domingo, 17 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Saúde em Porto Real vacina pessoas acamadas em domicílio

Saúde em Porto Real vacina pessoas acamadas em domicílio

Matéria publicada em 12 de junho de 2017, 16:11 horas

 


Benefício: Idosos com dificuldade de locomoção recebem vacina em casa

Benefício: Idosos com dificuldade de locomoção recebem vacina em casa


Porto Real – 
Moradores de Porto Real, que estão acamados ou que possuem dificuldade de locomoção devido a uma enfermidade e que fazem parte do público-alvo da Campanha de Vacinação contra a gripe, estão recebendo a dose da vacina contra a influenza (gripe) em casa, até essa quarta-feira, 14. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde e a equipe da Vigilância Epidemiológica, disponibilizou desde a última sexta-feira, 9, um carro para aplicar a dose da vacina nesse público.

A estratégia visa imunizar pessoas acima dos 60 anos que estão cadastradas e que se encontram impossibilitadas de se locomover. De acordo com dados analisados pela Secretaria de Saúde, desde o início da campanha, mais de 90% da população alvo, foi vacinada.

De acordo com o setor de Imunização, os pacientes assistidos pelas Unidades de Saúde da Família (USF) estão sendo comunicados, com cerca de uma semana de antecedência para a imunização. “Dos 1.542 idosos cadastrados na cidade, já foram imunizados 91,76%, ou seja, 1.415. Estamos vacinando, prioritariamente, pessoas do público-alvo, pois é um grupo com a saúde mais vulnerável. É muito importante para estas pessoas, sobretudo antes da chegada do inverno, serem imunizadas a fim de evitar a contaminação e a contração da doença.

Nossa equipe, composta por técnico de enfermagem e agente de saúde, está percorrendo as residências dos pacientes e fazendo a imunização nos quatro bairros cadastrados para isso na cidade”, conta a coordenadora de Imunização, Kátia Helena Virgílio.

Os pacientes dos bairros Jardim Real, Centro e Ettore receberam a dose da vacina nesta segunda-feira, 12. Moradora do bairro Ettore, há mais de 50 anos, a dona de casa, Maria de Lourdes da Conceição de 84 anos, tem a doença de Alzheimer, e toma a dose da vacina, todos os anos. “Considero essa imunização essencial para mim, principalmente na minha idade. Estava ansiosa pela vinda da equipe da saúde para aplicar a vacina em mim”, exclama ela.

Esse também é o caso do morador do Centro, Nildo dos Santos, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Com dificuldade de locomoção, o paciente foi um dos cadastrados pela USF do Centro, por onde é assistido, na Secretaria de Saúde, que disponibilizou a dose da vacina contra gripe.

No município a vacinação contra Influenza iniciou no dia 10 de abril, nas sete USF, Policlínico de Fátima e Central de Vacina do município e, respeitando orientação do Ministério da Saúde, se estendeu até 9 de junho. A campanha teve como público-alvo idosos, gestantes, puéperas, profissionais da saúde, professores, crianças com menos de cinco anos e pacientes de doenças crônicas.

Untitled Document