ÔĽŅ A corrup√ß√£o nos tempos da ditadura - Di√°rio do Vale
terça-feira, 14 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / A corrupção nos tempos da ditadura

A corrupção nos tempos da ditadura

Matéria publicada em 12 de junho de 2018, 08:15 horas

 


Volta ao passado n√£o vai tirar o Brasil do fundo do abismo

CIA: Americanos investigaram corrupção na ditadura

Os brasileiros andam desesperados com o tamanho do buraco aonde o nosso país afundou. Alguns acham que a solução é a volta da ditadura militar, outros lembram com saudade do tempo do Lula e da euforia do pré-sal, mas voltar ao passado não é a solução. Aliás, este é um dos maiores entraves ao desenvolvimento do nosso país, a incapacidade dos brasileiros de olharem para o futuro e construírem alguma coisa melhor do que o passado. O passado não volta e não era tão bom quanto as pessoas pensam.

A corrup√ß√£o, que o povo associa com os governos recentes sempre existiu no Brasil, e rolou solta na √©poca da ditadura, quando as denuncias n√£o eram investigadas. Recentemente a Comiss√£o da Verdade recebeu um documento da CIA, o servi√ßo secreto americano, sobre a corrup√ß√£o no tempo dos generais presidentes. O texto comenta a troca de favores, a distribui√ß√£o de cargos entre amigos e parentes, que faziam parte do famoso ‚Äėjeitinho brasileiro‚Äô. Os americanos se preocupavam com o efeito que esse mar de lama teve sobre o governo do √ļltimo dos presidentes militares, Jo√£o Figueiredo. Que o povo via com desconfian√ßa e acabou terminando com a campanha das diretas j√°.

V√°rios pol√≠ticos da √©poca s√£o citados no relat√≥rio da CIA, entre eles Paulo Maluf e o ministro Mario Andreazza, que foram pr√©-candidatos a presid√™ncia pelo partido do governo. E o caso do ministro do planejamento dos governos militares, Delfim Neto, que teria recebido 10 milh√Ķes de d√≥lares de bancos franceses, como recompensa pelo favorecimento em contratos com empresas estatais. O que foi um costume comum aqui no terceiro mundo. Bancos e empresas estrangeiras, disputando contratos de vendas para o governo distribuem altas somas de dinheiro para as autoridades respons√°veis. Vide o caso da compra dos ca√ßas suecos para a For√ßa A√©rea Brasileira, no governo Dilma, que anda sendo investigada atualmente.

Foi nesta √©poca, nos anos de 1980, que acabaram com o trem el√©trico, r√°pido, seguro e barato, que t√≠nhamos aqui na nossa regi√£o. Uma medida que s√≥ serviu para enriquecer os donos das empresas de √īnibus. Podem ter certeza leitores, que algu√©m no governo ganhou muito dinheiro com o fim do nosso trem el√©trico. Mas nada se falou nem se investigou, porque era a √©poca da ditadura e os homens do governo eram cidad√£os acima de qualquer suspeita.

O povo sempre soube que a corrup√ß√£o existia, mas nunca se importou. Em S√£o Paulo o povo dizia: ‚ÄúO Maluf rouba, mas faz‚ÄĚ e continuavam votando nele, apesar dos esc√Ęndalos amplamente divulgados pela imprensa. Outro dia eu estava no √īnibus, voltando para casa e fiquei ouvindo a conversa dos passageiros, a trocadora revelava seu desejo de votar no Lula na pr√≥xima elei√ß√£o, justificando: ‚ÄúEle pode roubar, mas o povo vivia bem no governo dele‚ÄĚ. √Č o mesmo racioc√≠nio que os eleitores de S√£o Paulo aplicavam, em rela√ß√£o ao Maluf.

Com eleitores assim o Brasil n√£o vai mudar nunca. Os pol√≠ticos sabem disso, que n√£o importa as denuncias e condena√ß√Ķes, o povo vai continuar a votar neles. A espera do bolsa fam√≠lia, do bolsa novela, do Minha Casa Melhor e outros programas de compra de votos. Em 2013 o governo gastava milh√Ķes para financiar a compra de m√≥veis e eletrodom√©sticos, o que s√≥ serviu para estimular o consumo e deixar o povo endividado.

Mas o pr√©-sal foi uma ilus√£o. Mesmo que Lula conseguisse sair da cadeia e se eleger presidente ele n√£o teria como tirar dinheiro do nada para promover o consumo, como fez na d√©cada passada. J√° os militares, esses n√£o tem inten√ß√£o nenhuma de assumir o comando do Titanic brasileiro. √Č bom lembrar que foi na ditadura que o pa√≠s ficou endividado e caminhou para a superinfla√ß√£o do governo Sarney.

A saída para a crise atual esta na mudança de atitude, no futuro, não no passado.

13 coment√°rios

  1. Ciro Gomes começou sua vida política na Arena, partido político dos militares e que era corrupto!
    Ciro Gomes terminou sua vida política como ministro do PT, que ele defende até hoje, mesmo sendo um partido corrupto!
    O que dizer de Ciro Gomes que acha a corrup√ß√£o uma coisa normal na pol√≠tica e que disse que “despreza a moral cat√≥lica”!?

    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso √© uma vergonha!”…

  2. Bolsonaro_2018 !!!!

  3. Se n√£o deu certo com general, imaginem com capit√£o. CIRO 2018.

  4. √Č preciso que se entenda que nos governos militares, tinhamos o direito de ir e vir sem ser importunados, seja de dia ou noite, n√£o havia inseguran√ßa, e hoje governo civil, o chefe maior est√° na presid√™ncia da rep√ļblica, cercado pela quadrilha e assim vamos vendo a situa√ß√£o do pa√≠s atualmente e nos governos anteriores, portanto nesta elei√ß√£o, saibam votar, o pa√≠s vai demorar a entrar nos eixos, mas √© preciso medidas duras, principalmente contra essa quadrilha de corruptos. E BOLSONARO √© candidato.

