quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Número de casos de febre amarela continua subindo na região

Número de casos de febre amarela continua subindo na região

Matéria publicada em 14 de março de 2018, 15:26 horas

 


Febre amarela: Mais sete casos são registrados na região, Angra chega a 40 casos e Rio Claro tem mais um - Arquivo

Febre Amarela: Mais sete casos são registrados na região, Angra chega a 40 casos e Rio Claro tem mais um – Arquivo

Sul Fluminense – Os números de casos confirmados de febre amarela continuam subindo na região. Angra dos Reis ainda lidera como a cidade que tem mais casos confirmados da doença, com 40 casos e 14 óbitos. Os números são da Secretaria Estadual de Saúde (SES) que contabilizou em todo o estado 150 casos, com 60 mortes. Novos casos foram registrados ainda em Rio Claro, com dois casos e um óbito. Em toda a região, já são 75 casos confirmados, Valença seguem como a segunda cidade com mais casos, 18 e seis óbitos.

Barra do Piraí

Além da do medo de contrair a doença, a população ainda sofre com falsas mensagens pelas redes sociais. Foi o caso da cidade de Barra do Píraí. Em nota oficial a Nova Saúde, informou que o município não possui casos confirmados de febre amarela. A informação foi passada pelo chefe da pasta, Juberto Folena de Oliveira Junior, após a propagação de um áudio, em que dizem que uma mulher teria morrido em decorrência da doença, e que mais cinco pessoas estariam sob suspeita, todas do distrito de Ipiabas.
Na nota, Juberto Junior informou que a informação não procede, e que o laudo cadavérico da paciente ainda não saiu. E admite que o distrito de Ipiabas é uma área de risco por estar inserido na Mata Atlântica. Porém, a Nova Saúde tem proporcionado vacinação em diferentes locais, principalmente intensificado as áreas rurais, como ocorreu no sábado (3).
– Apesar dos esforços, há uma pendência daqueles que ainda resistem a tomar a vacina. Nós já imunizamos 1,8 mil pessoas daquele distrito. E lá é uma área de mata, podendo ser de risco. Mas, não podemos obrigar ninguém a se vacinar. Sobre essa senhora, vamos aguardar o laudo; não há nada oficial, como estão alarmando”, explicou Junior.

Vacinação

Para efetivar, ainda mais, a vacinação, a secretaria de Saúde vai promover, até sexta-feira (16), o chamado “Dia D Contra a Febre Amarela”, das 9 às 17 h, no Posto de Saúde João Antônio Camerano, à rua Dr. Luiz Novaes, nº 143. Além disso, uma caminhonete será deslocada para as áreas rurais do distrito.

Macaco Morto

A respeito de terem encontrado mais um macaco morto, desta vez no bairro Oficina Velha, na semana passada, o secretário disse que a equipe do Departamento de Vigilância em Saúde recolheu o corpo do animal e encaminhou para análises no Laboratório do Instituto Veterinário Jorge Vaitsman, no Rio de Janeiro. O resultado também não foi divulgado. Porém, há mais uma desconfiança de que o primata tenha sido espancado, pois apresentava ferimentos na cabeça.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Ainda vai subir e muito mais ainda o numero de mortos , tem muita gente que não está vacinando com medo da vacina e com isso, ficando exposto.
    Pior , tem pai e mãe que acha que está protegendo o filho e não leva pra vacinar….

    Povo burro PQP.

Untitled Document