domingo, 21 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Resende confirma dois casos de febre amarela

Resende confirma dois casos de febre amarela

Matéria publicada em 20 de abril de 2018, 16:58 horas

 


Febre Amarela: Município registra dois primeiros casos de febre amarela (Foto: Divulgação)

Febre Amarela: Município registra dois primeiros casos de febre amarela (Foto: Divulgação)

Resende – Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou na tarde desta sexta-feira (20), os dois primeiros casos de Febre Amarela em Resende.

Um deles é um homem de 63 anos, morador da localidade de Vargem Grande, situada a 17 quilômetros do Centro da cidade, que deu entrada no Hospital de Emergência no último dia 14, e permanece internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da unidade em estado regular, recebendo todos os cuidados necessários. Já o segundo caso é um morador do bairro Nova Liberdade, de 57 anos que, segundo informações, também teria frequentado a zona rural do município. O homem, que estava internado no Hospital da Unimed, faleceu na manhã de terça-feira (17).

As duas vítimas da doença não haviam se vacinado. A Prefeitura de Resende disponibilizou a vacina em todos os Postos de Saúde e em unidade móveis, além de ter feito dois Dias D de vacinação: um em 27 de janeiro e outro no dia 3 de março.

Prevenção

Neste fim de semana prolongado (sábado, domingo e segunda, dias 21, 22 e 23, respectivamente) a Secretaria Municipal de Saúde intensificará a campanha de vacinação contra a doença no município. O objetivo é oferecer uma nova oportunidade de imunização para quem ainda não se vacinou.

As doses serão aplicadas no Centro Municipal de Imunização, e nos Postos de Saúde da Fumaça, Vargem Grande, Serrinha, Capelinha, Engenheiro Passos e Mauá, das 8 às 16h. Já na terça-feira, a vacinação prossegue em todas as unidades, em horário normal.

Além disso, segundo a Secretaria de Saúde, também haverá nova busca ativa, com visitas domiciliares, nas comunidades de Vargem Grande e Fumaça. O objetivo é conscientizar os moradores sobre a importância da imunização e oferecer a vacina a quem ainda não se imunizou.

A vacinação passa a ser indicada para idosos com mais de 59 anos, gestantes e quem estiver amamentando, de toda a área do município, desde que não haja contra indicações.

Desde o início da campanha, em 2017, 108.538 mil pessoas já foram imunizadas em Resende. O número corresponde a 100,98% do público-alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde, que era de 107.482.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Não espalha senão o povo de volta redonda vai começar a aparecer aqui

  2. Resende é um dos poucos lugares onde hospital público é melhor que particular. Isso é fato!

Untitled Document