segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Secretaria de Meio Ambiente fiscaliza denúncia de maus-tratos de animais, em Volta Redonda

Secretaria de Meio Ambiente fiscaliza denúncia de maus-tratos de animais, em Volta Redonda

Matéria publicada em 22 de novembro de 2017, 22:05 horas

 


Volta Redonda – A secretaria municipal de Meio Ambiente realizou na tarde desta quarta-feira (22), uma fiscalização sobre uma denúncia de maus-tratos em animais, no bairro Parque do Contorno. A denúncia era de que oito cachorros, da raça Husky Siberiano, estariam em uma residência sem estrutura necessária para os animais.

A equipe de fiscalização da secretaria municipal do Meio Ambiente foi no local acompanhada por representantes da ONG Sociedade Protetora dos Animais, mas não encontrou o proprietário da residência. Entretanto, a denúncia foi confirmada pela equipe da secretaria.

De acordo com o diretor de fiscalização ambiental, Flávio de Paula, a secretaria irá realizar o levantamento da propriedade do imóvel para emitir uma multa de acordo com a lei municipal 4.924.

– Constatamos que os animais ficam em local impróprio, com muitas fezes e falta de abrigo. São oito cachorros, sendo seis filhotes, um macho e uma fêmea. A multa é de R$ 1,2 mil por animal – destacou Flávio.

12 comentários

  1. E os gatos? Quando vão protegê-los?

    Hoje andando pela rua, um amigo me ofereceu um churrasquinho de ambulante. Agradeci, pois raramente (nem lembro a última vez) me alimento na rua. Aí o chrrasqueiro ao atender, disse: E aí, (sic) Otávio? Vai um de gato ou de frango hoje. kkkkkk

    • Nossa cara, vc é demais mesmo hem, além de consultor de economia e negócios é humorista também, e dos bons ainda por cima. Vc é notável cara…tem mais alguma surpresa intelectual pra gente ?

  2. Aproveita secretaria do meio ambiente… Dá uma olhada nos morros nas redondezas da Vila Americana… O que tem tido desmatamento para fazer casas…Aquilo lá virou uma favela….Estão desmatando e escavando o morro para fazer casas…Cachorro quem tem que ver é o controle de zoonoses.

  3. E a cachorrada que esta nas ruas da Barreira Cravo ?
    Tem gente que “cria” cachorro na rua sem coleira, sem alimentação correta, sem cuidados veterinários (vacinas e controle de carrapatos e pulgas), e o pior problema que é o alto índice de ataques onde os pedestres que conhecem são obrigados a desviar de rua e quem não conhece viram vitimas dessas feras.

    • Aqui na sequencia do bairro Sam Remo tbm estamos passando por isso. Pessoas pegam os cachorros de outro lugar com o pretexto de ajudar mas largam na rua no sol e na chuva, achando que apenas colocando agua e comida num pote do lado de fora da casa está ajudando. Isso é maus tratos e abandono de animal, alem de falta de guarda. Os cachorros atacam motocicistas, ciclistas e pedestres. CADE A FISCALIZAÇÃO?

    • No Santa Cruz também está terrível, cheio de cachorros soltos pelas ruas atacando as pessoas. Alguém solta os bichos pelas e as pessoas alimentam os bichos mas não colocam para dentro de suas casas.

    • Esses cachorros atacam as pessoas quando passam correndo (fazendo atividade fisica) é um porre….Aí morte não aparece o dono, só que o seguinte.. quem dá comida na calçada é o responsável…

    • A população de cães de rua esta descontrolada em VR.
      É uma trajédia anunciada, considerando que um cachorro pode matar uma criança, causar um sério acidente de trânsito ou um adulto revoltado com a dor e a cicatriz causada por um animal raivoso vai descontar a ira no animal e no proprietário.

  4. Mas a questão não é só a multa, pois se esse animal joga os pobres anjos nas ruas ou pior mata os pobres, peço que secretaria e a SPA tirem os pobres que estão sendo maltratados e leve para terem cuidado se sejam adotados por alguém que realmente cuide deles.

  5. comentarista de comentarios

    Eu sou fã da Flávia.

    Flávia, casa comigo.

    Prometo que eu deixo meu bicho livre e solto pra você não se preocupar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document