sábado, 25 de março de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Rodoviária de Volta Redonda ganha elevador acessível

Rodoviária de Volta Redonda ganha elevador acessível

Matéria publicada em 17 de março de 2017, 20:50 horas

 


Equipamento permitirá melhor circulação de pessoas com deficiência entre a área de guichês e a pista de embarque

Acessibilidade: Estudante de Física Thiago Lopes da Silva foi o primeiro a utilizar o elevador e aprovou o equipamento (Foto: Yuri Melo / Ascom VR)

Acessibilidade: Estudante de Física Thiago Lopes da Silva foi o primeiro a utilizar o elevador e aprovou o equipamento (Foto: Yuri Melo / Ascom VR)

Volta Redonda – Começou a operar nesta sexta-feira (17), na Rodoviária Prefeito Francisco Torres, no Centro, um elevador panorâmico acessível. O novo equipamento vai ligar a área de guichês à pista de embarque e tem como objetivo melhorar a acessibilidade para pessoas com deficiência e idosos.

Feito em alumínio, o elevador é operado pelo próprio usuário e tem capacidade para seis pessoas ou um cadeirante acompanhado de mais duas pessoas. O estudante de Física Thiago Lopes da Silva, de 34 anos, é cadeirante e foi o primeiro a utilizar o elevador. Ele gostou da melhoria.

– É uma cidadania que você dá à pessoa. Quando não tem acesso para todas as pessoas, o local que é deficiente e não a pessoa. Quando o local é acessível, ele é bacana, interessante, inovador e também é humano – falou Thiago, que foi convidado pela Suser (Superintendência de Serviços Rodoviários) para participar das discussões sobre as melhorias em acessibilidade que estão previstas para a rodoviária e na área de mobilidade urbana da cidade.

De acordo com a diretora-presidente interina da Suser, Isabella Motta, há projetos para ampliar a acessibilidade do terminal rodoviário.

– Entre as iniciativas previstas está a implantação de piso tátil em toda a rodoviária. No momento, a Suser também vem projetando as paradas de ônibus para acesso a veículos que não possuem degraus para embarque e desembarque, além da implantação desses veículos na linha da tarifa comercial zero – informou.

Atualmente, o acesso frontal da rodoviária conta com duas rampas de acesso, duas vagas de estacionamento para pessoas com deficiência, rampa de acesso às pistas de embarque. No acesso superior do terminal, existem também: acesso em nível aos guichês e uma vaga de estacionamento para pessoa com deficiência.

13 comentários

  1. A prefeitura deveria retirar as telhas que foram instaladas sobre as abóbadas e recuperar a cobertura original da rodoviária que é um marco arquitetônico histórico. Ampliar o segundo piso permitindo a instalação de outras áreas vip, proibir o acesso a plataforma de embarque antes que o ônibus chegue e exigir a revitalização da lanchonete. A rodoviária sempre será a rodoviária mesmo havendo outra opção na Dutra no futuro.

  2. RODOVIARIA NA BEIRA DA DUTRA???

    Ridiculo!!!! Quem quer esta opção é porque não anda de onibus, imagina você desembarcar lá 23:00 depender de onibus ou pagar TAXI para rodar 10 km o centro da cidade.
    Tá reclamando compara a nossa com MACAÉ, CAMPOS, RIO DAS OSTRAS, GUARAPARI,

    • Leandro, concordo com essa opção para ônibus que se deslocam a locais mais distantes, como Vitória da Conquista e Fortaleza, por exemplo, pois tirariam o fluxo desses ônibus da Getúlio Vargas (quando a Rodovia do Transtorno ficar pronta, é claro)! E, se as pessoas podem viajar distante assim, também podem algumas vezes pegar um táxi, ou um Uber! Uma rodoviária na Dutra também poderia gerar vantagem para a cidade, que poderia passar a ser ponto de seção de muitas linhas que hoje, não são (daqui poderia ser possível pegar ônibus para Florianópolis e Porto Alegre, por exemplo)!

      Agora, realmente para ônibus com destinos mais próximos (como, por exemplo, os urbanos, bem como os ônibus que vão para Valença, Juiz de Fora, Três Rios, Rio, Vale do Paraíba Paulista e São Paulo), é totalmente inaceitável a mudança definitiva para esse ponto da Dutra!

  3. Bom o que deveria ter era um bebedouro na parte superior dá rodoviária igual tem para o pessoal dá suser má parte superior . Vamos ver iisto aí Samuca a hora e está

  4. Tudo bem melhora um pouco a acessibilidade. Mas esta Rodoviária neste local, já era. Onde está o Projeto de leva-la para a entrada da cidade, lá perto do Hospital Regional. Prefeito Samuca chama o GRAAL ou outra empresa qualquer do ramo, para uma parceria, pois além de melhorar o trânsito no centro da cidade e São Geraldo, vai gerar receitas e emprego na cidade.

  5. Se não for controlado, vai virar mais um problema da rodoviária.

  6. Acessibilidade só para algums, quem pega ônibus da Viação Progresso não tem esse direito. Propaganda enganosa essa.

    • Ter até tem, Henrique! Mas realmente o trabalho é grande, pois tem que usar o elevador, ir lá no começo da plataforma, atravessar até a outra plataforma e andar novamente até o local de estacionamento da Viação Progresso.

  7. Bom mesmo é se tirasse essa Rodoviária desse local.. , ultrapassada…..A cidade cresceu….
    Lugar de rodoviária é na entrada da cidade.

  8. Já era sem tempo, começou a obra com o Neto.

  9. Se não haver segurança vai ser mais um local para os moradores da rodoviária dormi, usar droga, se esconder após furta ou roubar passageiro ou os próprios hospede da rodo. Alô diretor da GM a Rodoviária é mais importante que posto de gasolina, deixem os GM TRABALHAR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document