sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Ano novo, vida nova para o seu pet

Ano novo, vida nova para o seu pet

Matéria publicada em 3 de janeiro de 2018, 07:00 horas

 


É importante realizar pelo menos uma vez ao ano uma consulta com o médico veterinário

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

Mais um ano se encerrou e um outro começou. A virada do ano é um momento onde renovamos as esperanças, fazemos planos e acreditamos que tudo pode ser melhor, deixando para trás os erros e momentos ruins.

Esta passagem também é chamada de Réveillon, uma palavra de origem francesa que significa “despertar” ou “retomar”. Faz referência à nova etapa de uma vida que se inicia, e este ritual é considerado um momento ideal para se fazer uma retrospectiva, e se lembrar de tudo o que aconteceu, para, então, corrigirmos erros e estabelecermos desejos, sonhos e objetivos para o ano que se inicia.

Sendo assim, este é o momento do ano em que praticamos uma grande tradição: fazemos resoluções para o próximo ano. “Ano Novo, vida nova”. Não é assim que falamos? E que tal incluirmos nossos pets nisso? Afinal, eles não têm muito a dizer neste sentido, portanto, somos os principais responsáveis em lhes proporcionar uma vida saudável e feliz.

Então, vamos nos ater a pelo menos algumas resoluções simples e básicas de que eles necessitam, assim temos certeza de poder cumpri-las:

– Proteção: Os proprietários devem proteger seu animal do sol e da chuva, além de impedir que os bichinhos fujam ou saiam sozinhos na rua, evitando assim, brigas, atropelamentos, envenenamentos e crias indesejáveis.

– Alimentação: Os animais devem receber sempre ração de boa qualidade, respeitando as características de cada um e faixa etária (ração de filhote, adulto e idoso e se possível raças). E sempre disponibilizar a vontade água limpa e fresca.

– Vacinação: Cães e gatos possuem um esquema vacinal de acordo com sua espécie e características individuais. Eles devem receber vacina quando filhotes e depois uma vez ao ano. As vacinas previnem doenças graves que podem levar o animal à morte, bem como doenças que podem ser transmitidas para os humanos (zoonoses).

– Passeios e brincadeiras: É necessário atividade física, ou seja, passear regularmente e brincar com brinquedos. Desse modo, estimulamos tanto a parte física quanto a psicológica, ajudando a prevenir doenças causadas por estresse e obesidade.

– Castração: É muito importante e sempre aconselhável, pois assim evitamos superpopulação, abandonos, doenças uterinas, neoplasias (câncer), doenças prostáticas, agressividade, fugas, marcação de território, além de contribuir para a longevidade do animalzinho.

– Controle de parasitas: Constantemente deve ser feito o controle de pulgas e carrapatos, os quais podem transmitir doenças graves para os animais e humanos.

– Vermífugos: A vermifugação também é muito importante e deve ser feita periodicamente, pois os parasitas intestinais (vermes) podem comprometer a saúde dos animais, levando ao emagrecimento, à queda de pelos, anemias e zoonoses.

– Higiene bucal: Cães e gatos precisam escovar os dentes diariamente, mas com produtos veterinários específicos e também devem passar por limpeza bucal periodicamente (retirada de tártaro) e receber tratamento para doenças periodontais, que além de causar o desagradável mau hálito, prejudicam a alimentação, causam dor e as bactérias da boca podem se desprender e causar lesões graves em outros órgãos.

– Banhos e escovação: Nos cães, o ideal é dar banho a cada 15 dias. Já nos gatos, este intervalo deve ser maior. Os banhos devem ser com produtos veterinários e com mínimo de estresse possível. Uma das melhores opções é dar banhos em petshop, pois lá tem profissionais capacitados para isso.

– Visitas ao médico veterinário para check-up: É de grande importância realizar, pelo menos uma vez ao ano, uma consulta com o médico veterinário. Muitas doenças podem ser evitadas com a prevenção.

chamada

Enfim, parece ser muita coisa, mais são cuidados básicos que seu cão ou gato necessitam. Cuidados esses, previsto até em lei, ou seja, é obrigação de todo tutor. Então, se por algum motivo nesse ano que se passou você não conseguiu cumprir com algum desses cuidados, como falamos, é ano novo, vida nova. Ou seja, momento de corrigir erros e praticar o que é certo. Não deixe de lado seu fiel amigo.

Qualquer coisa, precisando de ajuda ou informações, podem contar comigo.

 

 

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas. Mais informações pelo WhatsApp (24) 98816-1583.

 

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br

Um comentário

  1. Existe plano de saúde pet?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document