terça-feira, 22 de Maio de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Passarela poderá ser entregue no primeiro semestre

Passarela poderá ser entregue no primeiro semestre

Matéria publicada em 17 de Janeiro de 2018, 19:54 horas

 


Passarela: Obras da passarela no KM 311 da BR 116 tem previsão de ser concluídas no primeiro semestre - AECOM

Passarela: Obras da passarela no KM 311 da BR 116 tem previsão de ser concluídas no primeiro semestre – AECOM

Itatiaia

Os moradores do bairro Marechal Jardim que precisam atravessar a Rodovia Presidente Dutra poderão realizar a travessia com mais segurança dentro de alguns meses. Foi iniciada a construção de uma passarela no KM 311 da BR 116. A obra foi orçada em R$ 3.879.380,68 e está na fase da construção da base com a colocação de vigas. A previsão é que as obras sejam concluídas no primeiro semestre.
– Para que a obra pudesse acontecer, o poder executivo, em dois momentos, esteve com a diretora da ANTT, junto com a CCR Nova Dutra, que é quem faz a concessão, e nesses encontros sensibilizou eles da importância e da necessidade das passarelas em três trechos específicos da Dutra, como no Marechal Jardim, Vila Martins e Vila Flórida, onde existem travessias muito específicas de pessoas”, explicou o secretário
de Planejamento, Carlos Cesar Ayres.
Para Fabiana Borges, que mora no bairro e há 10 anos faz a travessia pela Dutra no retorno do trabalho, a obra veio em boa hora. “Infelizmente, tanto eu quanto outros moradores precisamos atravessar a Dutra correndo perigo, mas a construção dessa passarela me deixa muito feliz. Agora vai ficar bem melhor para atravessarmos, porque tínhamos que descer do ônibus, parar no meio do canteiro e depois atravessar a outra pista”, contou a moradora.
Já Ana Paula de Oliveira, que trabalha em um comércio próximo a travessia, ressaltou que o local é bastante arriscado e que já aconteceram vários acidentes, inclusive fatais. “Saber que será construído uma passarela me deixa mais tranquila. Para quem atravessa a Dutra é um risco e agora essa passarela vai ajudar muito”, contou Ana Paula. Além dos moradores Marechal Jardim, a população dos bairros Vila Flórida e da Vila Martins também serão contempladas com a construção de passarelas após o pedido da Administração Municipal a ANTT.

3 comentários

  1. liberdade e propriedade

    Local de fluxo baixo de pedestres e muito próximo a passagem inferior. Tem uns locais próximo à Queimados que chega a formar acúmulo de pessoas esperando para atravessar, em local de trânsito intenso de veículos, não há passarelas.

  2. Resta saber se depois de prontas as pessoas realmente irão usá-la ou se irão insistir em passar por baixo dela, pois se não há passarela existe a revolta por conta dos atropelamentos, mas se há as pessoas insistem na imprudência, cabe a nova dutra fecha a divisória da pista para dificultar a passagem.

    • liberdade e propriedade

      Não tenha dúvidas de que isso será feito, pois sempre fazem. O problema é em rodovias públicas de pista simples, Brasil afora, absolutamente ninguém usa. Aquela em frente a Ponte Velha em Resende, tá faltando tela no canteiro central, poucos usam. Em frente a concessionária Renault daria uma por baixo do viaduto, a terra planagem no canto já está até no jeito, obra simplíssima e baratíssima.

Untitled Document