domingo, 18 de fevereiro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / A escravidão do povo brasileiro

A escravidão do povo brasileiro

Matéria publicada em 16 de janeiro de 2018, 07:00 horas

 


Governo obriga população sofrida a madrugar na fila do cadastramento

wp-coluna-espaco-aberto-jorge-calife

Quando o presidente Getúlio Vargas se suicidou, há mais de 60 anos, apareceu uma carta testamento cuja autenticidade é muito discutida. Mas não importa se foi Vargas quem escreveu aquela carta ou um de seus assessores. Se ele não disse o que está na carta devia ter dito. Em dado momento o ex-presidente desabafa dizendo: “O povo de quem fui escravo não será escravo de ninguém”. Foi a expressão de um desejo que nunca se concretizou. Hoje, no século XXI, o povo brasileiro está mais escravizado do que no século XX. Trabalha meses só para pagar impostos, não recebe nada em troca e ainda sofre nas filas impostas pelos mandarins lá de Brasília.

O último absurdo, mostrado nos telejornais da semana passada, é a fila para o cadastramento biométrico. Esse ano tem eleição e o povo, mais uma vez, será coagido, tocado como gado para votar nos corruptos e farsantes de sempre. Só que em alguns estados deste patético patropi não basta ter o título de eleitor. Tem que fazer um tal de cadastramento biométrico sob ameaça de ter o título cancelado. Nossos políticos fazendeiros tratam assim o seu rebanho, sempre sob a ameaça do chicote, da punição.

Em Salvador, na Bahia, as filas para o tal cadastramento são quilométricas. A televisão mostrou senhores de cabelos brancos passando a noite sem dormir. Chegando ao posto de cadastramento às 3 horas da madrugada para garantir um lugar. Mulheres com filhos no colo, debaixo do sol e da chuva para cumprir com a nova imposição dos donos do poder. Só mesmo o brasileiro, um povo humilhado e acovardado, se submeteria a tamanho sofrimento.

O título de eleitor, que os mandarins do TSE ameaçam caçar, é outro sinônimo do nosso atraso. Nos países civilizados, adiantados, as pessoas votam com a carteira de identidade. E o voto é um direito, não uma imposição. No Chile, nos Estados Unidos, na Inglaterra, vota quem quer. Quem acredita neste ou naquele candidato. Quem prefere ficar em casa e ignorar os apelos dos políticos tem todo o direito de fazer isso.

No Brasil o voto obrigatório existe para manter esse sistema de governo podre que está aí. Para obrigar o povo ignorante e alienado a fazer fila, a marchar obediente para votar no palhaço, no político que desvia verba, no governador que recebe propina de empreiteiras ou desvia dinheiro de obras públicas. Assim o sistema podre é mantido, assim eles têm a garantia de que vão continuar no poder, se locupletando como sempre.

Enquanto isso os ministros, que obrigam o povo a tais sofrimentos, se esbaldam em suas mansões, em seus jatinhos, em seus apartamentos de luxo. Ganhando salários fabulosos enquanto o cidadão que ganha salário mínimo tem que passar a noite acordado, na fila, para não perder o infame “título de eleitor”. Para eles não têm problema, para eles não tem fila, é tudo combinado e acertado dentro dos gabinetes com ar condicionado.

Os brasileiros são hoje um povo desiludido e sem esperança. A espera de algum salvador da pátria que venha resolver os problemas da nação. E enquanto isso não acontece, eles se conformam e ficam na fila. Fila para requerer a aposentadoria, fila para conseguir uma consulta nos postos de saúde, fila para tentar conseguir um emprego de salário mínimo, fila para o cadastramento biométrico.

Não sou contra a tecnologia. Mas se o governo quer registrar os dados biométricos da população que o faça de modo humano e civilizado. Agendando um horário pela internet ou coisa parecida. Obrigar as pessoas a irem para uma fila às 3 horas da madrugada, como aconteceu em Salvador, não é aceitável. É algo que podemos esperar de um governo desmoralizado, que nomeia como ministro do trabalho uma pessoa processada por não cumprir leis trabalhistas. Mas isso não significa que seja aceitável.

Título: Mais uma desculpa para fazer o povo sofrer (Foto: Arquivo)

Título: Mais uma desculpa para fazer o povo sofrer (Foto: Arquivo)

 

 

 

JORGE LUIZ CALIFE | jorge.calife@diariodovale.com.br

42 comentários

  1. Só o liberalismo econômico (petistas, procurem no Google, pois eu sei que vocês não sabem o que isso significa) e um choque de capitalismo salvarão o Brasil e o tornarão uma nação próspera e sem pobreza. Pena que, repetindo todas as eleições desde a redemocratização, não teremos nenhum candidato com plataforma liberal nas eleições de 2018 (não, petistas da Turma do Chaves/Maduro, o FHC não é um liberal convicto).

