segunda-feira, 23 de abril de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Ministro da Cultura recebe carta de gestores culturais do Rio de Janeiro

Ministro da Cultura recebe carta de gestores culturais do Rio de Janeiro

Matéria publicada em 18 de março de 2018, 18:46 horas

 


Barra Mansa – Mais da metade dos Gestores de Cultura dos municípios do estado do Rio de Janeiro compareceram a Assembleia Ordinária do Fórum Estadual de Secretários e Dirigentes Municipais de Cultura do RJ na última semana, no Cineteatro Museu Imperial, em Petrópolis. O objetivo foi encaminhar uma carta ao Ministro e a todos os executivos do legislativo chamada “Carta de Petrópolis”.
A abertura contou com uma belíssima apresentação dinâmica e participativa do mini Sarau Imperial. Logo após, o Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, destacou a importância da troca de experiências entre governos municipais, estaduais e federais para o fortalecimento da cultura do Rio.
– Nós temos uma série de atividades no Rio de Janeiro, dentre elas, obras de restauro de patrimônio histórico e o programa Rio de Janeiro a Janeiro, que é um calendário estratégico de ações e eventos de economia criativa. O fórum serve como instrumento para pensarmos modos de ampliar esse potencial – disse.
Durante a assembleia do Fórum, uma carta foi assinada e entregue ao Ministro Sá Leitão. Chamada de “Carta Petrópolis”, o documento possui sugestões de diretrizes para a cultura do estado. Uma ferramenta de colaboração às transformações dos cenários municipais fluminenses. O documento é endereçado ao Presidente da República, ao Ministro da Cultura, ao governador do estado, ao secretário de Cultura do RJ, prefeitos, dirigentes da Cultura e vereadores de todo o estado do Rio de Janeiro.
Para o presidente do Fórum e da Fundação Cultura Barra Mansa, Marcelo Bravo, a Assembleia do Fórum de Secretários foi um marco muito importante para o desenvolvimento das políticas culturais do estado do RJ.
– A presença do Ministro acendeu uma luz para os encaminhamentos e inquietudes comuns a todos esses gestores. O que se desenha é uma urgente revisão do Sistema Nacional de Cultura (SNC) especialmente aos meios de financiamento das políticas culturais do Brasil – afirmou.

Cenário: Documento possui sugestões de diretrizes para a cultura do estado (Foto: Divulgação)

Cenário: Documento possui sugestões de diretrizes para a cultura do estado (Foto: Divulgação)

O encontro reuniu gestores de cultura de 48 municípios dentre os 92 do estado fluminense. O Fórum contou, ainda, com a participação da assessora especial de Políticas Culturais da Secretaria de Estado de Cultura SEC-RJ, Cleise Campos, o presidente da Frente Parlamentar de Valorização à Cultura da Alerj, o deputado estadual André Lazaroni, o presidente da Comissão de Cultura da Alerj, deputado estadual Zaqueu Teixeira, e a subsecretária adjunta de planejamento e gestão da SEC-RJ, Carla Pretti, entre outros gestores da SEC e nomes de relevância cultural no estado.
Ao longo do dia, foram compartilhadas experiências de cidades que já implementaram seus Sistemas Municipais de Cultura, como Paraíba do Sul, Cachoeiras de Macacu, Rio das Ostras e São Gonçalo. Também foram apresentados painéis sobre as políticas culturais do Patrimônio Fluminense, proposições para os Fundos Nacional e Estadual de Cultura e o desenvolvimento cultural do Rio.
As reuniões de Diretores do Fórum Estadual de Secretários e Dirigentes Municipais de Cultura do Rio de Janeiro acontecem bimestralmente e a assembleia geral, duas vezes por ano. A próxima Assembleia desse Fórum acontecerá em Barra Mansa, no dia 27 de setembro de 2018.

Um comentário

  1. Um País que tem um monte de problemas, e milhares de pessoas passando fome, estão preocupados com CULTURA. Vai entender.

Untitled Document