quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Vacinação de adolescentes contra HPV e meningite C é intensificada em Barra Mansa

Vacinação de adolescentes contra HPV e meningite C é intensificada em Barra Mansa

Matéria publicada em 18 de março de 2018, 18:50 horas

 


Vacinas já fazem parte da rotina do calendário vacinal e estão disponíveis em todos os postos de saúde do município

Barra Mansa – A Secretaria de Saúde de Barra Mansa, através do Ministério da Saúde, está intensificando a vacinação dos adolescentes contra o HPV e a meningite C. Devem receber a dose contra o HPV meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Já a faixa etária de imunização contra a Meningite C é para adolescentes de 11 a 14 anos. As vacinas já fazem parte da rotina do calendário vacinal dos adolescentes e estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde do município de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

A coordenadora do Setor de Imunização, Marlene Fialho, explica que o Ministério da Saúde, por meios das ações de Imunização, disponibiliza vacinas seguras e eficazes contra muitas doenças. “A vacina meningocócica C protege contra a meningite causada pelo meningococo tipo C, o tipo mais prevalente na maior parte do nosso país”.

Já a vacina contra o HPV imuniza o adolescente contra diversas doenças, inclusive o câncer do colo de útero, terceiro tumor mais frequente na população feminina e quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

– Essa vacina é destinada exclusivamente à utilização preventiva e não tem efeito comprovado nas infecções preexistentes ou na doença clínica instalada. É uma vacina segura e extremamente eficaz na prevenção do câncer de colo de útero nas meninas e no câncer de pênis nos meninos – destacou.

A vacina de HPV só protege após tomar o esquema completo de duas doses. A segunda dose para imunização é aplicada seis meses após a primeira. Marlene reforça que as vacinas são seguras e que as reações são raras. “São vacinas inativadas, ou seja, de bactérias e vírus mortos. Os eventos adversos são raros e geralmente são limitados como febre e local (dor, inchaço e vermelhidão)”, completa. Ela pede que os adolescentes não se esqueçam de levar a caderneta de vacinação.

A vacina também é indicada para homens e mulheres de 15 a 26 anos de idade portadores de HIV/AIDS, imunodeprimidos submetidos a transplantes de órgãos sólidos, de medula óssea e pacientes oncológicos. Esse grupo precisa da prescrição do profissional médico.

Campanha é inspirada em seriados famosos

Utilizando a linguagem das séries famosas para se aproximar dos adolescentes, o Ministério da Saúde lançou a campanha “Não perca a nova temporada de vacinação contra a meningite C e o HPV”. No filme, um menino e uma menina, fogem do vírus em um cenário com inspiração nos seriados que são de identificação do público jovem e dos pais como Stranger Things, The Walking Dead e Game of Thrones, entre outras. A fuga termina no momento em que os jovens entram em uma unidade de saúde e se vacinam.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Essas vacinaçoes so nao acontece na usf bocaininha, prq a enfermeira nunca esta no posto

Untitled Document