segunda-feira, 23 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Volta Redonda terá um dia especial de cadastro para doadores de medula óssea

Volta Redonda terá um dia especial de cadastro para doadores de medula óssea

Matéria publicada em 10 de maio de 2018, 16:38 horas

 


Campanha será feita na sede da Associação dos Aposentados, no bairro Aterrado, em Volta Redonda

Volta Redonda – Depois de muitos meses de luta, agora é oficial: Volta Redonda terá um dia de cadastro de doadores de medula óssea. O evento acontecerá no próximo, dia 19, de 8 às 16 horas, na Associação dos aposentados e Pensionistas de Volta Redonda, no bairro Aterrado. O cadastro faz parte da campanha que a família e amigos dos pais do pequeno Rafael Moraes Dias estão fazendo nas redes sociais. O bebê, que tem apenas seis meses, é portador da Síndrome de Wiskott Aldrich, uma rara doença que diminui a expectativa de vida do paciente, devido ao grande risco de infecções e sangramentos, principalmente, o craniano. Para que o Rafael seja curado, ele precisa de um doador de medula 100% compatível.

E para ajudá-lo como a outras pessoas que passam pelo mesmo problema do Rafa, o vereador Paulo César Lima da Silva, o Paulinho do Raio-X, abraçou a causa e organizou a campanha. O ex-deputado estadual Gotardo Netto foi a primeira pessoa que colocou o vereador e a família de Rafael em contato com o Hemorio para iniciar a campanha.

A doação é simples: o Hemorio fazem a coleta do sangue, mas antes é necessário apenas que se preencha uma ficha com alguns dados como nome, telefone e endereço. A partir daí a pessoa estará cadastrado no Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea). Já como doador voluntário de medula óssea, no caso do sangue vir a ser compatível com o do Rafael ou outra pessoa que precisa, eles entram em contato com a pessoa para fazer mais testes e depois combinarem a punção.

Para se tornar um doador de medula óssea é necessário:

– Ter entre 18 e 55 anos de idade.

– Estar em bom estado geral de saúde.

– Não ter doença infecciosa ou incapacitante.

– Não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.

– Algumas complicações de saúde não são impeditivas para doação, sendo analisado caso a caso.

 

Untitled Document