terça-feira, 26 de setembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / A falência moral no Brasil

A falência moral no Brasil

Matéria publicada em 11 de agosto de 2017, 07:00 horas

 


O problema não é só com os nossos políticos; nossa única esperança para o futuro está naquelas comunidades pequenas do interior

wp-coluna-espaco-aberto-jorge-calife

Quarta-feira passada a televisão aberta transmitiu ao vivo um dos programas mais assustadores já exibidos no Brasil. A votação na câmara dos deputados pelo arquivamento do processo de corrupção contra o presidente em exercício. Mais da metade dos deputados votou pelo arquivamento, o que já era esperado. O acusado andou liberando caminhões de dinheiro em emendas parlamentares para comprar os votos necessários para o arquivamento. O mais preocupante foi a outra parte do parlamento, formada pela oposição, clamando pela volta do Lula em 2018.

Nosso triste país chegou a essa encruzilhada. Ou o Temer ou o Lula. Não há mais opção. Lula, cujo governo foi responsável pela pior recessão da história do Brasil seria a alternativa ao Temer e suas reformas. Se for assim o Brasil está perdido e vai caminhar, inexoravelmente, para virar uma cópia da Venezuela do Nicolás Maduro. Aquele país de onde as pessoas estão fugindo em massa porque não tem mais nem comida.

Mas a votação na Câmara não foi um fato isolado. A decadência moral do Brasil não está só em Brasília, está em toda a parte. Uma parte do povo, que reclama dos políticos, é tão corrompida quanto eles. E nem é preciso sair na rua para ver isso, a televisão mostra o tempo todo. Sexta-feira passada os bandidos sequestraram um caminhão dos Correios. Daquele amarelo do Sedex. E levaram para uma favela da zona norte do Rio de Janeiro. Ali na altura do Lins.

O helicóptero da rede de TV filmou tudo em tempo real. As encomendas foram espalhadas por uma rua enquanto os marginais escolhiam o que era de valor e o que não era. E moradores da comunidade, que passavam pelo local, também apanhavam as mercadorias roubadas. E isso também não é um fato isolado. Quantas vezes já não vimos a população saquear a carga de caminhões tombados na estrada. Como se isso fosse normal, fosse certo.

Há alguns anos um médico, que trabalhava no Hospital Universitário da Ilha do Fundão, foi sequestrado por bandidos quando saía do hospital. E levado para a favela de Manguinhos. Enquanto ficou no cativeiro os bandidos usaram seu cartão de crédito para fazer compras pelo telefone. E o que mais chocou o profissional da saúde foi ver as crianças da favela cercarem os bandidos para pedir que comprassem brinquedos para elas com os cartões do sequestrado.

Não venham me dizer que o povo faz isso porque “está passando fome”. Desde o governo Lula que essa população de baixa renda conta com bolsa família, bolsa moradia, tem até bolsa novela para fornecer conversores de TV digital de graça para ver novela em alta definição. A pobreza não é nem nunca será desculpa para a desonestidade. Estamos virando uma nação de ladrões que não pode se queixar de ser representada por políticos ladrões. O povo brasileiro tem os políticos que merece.

Enquanto isso o governo gasta dinheiro com anúncios caros na televisão, para promover o turismo no Brasil. Dinheiro jogado fora. Domingo passado uma turista inglesa levou dois tiros porque entrou, por engano, em uma “comunidade” lá em Angra dos Reis. Em Angra dos Reis que é uma cidade turística. Não é a primeira, já houve outros casos. Não vai levar muito tempo para que a fama do Brasil, nas agências de viagens do exterior, seja igualada a do Afeganistão e do Iraque. É o fim daquele mito do Brasil como terra do samba e da alegria.

Nossa única esperança para o futuro está naquelas comunidades pequenas do interior. Onde a cultura do funk e da exaltação ao banditismo ainda não chegou. E as pessoas ainda seguem os valores antigos, da honestidade, do trabalho e da vida digna.

Congresso: Dividido entre Temer e Lula

Congresso: Dividido entre Temer e Lula

 

 

 

JORGE LUIZ CALIFE | jorge.calife@diariodovale.com.br

30 comentários

  1. Texto fraquíssimo, prenhe de afirmações sem embasamento e derrapadas no idioma. Bem limitado o sujeito aí, mas já que o teclado aceita tudo…

  2. Ridículo texto do Senhor das verdades. Deveria olhar o mundo sem olhar pro espelho. Pois seu mundinho é ridículo. Não o deseje pra todos nos

  3. Gostei do texto! Digo e repito: falta de educação, impunidade e populismo… leve ao forno e o resultado é isso aí!

  4. O povo brasileiro precisa aceitar que estar na merder, perder todo o orgulho de tudo, por duas ou tres geracoes, para comecar a seguir o caminho certo.

