sábado, 19 de agosto de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Cultura em movimento

Cultura em movimento

Matéria publicada em 27 de janeiro de 2017, 07:00 horas

 


wp-coluna-cultura-geral-artur-rodrigues

 

Na coluna desta semana vou falar um pouco sobre tudo que está acontecendo no meio cultural e artístico. Vale ficar ligado e se atualizar.

 

Escrava Isaura na Batalha

Lucélia Santos, a eterna Escrava Isaura, deu um tempo na China, lugar onde mantêm projetos, e promove nos dia 3, 4 e 5 de fevereiro no Clube Hebraíca em Laranjeiras, no Rio, um workshop onde vai mostrar e falar sobre o universo da interpretação. Quem estiver disposto a viver este momento ao lado da atriz que tem história para contar, basta investir R$ 500 e mergulhar com tudo no universo da cena.

 

O Mago Literário

O escritor e dublê de mago Paulo Coelho, com quem comecei a minha carreira editorial em 1983, está de malas prontas. Paulo leva seus quinze livros tantas vezes publicados, agora para a editora Companhia das Letras. Sai da editora Sextante, casa que vendeu 800 mil exemplares de suas obras, com vistas a grandes mudanças em sua nova casa.

 

Presidente Personagem 

O novo presidente dos EUA, Donald Trump, deve virar personagem de HQ. O cartunista Robert Sikoryak está listando frases ultrajantes do presidente americano e vai usá-las para criar o perfil de um vilão.

 

Teatro em Barra Mansa

O ator e diretor Danilo Calegari, nosso talento de Barra Mansa, que está fazendo uma participação na novela Sol Nascente da Globo, está começando os trabalhos a todo vapor com sua escola de teatro, Cia. Calegari, no Ilha Clube, Ano Bom.

 

Barão Vermelho

Agora é verdade. Frejat dá adeus ao Barão Vermelho, banda que criou com Cazuza nos anos 80. Quem irá substituí-lo nos vocais será Rodrigo Suricato, da banda Suricato.

 

Leilão de Super Heróis

O uniforme usado por Christopher Reeve, em Superman, com direito a cueca vermelha, pode ir para o armário daquele que dispuser a dar um lance inicial de U$ 35 mil, mais ou menos R$ 112 mil reais. Junto o felizardo que arrematar a peça, vai levar de brinde o figurino usado por Michael Keaton em “Batman – O Retorno”, em 1992.

 

Novo Jogo

Após 10 anos de profunda e cuidadosa preparação e de muitos atrasos, “The Last Guardian” vai chegar logo logo às lojas. Disponível para PLayStation 4, o jogo encanta pelo visual gráfico e muito criativo e sobretudo pela história de um menino e uma criatura mágica que o acompanha.

 

Energia Cultural

O Museu da Energia, no Centro do Rio, acaba de reabrir com o objetivo de atrair adultos e, sobretudo, estudantes do Ensino Médio. Uma das principais atrações do museu está na Praça das Energias, e a maquete Caminhos da Energia, feita com peças Lego. A visita ao museu é gratuita e o espaço fica localizado no Centro Cultural Light, na Av. Marechal Floriano, 168, no Centro, ao lado da Central do Brasil.

 

Saltimbancos Trapalhões

A nova versão dos Os Saltimbancos Trapalhões que foi sucesso no cinema em 1981, chega as telas com a presença dos Trapalhões Didi (Renato Aragão) e Dedé Santana.  Os humoristas, ambos com 80 anos, estão apaixonados pela volta ao trabalho. Sem as presenças saudosas de Mussum e Zacarias que fizeram parte da primeira versão que tinha Lucinha Lins como mocinha, traz agora a filha de Renato, Lívian Aragão, de 17 anos, que fará par romântico com Rafael Vitti.

 

Projetos Literários 

A Litteris Editora está com projetos audaciosos para a Flip (Feira Literária de Paraty) e para a Bienal do Rio, que acontece respectivamente em julho e setembro desse ano. Com isso abre espaço para os novos autores que queiram lançar seus livros nesses eventos. Basta enviar um e-mail para a editora e pedir informações (litteris@litteris.com.br).

 

Roberto Carlos

Paulo César de Araújo autor das polêmicas biografias que falam da vida do Rei Roberto Carlos, soltou recentemente este torpedo: “O episódio com a Friboi foi um dos maiores absurdos que Roberto Carlos cometeu. Só alguém muito focado em dinheiro toparia fazer aquilo”.

 

Corte Cultural

Não foi só na Cultura que os Correios cortaram de forma drástica sua verba de patrocínio. O prejuízo de R$ 30 milhões atingiu a Rio 2016, que já amargava um rombo imenso. E com mais esse calote, o prejuízo chega a casa dos R$ 120 milhões.

 

Propaganda Estranha

O anúncio sem pé nem cabeça “Gente boa também mata”, do Ministério dos Transportes, acendeu a luz vermelha do Conar, depois de um clamor popular. Muito criticada, a campanha continha frases como “Quem resgata animais na rua pode matar” e “O melhor aluno da sala pode matar”. A decisão, se a campanha deve sair da mídia ou não, sai em cerca de 40 dias.

 

Aniversário e História

Esta semana quem assopra velinhas é Maria da Conceição, a querida tia Nenê, 97 primaveras de muitas histórias, completadas no dia 24. Ela foi uma das primeiras fotógrafas de Barra Mansa. Dia 29 é a vez de Luciano de Andrade Marques, que com apenas nove anos dá show quando o assunto é cultura e história. Biografias de talento.

 

Livros em Queda

Foi de 10,8% a queda no número de livros vendidos no Brasil em 2016, em relação ao ano de 2015. Esta foi a maior queda no setor em duas décadas. O faturamento total do setor foi de R$ 1,567 bilhão, um volume 9,2% menor que o registrado em 2015.

 

Meryl Streep

Ainda reverbera pelo planeta o discurso feito por Meryl Streep durante a noite de premiações do Globo de Ouro, quando a atriz mandou sem medo um recado para o novo presidente americano Donald Trump, que irado pelas declarações da veterana, a chamou de lacaia de Hillary Clinton.

 

Cultura Aquecida

O novo superintendente da Fundação de Cultura de Barra Mansa, Marcelo Bravo, ao lado de sua equipe, tem mostrado serviço desde a sua posse em 2 de janeiro. Ele promove oxigenar a cultura da cidade com projetos inteligentes e que abarque todas as classes sociais.

 

 

ARTUR RODRIGUES | artur.rodrigues@diariodovale.com.br

2 comentários

  1. Quem não entendeu a campanha “Gente boa também mata” é muito burro, e quando digo entendeu…digo no sentido publicitário mesmo…para mim foi genial..

    • Artur Rodrigues

      Jrma, boa tarde. Infelizmente, isso seguindo o seu raciocínio, segundo me informou o Conar, houve um grande volume de reclamações por parte da população, dai a decisão de se conhecer mais e melhor a concepção da mesma e a partir dai ter um julgamento da entidade que regula a regulamentação de mantê-la ou não no ar. Grande abraço e obrigado por ler a coluna.

Untitled Document