segunda-feira, 23 de outubro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Doses de cultura

Doses de cultura

Matéria publicada em 3 de fevereiro de 2017, 07:00 horas

 


wp-coluna-cultura-geral-artur-rodrigues

 

Confisco de livros

Livros do escritor Paulo Coelho foram confiscados na Líbia, como parte de uma ofensiva de grupos extremistas dentro do próprio governo contra o que chamam de “invasão cultural” do Ocidente e “tendências pervertidas”. Foram ainda confiscadas obras de autores como Dan Brown e Nietzsche. Para justificar a iniciativa, as autoridades alegaram que os textos eram eróticos, promoviam o secularismo e contrários ao Islã.

 

Tom Jobim

Tom Jobim se estivesse vivo estaria completando 90 anos de talento. Diferente de muitos de nossos artistas, ele não foi esquecido e acaba de receber como merecida homenagem uma estátua na Rua Barão da Torre em Ipanema e dois shows muito bem produzidos: Tom 90 e Bossa Nova em Concerto.

 

Oscar 1

“La La Band” o musical estrelado por Emma Stone e Ryan Gosling recebeu 14 indicações ao Oscar 2017, assim se igualou ao recorde de Titanic e a Malvada. La La Band tem boa chance de levar algumas estatuetas.

 

Oscar 2

Moana: Um Mar de Aventuras, Kubo e as Cordas Mágicas, Minha Vida de Abobrinha, A Tartaruga Vermelha e Zootopia concorrem ao Oscar de Animação. As apostas estão voltadas para Moana, como a vencedora.

 

Estreia literária

Quem pensa em publicar um livro ainda este ano, é o condutor de Ecoturismo Wiliam Vilhena. Morador de Resende, ele é um verdadeiro talento no quesito escalada. Como poucos, ele conhece os caminhos e as altitudes do Parque Nacional de Itatiaia, Mauá e Serra da Bocaina. Já li parte da obra e está espetacular, o escritor em sua estreia tem muito para contar.

 

Deu padre na cabeça

Nas listas dos livros mais vendidos em 2016, Padre Marcelo Rossi emplaca o primeiro e quarto lugares. Em primeiro vem seu livro Ruah e depois Philia. O segundo e terceiro lugares ficou com Jojo Moyes com Como Eu Era Antes de Você e Depois de Você.

 

Caetano na novela

Caetano Veloso foi o escolhido para cantar o tema de abertura da próxima novela das nove da Rede Globo, “A Força do Querer”, que estreia dia 3 de abril. A canção escolhida foi O Quereres.

 

Porta dos Fundos

O Porta dos Fundos mesmo com o fiasco que foi o filme “Contrato Vitalício” pretende não deixar de vez as telas dos cinemas, deve tentar nova investida este ano.

 

Na geladeira

Tom Cavalcanti não deve mais estrear um humorístico dominical nas tardes da Globo. A conversa ia muito bem, mas acabou indo parar na geladeira.

 

Record 1

O diretor de novelas da Record, Alexandre Avancini, está debruçado sobre a biografia cinematográfica do Pastor Edir Macedo, o todo poderoso da IURD, que muito em breve irá para as telas dos cinemas.

 

Record 2

Alexandre só volta para a TV no segundo semestre para cuidar da novela Apocalipse, mais um produto da TV Record com tema bíblico.

 

Eike e os jogos de azar

Eike Batista que aposta todas as fichas na reabertura dos cassinos no Brasil, financiou o filmete para a internet “Arrecada Brasil”. O objetivo da peça é mostrar quanto o país deixou de arrecadar de impostos desde o fechamento dos bingos. Agora na situação que se encontra ele está literalmente com azar nas apostas.

 

Paris Jackson

Aos 18 anos, a filha mais velha de Michael Jackson, Paris Jackson, fará sua estreia como atriz na série de TV norte-americana Star, do canal Fox. Ela viverá uma jovem fashionista que faz sucesso nas redes sociais. A série terá 13 episódios.

 

Sting está de volta

O cantor inglês Sting chega com seu 12º álbum “57th & 9th”, com temas políticos, causas ambientais, uma prece em prol dos refugiados do Oriente Médio e ainda uma linda e emocionante homenagem ao amigo Prince, morto no ano passado.

