terça-feira, 16 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Conheça algumas das raças de cães consideradas mais estranhas do mundo

Conheça algumas das raças de cães consideradas mais estranhas do mundo

Matéria publicada em 28 de março de 2018, 07:10 horas

 


Cachorros surpreendem todo mundo porque são incrivelmente exóticos e, na maioria dos casos, raros

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

Quando pensamos em cães, logo nos vem à mente aqueles bichinhos fofinhos e lindinhos. Quase nunca lembramos daquelas raças esquisitas, nada convencionais. Isso porque algumas raças exóticas são consideradas estranhas pelas pessoas do mundo inteiro, e por chamarem atenção pelas suas características nada comuns aos padrões que conhecemos, tornam-se as menos queridinhas das pessoas.
Assim, as raças de cães consideradas mais estranhas do mundo são aquelas que despertam estranhamento logo no primeiro olhar. Esses cachorros surpreendem todo mundo porque são incrivelmente exóticos e, na maioria dos casos, raros.
Olhos esbugalhados, falta de pelo no corpo, pelagem encordoada, pernas curtas ou compridas demais, são algumas das características que causam esses estranhamentos nas pessoas, lhes garantindo assim um lugar na lista de cachorros mais esquisitos do mundo.
Vamos então conhecer as principais raças consideradas estranhas pelo mundo inteiro.

– Komondor, Bergamasco e Puli

Donos de pelagens majestosas e únicas, os cães das raças Komondor, Bergamasco e Puli são também conhecidos como rastafaris ou esfregões. Eles trabalhavam como cães de pastoreio e por isso sua aparência não é nada comum! Além de ter médio a grande porte, o cão apresenta uma pelagem longa, encordoada e bem difícil de cuidar. A pelagem deles é perfeita para camuflar no grupo de ovelhas que esses cães costumavam cuidar; além disso o pelo protege a pele da água e da descamação. Só os pelos desse cachorro podem pesar seis quilos.

– Xoloitzcuintle ou Cão Pelado Mexicano, Cão Pelado Peruano, Cão de Crista Chinês, Cão sem pelo Argentino, Terrier Americano sem pelo e Cão Pelado de Chongqing

Essas raças chamam atenção por sua total ou parcial falta de pelo. São muito apreciados pelas pessoas que sofrem de alergia e, além disso, têm a vantagem de não sofrer com pulgas ou outros hóspedes incômodos no seu pelo, pois não o têm. Também é importante referir que podem existir casos de cachorros sem pelo aleatoriamente por uma variedade genética em qualquer raça, embora, claro, seja pouco provável.

– Afghan Hound, Azawakh, Saluki e Borzoi

Essas raças causam estranheza por onde passam, pois possuem longas pernas e pescoço, sem falar no focinho bem fino e sua aparência normalmente muito magra, com o aparecimento das costelas e até veias. São animais que gostam de viver em grupo e não são muito indicados para apartamentos, pois necessitam de muito exercício.

– Dandie Dinmont Terrier e Dachshund

Essas duas raças chamam atenção por sua aparência com características bem diferentes e curiosas. Ao contrário das quatro últimas raças faladas anteriormente, essas raças apresentam apresenta pernas bem curtas. Além disso, apresentam também o dorso bem longo o que faz aumentar ainda mais a estranheza da raça.

– Pequeno cão russo e Basset Hound

Uma raça mais conhecida do que a outra, porém, ambas com uma característica comum que as diferenciam das outras, o tamanho da orelha. Essas duas raças chamam atenção pelo fato de as orelhas serem bem grandes e desproporcionais ao corpo.

– Brussels Griffon

E para terminar, o Brussels Griffon não podia ficar de fora dessa lista das raças de cães mais estranhas do mundo. Originário da Bélgica, esse cachorro de pequeno porte nasceu do cruzamento de Yorkshire e Pug. Suas principais características físicas são a cara achatada e a pelagem longa, principalmente na face, o que lhe deixa bem estranho.

E aí? O que vocês acharam? Concordam que essas são raças estranhas?
Bem, sendo estranha ou não, o que importa é que todas as raças devem ser protegidas e amadas.

 

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas. Mais informações pelo WhatsApp (24) 98816-1583.

 

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document