  5. Excelente texto, pena que existem aqui leitores que em vez de elogiar o jornalista o tratam de uma maneira que vai da desconfiança à hostilidade, da suspeita ao ódio. Olham-no com receio, como a um mentiroso, por não acreditarem que possa haver relação pessoal com Deus; vida interior; em contrapartida, com os jornalistas esquerdistas que defendem Lula, ordinariamente rebeldes e desavergonhados, desfazem-se em amabilidades e compreensão!

    • MARCOS MARTINS MACHADO

      Eu sempre soube que somos campeões mundiais em assassinatos mas fiquei surpreso ao ver numa reporategm a dimensão dessa realidade: em 2015, foram assassinados no Brasil o mesmo que em 150 PAÍSES no mundo!

    • الفتح - الوغد

      Nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno. O Brasil é um dos países mais populosos do mundo, então naturalmente será também um dos mais violentos. Esses 150 países citados devem ser minúsculos, menores que bairros de cidades daqui… Devemos lembrar também que o Brasil é um dos poucos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento que possuem um setor estatístico abrangente e confiável, que não mascara dados nem apresenta números parciais. Em muitos países africanos esses institutos sequer existem…

      O que não vejo ninguém falando é dos números vergonhosos dos EUA, se comparados ao seu vizinho Canadá e à Europa, Japão, Israel, Austrália, Nova Zelândia. Mesmo quando confrontados com os de países subdesenvolvidos fazem vergonha… No Brasil se enfatiza o que é ruim, enquanto lá se despreza os pontos fracos. Não que isso seja bom, mas faz um bem enorme para o moral coletivo…

    • Quem nos dera ter o índice de homicídios dos EUA, que é de 4 por 100.000 habitantes. O nosso é de 27 por 100.000! O índice dos EUA só é alto quando comparamos com os outros países desenvolvidos, como por exemplo, o 1 por 100.000 da França e da Inglaterra e menos de 1 na maioria dos países europeus.

  6. Faltou o Trump do Brejo, a.k.a. “O Pistoleiro da Gramática”, reiterar que “o Pré-Sal é uma fantasia. Mas a culpa não é dele: ele votou ni mim e no Aloysio Nunes Ferreira…

  7. Entrega esse país de porteira fechada para isso EUA, Japão, Noruega, Suécia etc, isso aqui fica uma maravilha.

    • Será que lá estão aceitando lixo?

    • Eles não só estão aceitando como estão tomando de assalto. Se não tem interesses aqui porque não deixam o povo fechar com o Lula. E o Lula com a Russia e a china e só assim o Brasil será realmente uma Nação progressista.

    • Concordo que com Lula presidente novamente o Brasil será uma nação progressista: progressivamente para o buraco.

  8. O pior de tudo é que os governos do PT tiveram a chance de colocar o Brasil nos trilhos e jogaram fora. Receberam o país estabilizado economicamente, tiveram o melhor panorama internacional nunca sonhado e a Petrobrás ainda descobriu o Pré-sal. Aí o que fizeram? Queimaram tudo em seu projeto criminoso de poder e ainda jogaram o país na maior recessão da história.
    Temer, o vice da Dilma, apenas freiou um pouco a queda abismo abaixo. Em 2018 decidiremos que rumo tomar em os como nação. Ainda bem que até lá no Lula já estará preso e não correremos o risco desta corja petista assumir o poder novamente.

  9. Pagador de impostos

    Será que o fundo do poço ainda está muito longe ?

    • Não tem fundo. Na escala da desgraça o próximo é a Venezuela, depois Cuba, na sequência o Haiti, aí vem a Etiópia, e depois sei lá, talvez o quarto governo do PT…

    • Pagador, já até passou do fundo, foi tão rápido que tem gente que nem percebeu que Lula e Dilma não estão mais no governo e ainda continua aquele discurso de que o povo é o culpado de toda essa droga. Estão comprando jatinhos, distribuindo muuuuuito dinheiro lá pros lados de brasília, agora a moda é honesto ir preso e bandido ser defendido por juízes, trabalhadores e aposentados dormindo em filas pra ganhar uma esmolinha (cesta básica) e olha que esses mesmos falavam que sustentava os bolsa família, os comilões de restaurantes populares, os pobres nas faculdades que diga se de passagem estão fechando as portas, que ironia né.

