sexta-feira, 20 de outubro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / A importância das vacinas

A importância das vacinas

Matéria publicada em 28 de janeiro de 2017, 07:00 horas

 


Vacinação faz com que o sistema imunológico do animal produza anticorpos específicos

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

Para quem não sabe, a vacinação é um dos cuidados mais importantes que devemos ter com nossos bichinhos. Graças às vacinas e pelo fato de elas evitarem várias doenças graves, hoje em dia nossos cães e gatos conseguem ter uma vida muito mais longa do que antes.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a vacinação além de muito simples não é cara, uma vez que ela vale a vida dos nossos amiguinhos. Sem falar que, algumas doenças que as vacinas previnem podem ser transmitidas para nós humanos, ou seja, a vacina além de proteger nossos pets, também protege as pessoas ao seu redor.

E qual é o objetivo da vacina? É fazer com que o sistema imunológico do animal produza anticorpos específicos contra um determinado micro-organismo causador de uma determinada doença, normalmente um vírus ou bactéria.

Assim, se acontecer de um micro-organismo invadir o corpo do animal já vacinado, os anticorpos já existentes irão impedir que determinada doença se instale no organismo dele. É por isso que se diz que as vacinas são usadas para a prevenção de certas doenças. Sendo assim, todos os cães e gatos precisam ser vacinados.

Então, quais são as vacinas que nossos animais devem receber?

Bem, antes de falarmos sobre elas, é importante que saibam que para um animal responder bem à vacinação e ficar devidamente protegido, é necessário que ele esteja em boas condições de saúde e nutrição. Não se deve vacinar animais estressados, doentes, parasitados ou que apresentem carências nutricionais.

Por isso é importantíssimo que as vacinas sejam aplicadas por um médico veterinário, somente ele está apto para avaliar as condições de saúde do animal e assim indicar o melhor protocolo vacinal para cada um deles.

Entretanto, independentemente do protocolo que o veterinário irá indicar, as vacinas múltiplas e anti-rábica são obrigatórias em qualquer esquema de vacinação.

Cães e gatos, adultos e filhotes, que nunca foram vacinados ou filhotes que já passaram da época correta de vacinar, precisam receber três doses de vacina múltipla com intervalo de 21 a 30 dias entre elas, e uma dose de vacina anti-rábica. Isso também vale para cães e gatos que não tenham histórico de vacinação. Ambas as vacinas, devem ser refeitas todo ano.

Além da múltipla e da raiva, para os cães, temos ainda as vacinas contra a Leishmaniose, giardíase, tosse dos canis e leptospirose. Já para os gatos temos a Leucemia Felina e Clamidiose.

Normalmente, as vacinas não causam reações adversas, que são aqueles eventos inesperados ou indesejados que podem ocorrer após a aplicação da vacina. O que pode acontecer é dor no local da aplicação, prostração e leve aumento de temperatura.

Em casos pontuais e ainda mais raros, podem ocorrer vômito, diarreia, reações inflamatórias locais, formação de nódulos, alergias com inchaço na face, dificuldade para respirar e desmaios. Esses eventos são raros e tendem ser passageiros, porém, se acontecer é importantíssimo procurar um médico veterinário.

Mas saibam, os benefícios da vacinação são muito maiores do que os riscos.

Então fiquem atentos às vacinas do seu amigo.

Se ele está sem vacina, ou está com vacina vencida, seja ele filhote ou adulto, ele está correndo risco de contrair uma doença que pode ser fatal.

Não perca tempo! Procure imediatamente um médico veterinário para atualizá-la.

Todos nós desejamos fazer o melhor para nossos bichinhos e, nesse sentido, a vacinação representa uma das medidas preventivas mais importantes que podemos tomar em favor deles.

Encarem a vacinação como um ato de amor, e não deixe de vacinar eu amiguinho.

 

Vacine seu pet: Encare a vacinação como um ato de amor (Foto: Divulgação)

Vacine seu pet: Encare a vacinação como um ato de amor (Foto: Divulgação)

 

 

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas.

 

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br

Untitled Document