sábado, 25 de novembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / A coluna publica mais alguns cliques do Feijão Folia

A coluna publica mais alguns cliques do Feijão Folia

Matéria publicada em 14 de julho de 2017, 06:00 horas

 


wp-coluna-mario-sergio

Túnel
Do Tempo

*O químico sueco Alfred Nobel faz a primeira demonstração da dinamite (1867).
*Festa nacional francesa para celebrar a tomada da Bastilha (1880).
*Inauguração do Teatro Municipal do Rio de Janeiro (1909).
*O partido nazista da Alemanha fecha as agremiações de oposição e começa a perseguição aos comunistas (1933).
*A CBS, rede americana de TV, transmite o primeiro programa esportivo em cores: uma corrida de cavalos (1951).
*O rei Faisal II, do Iraque, e sua família são executados por militares em Bagdá, cinco meses depois de assumir o trono (1958).
*O satélite americano Mariner 4 é o primeiro a mandar para a Terra fotografias do planeta Marte (1965).
*Primeiro concerto ao vivo de Jean Michel Jarre e o primeiro a entrar para o Guiness Book por maior plateia sendo realizado em Place de la Concorde em Paris onde interpretou temas de Oxygene e Equinoxe, seus primeiros álbuns de sucesso mundial (1979).

Zig – Zag

*Hoje: Dia do Doente, Festa nacional francesa, comemorando a queda da Bastilha, Dia Mundial da Liberdade de Expressão.

Onde
Errei?

*A pergunta ‘Onde foi que errei?’ que muitos pais enfrentam na decepção do relacionamento com os filhos, dá conta que deve existir um maior rigor em sua educação.
*Não foi diferente numa pesquisa realizada com 15.500 alunos na Inglaterra, entre 2004 e 2010.
*A pesquisadora Ericka Raskon-Ramirez, da Universidade de Essex, apresentou os resultados na conferência da Royal Economic Society.
*Segundo esse estudo, pais e mães devem ser rigorosos e persistentes na educação das crianças para que elas tenham mais chances de sucesso, em todas as áreas da vida.
*A pesquisa também constatou que uma educação frouxa e muito liberal aumenta as chances de gravidez na adolescência, do uso de drogas e de problemas com relacionamentos em geral.
*“No entanto, não precisamos ir tão longe para encontrar os malefícios causados por pais pouco exigentes.
*Basta pensarmos em todos os jovens que não sabem valorizar o que têm nos adultos que crescem dependendo dos pais financeiramente, nas pessoas interesseiras, preguiçosas e mentirosas, e no grande número de divórcio a cada ano – tudo isso é sinal de uma formação cheia de falhas.
*Os pais que cobram, conversam e castigam os filhos quando eles erram têm mais chances de vê-los numa universidade e, posteriormente, em bons empregos.
*E o melhor: a possibilidade dos herdeiros encontrarem uma pessoa especial para casar é ainda maior”.
*O estudo da Universidade de Essex revela como a poderosa marca dos pais severos é manifesta em momentos cruciais na vida de uma pessoa, como decidir onde trabalhar, se vai ou não usar drogas, se vai ou não ter relação sexual precocemente, se vai ou não mentir para o chefe…
*A Grã-Bretanha, que tem a maior taxa de maternidade na adolescência da Europa, luta de todas as formas para combater o problema.
*Afinal, a maioria das moças que engravidam precocemente acaba largando os estudos e a chance de ter um futuro promissor.
*E o pior, essas meninas tendem a se relacionar com homens descompromissados, ou seja, irresponsáveis.
*A pesquisa constatou que, quando os pais são presentes e rigorosos, o companheiro ou a companheira de seus filhos vão pensar duas vezes antes de “pisar na bola”.
*E então, você concorda com esse estudo?
*Vale ou não a pena, ser exigente em prol da felicidade dos filhos??

Sala
Vip

*Aniversariantes do dia: Luana Lacerda; Selma Conrado; Luciana Cristina Cunha; Darlly Cardoso; Isabela Maria; Cezar Carvalho.
*A coluna publica hoje, mais alguns cliques do Feijão Folia, que teve como ponto de partida o início das comemorações de meus 38 anos de trajetória social.

 

MARIO SÉRGIO| mariosergio@diariodovale.com.br

Um comentário

  1. Tá sem assunto né. ??? Chega de Feijão.

Untitled Document