domingo, 18 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Homem gravemente ferido em acidente precisa de ajuda para voltar para casa

Homem gravemente ferido em acidente precisa de ajuda para voltar para casa

Matéria publicada em 12 de julho de 2018, 16:33 horas

 


Volta Redonda – Saulo Freitas de Souza é nascido em Volta Redonda e mora em Niterói. Sofreu um acidente automobilístico gravíssimo em Ilha Solteira, no Mato Grosso, onde estava trabalhando. Com lesão no crânio e com o cérebro afetado, Saulo foi transferido para Araçatuba-SP, onde seguiu com tratamento, mas em estado de coma. Estabilizado e com alta para ir para casa, ele precisa agora de ajuda para o transporte.

Para isso, familiares e amigos abriram uma campanha para arrecadação de dinheiro. Os interessados em ajudar podem fazer depósitos na Caixa Econômica, agência 0197, operação 013, conta 00457620-3, pelo CPF 092.14777756.

“Saulo sofreu um acidente grave na cidade em que estava trabalhando, ficou em coma, foi submetido a retirada de parte do crânio. Tem indicação de internação domiciliar, pois quanto mais tempo passa no hospital maior o risco de infecção, reside em Niterói-RJ e precisa de ajuda para custear o transporte aéreo especializado e o tratamento que aumentará sua chance de voltar a se mover, andar, falar”, diz o texto da “Vaquinha Virtual”.

“Saulo nasceu em Volta Redonda e morava com a mãe e as irmãs na cidade de Niterói. No dia 06 de maio de 2018, Saulo sofreu um acidente gravíssimo e pela gravidade do caso foi transferido para Santa Casa de Araçatuba–SP, onde permaneceu aproximadamente 22 dias em coma, com traumatismo craniado, diagnóstico de lesão axional difusa, contusão cerebral e pulmonar. Os especialistas disseram que a probabilidade do Saulo não sair do estado de coma era muito grande. Com sete dias na UTI, Saulo apresentou piora nas tomografias cerebrais, a área de contusão havia aumento, a pupila já não estava reativa, era o primeiro sinal de morte cerebral, foi submetido a uma cirurgia de emergência, onde retiraram parte da calota craniana para que o cérebro inchado tivesse espaço”.

Em seguida, os relatos de melhora são surpreendentes. “Sedado, respirando por aparelhos no décimo quinto dia de coma, colocamos um áudio com gravação do filho dele de 12 anos – nesse momento a esperança se renovou, uma lagrima escorreu na lateral dos olhos do Saulo e para nós da família foi um sinal de que Ele estava ali. Não conseguia abrir os olhos, se mover, ou falar, mas chora ao ouvir a voz do filho. Era sinal para nós que nunca desistimos que ele iria voltar. Seguiu na UTI e no dia 24 de maio surpreendeu toda equipe médica com a abertura dos olhos, não abria sempre que ouvia o seu nome, mas algumas vezes abria. Hora um olhar perdido no horizonte, e hora um olhar fixo para nós como se quisesse dizer que estava ali” afirmaram os familiares.

Saulo já teve indicação de internação domiciliar e a transferência é recomendada até mesmo para evitar infecções. Os parentes já ingressaram na Justiça para conseguir a viagem, mas ainda não há posição fechada. Por isso, veio a decisão da arrecadação.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Tem coisas que acontecem no Brasil que não inacreditáveis. O Brasil é o país do surrealismo!

  2. Triste, merece toda nossa solidariedade, que Deus permita sua recuperação total, o Diário do Vale sempre presente podeira trazer maiores detalhes sobre os familiares, quem são? onde residem? para que possamos ajudar, há um tempo atrás houve um caso assim, não me lembro o bastante, não sei se foi em Goiás ou no Mato Grosso mesmo, também noticiado aqui, no final parece que foi uma fraude, infelizmente isso atrapalha muito aqueles que de fato necessitam.

  3. Deus seja louvado,que esse homem recupere sua saude e volte logo para o seio familiar!!!

Untitled Document