  2. Gostaria de saber se Bolsonaro vai mesmo salvar o Brasil !?

    • Quem acha isso está se iludindo. O Brasil é ingovernável.

    • Mas Bolsonaro tá 30 anos em Brasília e já conhece todos os políticos e seus filhos já estão todos empregados como políticos também e em todos os lugares dizem que ele vai ganhar em 2018 e vai liberar armas pra todo mundo , e aí ? em quem devo votar ?

  3. Nas eleições de 2018 eu tenho uma certeza: os petistas vão votar errado novamente!

  4. TodocoxinhamaaCrisBrasil

    Bom texto. Parabéns ao autor. Mas, como disse o leitor, o que é votar certo ? É muito difícil votar certo, principalmente quando existe uma mídia parcial para confundir os eleitores, compra de votos, currais eleitorais como os religiosos, os ruralistas, os ligados à segurança pública,os ouvintes de rádio e telespectadores.etc.Talvez o mais sensato seja votar em candidatos não ligados a tais currais, em candidatos não bajulados pela mídia, em candidatos que não cumprem mandatos ( renovar a política); e nas eleições seguintes, trocar todos, independentemente de terem feito bons mandatos. Mas tal sensatez é consequência de uma boa educação, coisa que o brasileiro, infelizmente, não possui.Assim como também não possui discernimento boa parte da nossa classe média, os coxinhas, que, decepcionados e enganados pelo seu príncipe (o Mineirinho da Odebrecht), meio que agora desconfiados com o boçalnaro, sem rumo eleitoral, só têm a opção de criticar o ex-governo petista, enquanto aguardam orientações dos donos do gado. E ainda têm a babaquice de ficar comparando a nossa republiqueta ( comandada por golpistas corruptos, comprovadamente lesa pátrias, com povo analfabeto, covarde, sem nada ), com outros países como Cuba, Venezuela e Coréia do Norte, com autênticos líderes defensores da nação, que não são capachos dos americanos ( como o nosso desgoverno ), nações verdadeiramente independentes, com um povo crítico, consciente , corajoso, educado. VAI PR’A RUA, Ô COXINHA, ADMIRÁVEL GADO NOVO !

    • liberdade e propriedade

      Tudo verdade, seu comentário. A saída é um poder público enxuto, puro, laico, livre, totalmente imparcial, que observa todo cidadão igual e a constituição uma página. Porque? Resposta: Quando o poder público é gordo, interfere e manipula demais na vida do cidadão podendo criar leis que atingem só uma parcela da sociedade, favorece uma parcela ou são invasivas demais na vida particular e individual, as correntes ideológicas querem fazer parte do governo ou ser maioria nele, religiosos, comunistas, ruralistas, proletários, patrões, lgbt, ateus, etc, tá formada a Torre de Babel, tudo isso atenta contra a liberdade, são criadas leis que privilegiam uns em detrimento de outros.

    • Papo de mortadela petista.

    • Cidadão de bem defensor da moral e dos bons costumes

      O pobre de direita (entre eles aquela turma que passa a ganhar 16 k por mês e não se reconhece como pobre) é como a barata que defende o inseticida: o brasileiríssimo e folclórico “capitalista” sem capital…

    • Cidadão de bem defensor da moral e dos bons costumes, mas não da inteligência, na realidade, o que é brasileiríssimo e folclórico é o esquerdista sem inteligência – rico ou pobre. É melhor ser pobre do que ser burro!

    • Cidadão de bem defensor da moral e dos bons costumes

      Eis o espécime representativo do Complexo de Dona Florinda…

    • Os amigos da Turma do Chaves (ou do Maduro) aqui dos comentários fariam um enorme bem a si mesmos se aproveitassem o ano que se inicia para ler o primeiro livro de suas vidas.

  5. liberdade e propriedade

    Por muito menos, houve a independência do Brasil e movimentos como a Inconfidência mineira, quando o imposto naquela época era o famoso “Quinto”, ou seja, 1/5 dos lucros, o famigerado “Quinto dos Infernos”.

    Hoje pagamos muito, mas muito mais mesmo, e ninguém quer independência de Brasilia, como quiseram de Lisboa, muito menos, apelidam nossos impostos atuais de “infernais”, aliás muitos defendem o regime de impostos altos.

    Antes era 1/5, e quanto é hoje? Vamos lá: Um empregado de carteira assinada de uma companhia, custa ao patrão o dobro do seu salário, por exemplo, R$ 20.000,00, mas o empregado só recebe R$ 10.000,00, depois entra o imposto de renda, e o salário cai para R$ 7.500,00, depois, como o dinheiro é meio e não é fim, tudo que o empregado compra tem 50% de imposto, o salário cai para R$ 3.750,00, depois tem tributos como IPTU e IPVA, cai diluindo por 12 meses, R$ 3.000,00. Viu?? Só de imposto foram 85%!!! O empregado ficou com 15% do que ele vale para o patrão. Absurdo!!! Acorda povo!!!

