quinta-feira, 20 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / MRS promove ações no período de Carnaval

MRS promove ações no período de Carnaval

Matéria publicada em 7 de fevereiro de 2018, 18:18 horas

 


Cuidado: Em 2017, foram registrados 103 acidentes na malha ferroviária - Paulo Dimas

Cuidado: Em 2017, foram registrados 103 acidentes na malha ferroviária – Paulo Dimas

Sul Fluminense

Visando evitar acidentes na malha ferroviária, a concessionária MRS Logística S.A., promove durante o período de carnaval algumas ações com o intuito de alertar os foliões sobre os perigos de transitar nas proximidades da ferrovia. Ao longo de 2017, nos 105 municípios nos quais a empresa está presente, foram registrados 103 atropelamentos e abalroamentos. Na região, as cidades de Três Rios, Paraíba do Sul, Pinheiral, Volta Redonda, Barra Mansa e Barra do Piraí tiveram acidentes no ano passado.
Por conta disso a MRS desenvolve ações com foco nos foliões que transitam nas proximidades da ferrovia durante o período, em que há maior fluxo de pessoas atravessando as passagens em nível. “Durante o Carnaval, por conta da maior movimentação nas ruas e do aumento da ingestão de álcool, sempre intensificamos as operações de segurança. Reforçamos efetivos, principalmente, em cidades de veraneio como as da Baixada Fluminense e Baixada Santista, promovendo blitzes e campanhas de conscientização com panfletagem de material educativo sobre segurança ferroviária”, destacou a gerente de Segurança Patrimonial, Karla Roberta.

Ações

Todos os atropelamentos e abalroamentos registrados pela MRS em 2017 foram causados por um componente de má avaliação de riscos por parte dos envolvidos. Entre as principais causas estão a desatenção, a pressa, o uso de dispositivos móveis ao atravessar a ferrovia, ou seja, a imprudência, de forma geral, além do efeito do álcool e das drogas nos envolvidos. “Por isso, uma das nossas linhas de atuação está diretamente ligada ao trabalho de conscientização junto às comunidades vizinhas à ferrovia. O trem tem prioridade nas passagens em nível porque é muito pesado e não freia como um automóvel. Pode até parecer uma realidade distante, mas atitudes muito simples poderiam garantir o índice zero de acidentes na ferrovia, como: atravessar a linha férrea apenas em locais permitidos, não tentar passar na frente do trem quando a composição estiver se aproximando, enfim a adoção do comportamento seguro”, recomendou Uascar Carvalho, gerente geral de Faixa de Domínio e Interferências.

3 comentários

  1. Alguém tem noticias da retomada das obras do pátio de manobras ?
    Caiu no esquecimento.

  2. A MRS deveria criar vergonha na cara e fazer manutenção das sua malha no sentido de limpeza também, pois ao longo da mesma , lá no bairro Vila Americana o Mato já está chegando a copa das árvores, não há poda de mato nem arvores sem falar que existem cidadãos daquele bairro que jogam lixo por trás do muro

  3. Liberdade e propriedade

    Caraca, não entendo essa cidade cheia de passagens de nível na linha principal, sendo que já há 3 viadutos operacionais.

Untitled Document