetos especiais “visam proporcionar aos estudantes um conhecimento mais aprofundado sobre o campeonato mundial de futebol e um pouco mais da história deste esporte, que é considerado o mais popular do Brasil”.
No caso do Ciep Municipalizado Marciana Machado De Elias (Nossa Senhora do Rosário), os estudantes realizam pesquisas sobre a carreira dos jogadores que formam a seleção do técnico Tite e de todos os países participantes da Copa do Mundo em andamento, especialmente da Rússia, o país anfitrião do campeonato. A confecção de murais por parte dos alunos a respeito do tema foi o trabalho escolhido pela Escola Municipal Victória Maria Prazeres e Valeriano (Jardim Pollastri).
Por sua vez, os alunos da Escola Municipal Julieta Pereira Sampaio (Centro) participam de rodas de conversa e desenhos a respeito da competição. Na Escola Maria Helena Rafael De Elias, que também se localiza no Centro, os alunos trabalham o tema da Copa do Mundo durante as aulas de geografia, inglês e artes.
“Projeto Brasileirinho” é o nome do trabalho realizado pelos alunos da Escola Edméa Dulce de Barros Franco (Jardim Independência), através do qual é destacada a paixão pelo futebol desde os tempos de criança. E a Escola Municipal Henry Nestlé (São Benedito) programou para o período de 02 a 06 de julho uma feira do conhecimento com informações sobre todas as copas do mundo, que acontecem desde 1930, quando foi realizada pela primeira vez, no Uruguai.

 

Creches e escolas ganham ventiladores

Após equipar em fevereiro as unidades de ensino e os departamentos da Secretaria de Educação com impressoras a laser, a prefeitura anunciou nesta semana a compra de 159 ventiladores novos para as escolas e creches municipais. O investimento aproximado de R$ 20 mil faz parte do programa especial desenvolvido pela prefeitura visando melhorar as condições das instalações físicas das unidades de ensino, “tanto para os estudantes, quanto no caso dos profissionais de educação”, conforme destacou o prefeito Bruno de Souza (MDB).
Os ventiladores começaram a chegar no começo desta semana, tendo estes equipamentos sido entregues na Secretaria de Educação do Município. Foram adquiridos 108 ventiladores de parede (valor total de R$ 14.580,00); 30 ventiladores de pedestal (R$ 3.150,00) e R$ 21 ventiladores de teto (R$ 2.604,00).
A secretária de Educação, professora Alessandra de Almeida, informou que os equipamentos vão ser instalados a partir dos próximos dias, em cada uma das dez escolas e das duas creches municipais.
– O nosso planejamento da área de Educação passa pela valorização dos profissionais de ensino, pela melhoria das instalações físicas das escolas e creches e também visa à melhoria das condições de trabalho dos professores e funcionários de apoio, além de buscar a melhoria das condições de aprendizagem dos estudantes. Entendemos que a aquisição de novos equipamentos destinados às salas de aula e para as outras dependências das unidades de ensino é uma medida primordial na garantia deste direito constitucional de todo e qualquer cidadão, ou seja, o direito a uma educação com qualidade em todos os aspectos – declarou a secretária.
Das dez escolas municipais de Quatis, seis se localizam na zona urbana. São elas: Edméa Dulce Barros Franco (Jardim Independência), Maria Helena Rafael D`Elias, Julieta Pereira Sampaio (ambas, no Centro), Victória Maria dos Prazeres e Valeriano (Jardim Pollastri), Henry Nestlé (São Benedito) e CIEP Marciana Machado De Elias (Nossa Senhora do Rosário). Na zona rural, ficam as escolas Carlos Campos de Faria (Falcão), Anésia Alves de Oliveira (São Joaquim), Benta Pereira (Joaquim Leite) e Irmã Elizabete Alves (comunidade quilombola de Quatis). Já as creches municipais Adriana Maria de Souza Cruz e Conceição Aparecida Vieira Pena funcionam no Loteamento Santa Bárbara e no bairro Jardim Pollastri, respectivamente, ambas na área urbana.
A rede municipal de ensino atende, atualmente, 2.558 alunos da educação infantil ao nono ano do ensino fundamental. Apenas a escola de São Joaquim (professora Anésia Alves de Oliveira) oferece o ensino médio. As impressoras instaladas no começo deste ano, em cada uma das unidades de ensino do Município, foram alugadas pelo período de 12 meses. Cada impressora tem capacidade para produzir 42 cópias por minuto. As máquinas são equipadas com copiadoras digitais, scanner (frente e verso), fax digital e realiza impressões de documentos gravados em pen-drive.

Untitled Document