  6. Pago multa, mas esse constrangimento ou sofrimento eu não me submeto. Esse país não merece, já sofremos por demais.

    • Saiba que a sua multa $1,35 até R$3,80 vai para o Fundo partidário, o qual é distribuído proporcionalmente. O PMDB leva a maior parte.

      Com o seu voto, mesmo num bandido só ele ganha. Com a sua multa todos os partidos ganham e todos os bandidos são beneficiados.

      A sua multa contribui muito mais com os bandidos do que o seu voto.

  7. PARABÉNS PELO TEXTO. E OUTRA… TÔ DE SACO CHEIO COM ISSO TUDO. ROBALHEIRA, SUJEIRADA, PODRIDÃO, IMPOSIÇÃO, INOPERÂNCIA. JÁ DEU !!!!. O PIOR QUE NÃO SABEMOS COMO ARRUMAR. NÃO ADIANTA VIR DIZER:
    ‘TEMOS QUE VOTAR CERTO”. O QUE É VOTAR CERTO?????????? TEM ALGUMA RECEITA AÍ??????? CHEGOU A HORA DE DIZER MAIS NÃO QUE SIM. QUEM SABE…MUDAR TODO MUNDO!!! MUDAR A GENTE TAMBÉM

    • marcão

      Muitos dizem que não votam no PMDB, mas ao votar no PARTIDO ALIADO está dando voto para o PMDB e não sabe.

      No Brasil não temos opção de votar em quem conhece a Administração Pública pq quem decide quais candidatos aparecerão nas pesquisas e nas mídias é o poder econômico.

      Vc acha mesmo que os grandes empresários e grandes empresas que não pagam impostos e estão cheias de dívidas com o fisco FICARÃO QUIETAS esperando o povinho escolher qualquer candidato?

  8. Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    Em suma: o mal do brasil é o brasileiro… Um povo marcado, inerte, complacente, que fica esperando um peão berranteiro para lhe tocar para melhores pastagens, um barreiro ou riacho…

    • Putz!
      Vc só escreve bobagens.

    • Smilodon Tacinus – O Emir Cicutiano

      Quem decide o destino do governo são os parlamentares pq eles são eleitos para isso, não é o povo.

      Somente nas MONARQUIAS CONSTITUCIONAIS é onde o rei, rainha ou imperador segue o pensamento do povo. Eles agem assim pq precisam da credibilidade para se sustentar através dos tempos. Exemplos mais antigos que temos são o imperador do Japão e a rainha da Inglaterra.

      E outra, o rei, rainha ou imperador não precisa favorecer qualquer eleitorado com bolsa família ou empresário com subsídios para ter o voto de 2 em 2 anos como é numa REPÚBLICA.

      O Brasil foi uma MONARQUIA CONSTITUCIONAL com D. Pedro I e D. Pedro II onde tivemos apenas uma constituição que durou mais de 60 anos até o golpe militar do covarde e traidor Deodoro da Fonseca, 7 constituições, todas falidas, além de 128 anos de roubalheiras.

      E pior, os brasileiros gostam das roubalheiras pq não mudam a REPÚBLICA para a MONARQUIA CONSTITUCIONAL. Alegam que não querem sustentar 01 família real, mas esquecem que sustentamos 6 e em 2018 passaremos sustentar 7 famílias de bandidos.

  9. Professor Girafales

    Dona Florindaaaaa, a tucana revoltada… quer caçar (com ç) os títulos dessa gentalha da sua vila?

  10. Antonio Carlos Peludo

    Assino em baixo

  11. Pagador de impostos

    Parabéns. Muito bom texto. Uma curiosidade. Por que o título de eleitor não tem a foto do dono ? É o único documento, que me lembre, que não tem. Por que será ?

  12. Esta situação é o resultado de nosso modo terceiro mundista de pensar, predominante entre nossos esquerdistas – em especial os petistas -, que se tornou hegemônico nas últimas décadas. Aqui o Estado é gigantesco, sufocante, caro e não dá nada em troca. E alienados da espécie que vota no PT ou no PSOL têm a crença que ele resolverá todos os problemas do país quando ficar ainda maior – como na Venezuela ou em Cuba. Crêem nisso com a mesma fé que têm na honestidade do Lula e na ética do PT. O resultado é esse aí: filas quilométricas para fazer um recadastramento, vistoria em um veículo, conseguir um alvará, uma licença, ser atendido em um hospital, conseguir matricular um filho em uma escola, etc, etc, etc, até o infinito. E a solução? Mais Estado! Essa Turma do Chaves esquerdista não tem cura mesmo.

Untitled Document