quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Volta Redonda realiza Conferência de Meio Ambiente

Volta Redonda realiza Conferência de Meio Ambiente

Matéria publicada em 19 de fevereiro de 2017, 18:51 horas

 


Conselho foi formado e é composto por membros dos governos municipal e estadual e pessoas da sociedade

Volta Redonda – Foi realizada no sábado (18), no auditório da UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biasi), a 4ª Conferência Municipal de Meio Ambiente. O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, participou da cerimônia de abertura e falou sobre a importância de tratar os assuntos relativos ao meio ambiente com a população.

– Estamos 49 dias à frente da prefeitura e promovendo aqui mais uma ação do nosso Plano de Governo. Desde 2013 que não havia uma Conferência de Meio Ambiente e precisamos debater políticas públicas com a população – afirmou Samuca.

Na entrada, os participantes receberam sementes de árvores para plantar. O secretário municipal de Meio Ambiente, Alfredo Peixoto, disse que esse é o primeiro de muitos eventos promovidos pela secretaria. “Não somos apenas um órgão fiscalizador, podemos fazer mais, juntos e esse é o primeiro passo”, garantiu.

– Dentre as demandas impostas pelo prefeito Samuca Silva está a questão dos recursos hídricos. Então, podem ter certeza que a população pode contar com o Saae para melhorar a distribuição e captação de água em Volta Redonda – acrescentou o diretor do Saae-VR (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Leonardo Vidal.

A conferência abordou o tema “Recursos Hídricos” e contou com as seguintes palestras: “Saneamento Ambiental e Saúde Pública”, do professor da UFRRJ, Alexandre Lioi; e “Rios Urbanos – Patrimônios socioambientais em questão, o caso Paraíba do Sul”, da professora da UGB, Andrea Moreira, que vai apresentar esse trabalho na Universidade Colúmbia, em NY – USA.

Na parte da tarde, os participantes se reuniram em grupos para debater as seguintes temáticas: tratamento de água e esgoto; uso sustentável da água; monitoramento do Rio Paraíba do Sul e preservação de nascentes. Em seguida, foi eleito o Conselho de Meio Ambiente da cidade.

 

Conferencia Meio Ambiente-002

Conversa: Samuca Silva falou sobre a importância de tratar os assuntos relativos ao meio ambiente com a população (Foto: Divulgação)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    O meio ambiente nesta cidade é só blá, blá, blá. A secretaria que deveria apresentar um plano de reflorestamento para cidade, planejamento para atuação amenizar as deficiências ambientais da cidade, é só cabide de emprego. A política em todos os sentidos só mudam as moscas a matéria é sempre a mesma. Em pleno século XXI, temos os córregos da cidade como verdadeiras valas negras a céu aberto. No período de estiagem, o mau cheiro torna-se insuportável, pelo volume de água dos riachos, as queimadas na totalidade criminosas nos períodos de estiagem castigam a cidade e o ar que já é sobre carregado pela CSN, torna-se mais agressivo pela fumaça e fuligem da vegetação. Enfim, é sempre os mesmos capítulos da omissão do poder público.

  2. Avatar

    E a CSN? Prefeito, foi uma vergonha sua atitude sobre o Volta Grande. Vergonha.

  3. Avatar

    Adorei o trailer da guarda municipal que foi colocado na rua onde mora o prefeito samuca, tem tv, banheiro e um guarda municipal 24 hrs por dia. A vista de la é linda. Menos uma rua sem segurança.

  4. Avatar

    O comentário sobre o corte de árvores feito aqui é pertinente. A poda de árvores em nossa cidade não pode receber esse nome. Na verdade é feita uma mutilação nas mesmas, seja pela PMVR ou pela concessionária de energia elétrica. E sequer “curam” as feridas dos cortes para evitar a entrada de fungos nas plantas. Com a palavra os biólogos e botânicos do Departamento de parques e jardins. Eles devem existir, não é ? Podemos ter alguma esperança nesse sentido, afinal o alcaide é do PV (partido Verde) ?

  5. Avatar

    Concordo que ações devem ser tomadas.. porém área ambiental na região é precária..quantos alunos se formam em técnicos em meio ambiente e engenheiros ambientais e não conseguem sequer estágio ou até mesmo emprego,o atual prefeito deveria ver isso tbm

  6. Avatar

    Bla bla bla bla bla………..prefeiteco de meia tigela!!!!!!

  7. Avatar

    E o corte de árvores sadias na rua 33, na vila vem acontecendo, para dar lugar as entradas de carros, enquanto isso os pedestres andam ao sol.
    Sendo que o secretário foi informado do referido corte, providências não tomou.

Untitled Document