    • Se voc√™ viveu aquele per√≠odo se lembra que a popula√ß√£o brasileira era predominantemente rural.
      Sabe que a mulher n√£o trabalhava fora e ficava em casa cuidando da educa√ß√£o dos filhos, sabe que a influ√™ncia da igreja era maior que da Internet hoje, sabe que n√£o havia traficantes pois o momento social dos pa√≠ses vizinhos produtores de drogas era outro… √Č uma tremenda insanidade atribuir o direito de ir e vir na d√©cada de 60 apenas aos militares. At√© na Su√≠√ßa era muito mais seguro nesse per√≠odo. A viol√™ncia cresceu em todos pa√≠ses do mundo e escalou muito mais nos pa√≠ses do terceiro mundo.

  5. Interessante √© que este relato da CIA foi feito com base em not√≠cias dos jornais brasileiros da √©poca (mesmo com a censura – que na verdade era mais de costumes do que de informa√ß√Ķes, os Historiadores reconhecem isto!),o que n√£o √© novidade nenhuma pra quem conhece um pouquinho da hist√≥ria triste do nosso pa√≠s, s√≥ mesmo pra esse pessoal da “Comiss√£o da Verdade – infelizmente, de um lado s√≥ e distorcida!”. Outro ponto √© que as reportagens nas quais a CIA se embasou apontam a corrup√ß√£o de Maluf, Andreazza e outros pol√≠ticos civis que eram da Arena (partido que apoiava o governo), mas em momento algum cita nenhum dos assessores militares do Figueiredo nem ele pr√≥prio envolvido em qualquer esc√Ęndalo…o Maluf, como uma parcela de nossos pol√≠ticos, tem a corrup√ß√£o no DNA e por isso v√£o pratic√°-la em qualquer situa√ß√£o politica, seja democracia ou ditadura. Foi um per√≠odo conturbado, e n√£o podemos esquecer da morte do jornalista Baungarten, que havia denunciado pol√≠ticos poderosos…e tamb√©m do esc√Ęndalo de corrup√ß√£o (era o nome que a imprensa dava na √©poca – hoje n√£o escandaliza ningu√©m!) no governo de Niter√≥i que envolveu o Moreira Franco, do MDB, que era de oposi√ß√£o…
    Durante muito tempo critiquei uma suposta fala do Pelé, que em plena campanha pelo voto direto na década de 1970, teria dito que o povo brasileiro não estava pronto pra votar; faço uma mea culpa Рele tava coberto de razão!!! Somos nós que elegemos estes calhordas e os mantemos lá por décadas!

    • CEM Reais para votar, SEM chance de votar certo

      O brasileiro n√£o sabe votar. Votam no candidato NOVO mesmo estando no PMDB achando que ele meio de ladr√Ķes continuar√° santinho. Na verdade quem entra para o PMDB s√£o indicados pelos bandidos. E os bandidos n√£o permitir√£o entrar quem n√£o esteja alinhados a eles. Os santinhos que os eleitores consideram n√£o tem vez.

      Isso vale para qualquer partido político no Brasil. Mas há partidos que pensam diferente e escolhem candidatos tbm alinhados para o bem. Infelizmente os eleitores não acreditam.

      Outra coisa é muitos afirmarem de pés juntos que não votam no PMDB, mas votam no partido X ALIADO ao PMDB. Assim o voto no partido X ajudará a manter o PMDB no comando pq é um partido grande. O mesmo com o PT, PSDB, PP.

      RESUMINDO: primeiro escolhe o partido e dentro do partido qual o candidato. Muitos eleitores n√£o sabem disto.

  6. Pior é o candidato que representa o militarismo e é um capitão que tem medinho da guerra eleitoral e não tem coragem de participar de sabatina de jornalistas nem de debater com os outro(a) s candidato(a).

    • Bom √© o candidato barbudo que vai puxar 12 anos de cadeia, aquele que “representa” os pobres (sqn)!!!

  7. CEM Reais para votar, SEM dinheiro devido as dívidas deixadas

    Naquele tempo o Brasil pedia empréstimos e mais empréstimos dando cheque em branco para os banqueiros internacionais colocarem os juros pq o Brasil não tinha NENHUM crédito. Aí arrumaram a crise do petróleo em 1973 e pimba, a nossa dívida quintuplicou (ou cresceu como numa explosão).

    O bom do per√≠odo militar foi a co√ßa em muitos comunistas que n√£o sabiam e n√£o sabem at√© hoje respeitar as leis, ainda que imposta como na √©poca. Para os comunistas as leis devem ser ditadas por eles. S√≥ para lembrar a √ļltima: querem porque querem o LULA disputando a elei√ß√£o mesmo preso, numa clara demonstra√ß√£o de que as leis feitas pelos outros n√£o vale para eles.

    VAI VENDO a√≠ o que d√° votar em candidatos que N√ÉO CONHECEM a Administra√ß√£o P√ļblica e N√ÉO ENTENDEM de Gest√£o P√ļblica. Veremos muitas d√≠vidas do Samuca. √Č s√≥ mais alguns dias.

  8. Ditadura??? Já começa errado no título! Engraçado que os mesmos jornalistas consideram que existe democracia na Venezuela e que Maduro NÃO é ditador!!! Vai entender o desespero dos tais.

  9. Tudo mentira seu comunista !!!!!

Untitled Document