  10. Entre esse povo decadente moralmente, reclamão, esta um senhor de topete caído que se acha um intelectual, dono da verdade, o senhor sabe tudo e que escreve um texto bobo e ridículo com um único intuito de ofender os brasileiros,, pobre coitado se acha o máximo, por que não coloca aqui ou vai a Brasilia mostrar a solução para o Brasil? há o senhor não pode, porque o mais longe que consegue enxergar são as mocinhas de legging e calças rasgadas entre Pinheiral e a Vila Santa Cecília. Ser decadente moral, intelectual e de todas e qualquer forma é na situação desesperadora desse povo sofrido sim e que ainda inocentemente ainda acredita em alguns bandidos que sequestrarão o país vem um ser patético ocupar o espaço e tempo num jornal para dedicar ao povo os defeitos que na verdade são dele mesmo, isso é atitude de pessoa totalmente decadente moralmente. Fazer exame de consciência as vezes pode nos proteger de certos constrangimento.

    • Esqueça esta história da calça, já faz mais de um mês. Comparando com os textos sobre política que este bando de jornalistas esquerdistas escrevem por aí, o do Calife é perfeito, afinal, por incrível que pareça, o óbvio tem que ser dito todos os dias.

    • الفتح - الوغد

      A Sandra ficou profundamente abalada com a história das calças…

    • Al fatah, pior que sim, agora quando saio com minhas leggings sexies, eu ando olhando pra todos os lados com medo de ter um véinho de topete caido observado me, se ele gostar talvex até escreva um texto fofo, mas imagina se não gostar, aí minha reputação vai pro brejo. Bom pelo menos eu não sou petista.

    • Desculpem mas sou obrigado a dizer que infelizmente a DESONESTIDADE está a solta por aí. A televisão mostrou o caminhão dos correios sendo saqueado por mulheres, homens e crianças. Cheguei a ler um comentário, dizendo que o povo tava fazendo aquilo, porque estava passando fome. Este argumento poderia até servir se fosse um caminhão de frangos ou carne, mas era de encomendas de Sedex. Ou seja, no nosso PAÍS, temos ladrões de cabo
      a rabo, não são apenas os políticos. Há dois meses atrás, vinha na estrada de Juiz de Fora para VR, e um caminhão tombou, e o motorista ainda estava gritando por socorro na cabine, e vários motoristas pararam seus carros, e roubavam a carga. Muito triste viver nesse País.

  11. الفتح - الوغد

    Todos os países ocidentais estão passando por um processo de deterioração de costumes e queda na qualidade de vida, com perspectivas muito sombrias. Não é exclusividade do Brasil, infelizmente, e aqui ainda tem-se a pretensa vantagem de se poder escrever, falar e mostrar o que quer sem maiores consequências…

  12. Acho que nem estes lugarejos se salvam mais.

  13. Só não concordo em dizer que o governo Lula foi responsável pela maior recessão de todos os tempos, muito pelo contrário… Dilma, sim, se perdeu principalmente pela pouca articulação política… E Temer, esse ser nefasto, está no poder há um ano e em nada a situação se modificou. Pelo contrário, tudo está mais difícil e o país há muito não via tanta gente em meio à pobreza… O problema do país é a corrupção dos agentes políticos e a alienação do eleitores. Também é problemática a falta de ação do judiciário. Leva-se muito a sério a imagem da justiça vendada. Era para remeter somente à imparcialidade, não à cegueira propriamente dita. Só há uma saída para este país: Educação. Mas se um projeto sério, contínuo e bem aparelhado de educação é utópico demais, sempre haverá um aeroporto internacional como alternativa!

    • Eric Silva, concordo com você inclusive quando escreve que Dilma se perdeu e pouca articulação política, mas em matéria de articulação o Temer é milhões de vezes pior, prova disto é o fato de ele ter gasto uma fortuna para comprar deputados e ministro para conseguir o que quer, não sou defensora de Dilma e nenhum político, mesmo porque nem existe mais isso aqui, mas imagina se Dilma fizesse o mesmo?

    • Com Dilma no poder a situação era horrível, com possibilidade de caos total. Com Temer, que não podia ser grande coisa vice de que era, a situação melhorou para ruim.

  14. Carlos Magno de Oliveira

    Somos um povo fraco e habituado a manipulação daqueles que dominam a exploração das riquezas em nosso país, e qualquer possibilidade de surgimento de homens com capacidade, projetos revolucionários e valores morais com certeza não terão espaço na mídia e serão crucificados ou execrados do meio político brasileiro.
    Vivemos em um país onde aqueles que nos últimos 50 anos ocuparam e ocupam cargos nos mais altos postos de direção do país são pessoas que se venderam aos interesses dos investidores internacionais que possuem interesse em manter nosso país como sempre como colônia de seus interesses.

Untitled Document