Cuide do seu animalzinho nesse inverno - Diário do Vale
sábado, 18 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Cuide do seu animalzinho nesse inverno

Cuide do seu animalzinho nesse inverno

Matéria publicada em 23 de maio de 2018, 07:10 horas

 


 

Estilo: As roupinhas ajudam muito no aquecimento dos animais e hoje em dia há uma infinidade de modelo, mas há aqueles animais que não se adaptam bem e nesses casos não use, não force a barra, respeitando a vontade deles e evitando assim problemas maiores

Apesar do inverno ainda não ter começado, o outono já está apresentando temperaturas mais baixas, e assim como nós humanas, os animais também precisam de cuidados especiais nessa época do ano. Isso porque eles também sofrem com o frio e até mesmo acabam adoecem.
Algumas raças são mais resistentes ao frio, como o Malamute do Alaska, o São Bernardo, Bernese e o Husky Siberiano, pois possuem características que os fazem mais resistentes, sub pelo mais denso e maior camada de gordura sob a pele. Mas independente de terem ou não essas características, todas as raças necessitam de cuidados especiais nessa época do ano. São eles:
– Abrigo: para os animais que ficam fora de casa, você deve providenciar um local seguro e fechado, que o proteja da chuva e vento, em um local coberto para que não fique úmida, ou, muito menos, gelada e com a entrada posicionada de forma que fique oposta às correntes de ar, neste caso uma ótima opção são as casinhas próprias para eles. Já para os animais que ficam dentro de casa, além das casinhas também pode ser usado, as caminhas e colchonetes com cobertores.
– Roupinhas: elas ajudam muito no aquecimento dos animais e hoje em dia há uma infinidade de modelo, para todos os tipos de gostos. Porém há aqueles animais que não se adaptam bem ao uso de roupinhas, e nesses casos então não use, não force a barra, respeitando a vontade deles e evitando assim problemas maiores.
– Acessórios: Almofadas que sejam confortáveis e elevem o animal do chão frio são recomendadas, assim como cobertores e paninhos quentes para que se deitem e se aqueçam.
– Alimentação: no frio o gasto energético do animal é maior, sendo assim é indicado o fornecer mais alimento para eles, cerca de 20 a 30% amais que o normal. Mas isso somente para animais magros ou que estejam em forma, animais obesos devem continuar recebendo a mesma quantidade de alimento de sempre. Na dúvida se informe melhor com um médico veterinário.
– Higienização: evite dar banhos no seu animalzinho em dias muito frios, e quando for dar, procure fazer em horários entre 11h e 15h, quando a temperatura está mais elevada. Após o banho, sempre seque bem o animal com o auxílio de um secador de cabelos morno; e não o exponha ao tempo, logo após o banho, evitando assim choques de temperatura, essa dica serve até para quem tem o costume de levar seu animalzinho para banhos em pet shop.
– Passeios: Não saia para passear com o seu animalzinho em dias de temperatura muito baixa. O ideal é sair quando o sol já estiver forte o suficiente para aquecê-lo, sendo assim espere até o clima melhorar um pouco, para sair de casa com o seu bichinho sem que ele sofra com o frio.
– Vacinas: Cães e gatos que estão com as vacinas em dia correm menos risco de ficar doentes. Algumas doenças são mais comuns nessa época do ano como as viroses, e com a mudança de temperatura a imunidade dos animais costuma cair, deixando-os mais susceptíveis a essas doenças, por isso, mantenha as vacinas dos seus animais todas em dia.
Enfim, lembre-se, dedicar carinho e atenção ao pet é muito importante e isso inclui, também, protegê-lo de ambientes de baixas temperaturas. Assim, ele se sentirá bem e permanecerá saudável por todo o ano.
Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas. Mais informações pelo WhatsApp (24) 98816-1583.

Estilo: As roupinhas ajudam muito no aquecimento dos animais e hoje em dia há uma infinidade de modelo, mas há aqueles animais que não se adaptam bem e nesses casos não use, não force a barra, respeitando a vontade deles e evitando assim problemas maiores

Um comentário

  1. É verdade, têm animais que não gostam de roupinhas!!A minha,uma maltês, não gosta e quando insisto ela sempre dá um jeitinho de tirar, mas procuro deixar a caminha dela bem acochegante com pedaços de cobertores!!!!

Untitled Document