 

Batman

O ator Ben Affleck entre muitos sim e não, resolveu por fim dizer não e está fora da direção do filme solo do Batman, mas não vai abrir mão de interpretar o herói mascarado.

 

Roberto Carlos e o TOC

Paulo Cesar Araújo, ex-fã e autor das biografias não autorizadas de Roberto Carlos, no terceiro livro que fala do rei, diz que Roberto tem melhorado do TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), tanto que ele já cantou a música “Quero que vá tudo pro inferno” em dezembro, 30 anos após cortar a palavra “inferno” do seu repertório por causa de superstição.

 

Livro Diário do Escritor

Está quase fechada a participação do escritor Arthur Döhler, de Volta Redonda, no Livro Diário do Escritor 2018. A produção do Diário que tem mais de 20 anos é do editor Deucimar Cevolela, um dos mais conceituados nomes da área literária brasileira. O livro sai com o selo Litteris Editora.

 

Livro de Miss

Está mais que provado que o livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, não é exclusividade das misses, a prova está nos 140 milhões de livros vendidos no mundo desde o seu primeiro lançamento.

 

Moinhos de Vento

O recorde de venda no mundo, obviamente depois da Bíblia é Dom Quixote, de Miguel de Cervantes. Estima-se que já tenha vendido mais de 600 milhões de cópias em todo o mundo.

 

Elis Regina Cartomante

Como cantou Elis na música Cartomante (1977) de Ivan Lins e Vitor Martins: “Nos dias de hoje/É bom que se proteja/Ofereça a face a quem quer que seja. Tenha paciência/Deus está contigo/Deus está conosco/Até o pescoço. Cai, o Rei de Espadas/Cai, o Rei de Ouros/Cai, o Rei de Paus/Cai, não fica nada”. Qualquer semelhança com o momento atual brasileiro, não é mera coincidência.

 

 

Cultura Útil: O sucesso da franquia Detetives do Prédio Azul saiu dos livros para a TV e agora chega ao cinema.

 

Cultura Inútil: Eike Batista que tanto bem fez à cultura carioca, mostrou que fazer bonito com o dinheiro dos outros era muito fácil.

 

 

ARTUR RODRIGUES | artur.rodrigues@diariodovale.com.br

6 comentários

  1. Os brasileiros aprendem política ouvindo ou lendo quem pouco conhece da política. (não confunda política com politiqueiro).

    Política é uma palavra de origem grega. Os gregos chamaram POLÍTICO àqueles que queriam o bem coletivo e ao contrário deram a palavra IDIOTA àqueles que só pensavam no próprio estômago, ou seja, os egoístas. POLITIQUEIRO é uma invenção dos corruptos brasileiros que não obedecem as leis.
    Muitos preferem ouvir do que ler. Ler é melhor pq se consegue perceber nas entrelinhas a intenção do autor.

    Aprende-se política é com os cientistas políticos ou com os Gestores Públicos profissionais, NÃO com outro profissional ou os eleitos que estão na Administração Pública. Esses qualquer eleitor elege qualquer candidato.
    Administração Pública são todos os órgãos públicos que prestam serviços e governam os governados (cidadãos ou não).

    A base de qualquer Ciência é a Filosofia que está de ouvindo em pé ao “senso comum” ( o povo que fala o que quer e o que não pensa, e ainda aumenta).

    Sem ouvir as pessoas é impossível o progresso de um povo.

  2. Muito bom Artur Rodrigues, Muito legal o canal informativo, temos que levar cultura para as pessoas; somente com uma sociedade culta as mudanças irão acontecer. Um sugestão seria mesclar uns ensinamentos políticos ditos de forma artística para ficar atrativo e fácil absorção.
    No que se refere a politica que nos governa e hoje tanto desprezamos, é a través de uma sociedade culta que escolhas melhores serão feitas, povo culto e informado gera cidadão consciente, por consequência governantes mais humanizados e mais capacitados.
    Quer mudar o mundo? De ensinamentos para o povo, simples assim.
    Parabéns

    • Estou adorando essas aulas, mas é preciso ter educação, respeito pelos outros, o que mais falta atualmente, cultura e conhecimento sozinhos geram pessoas arrogantes e fora da realidade de um povo. Que tal as mídias ajudarem bloqueando certos comentários horríveis que lemos por aí e que não acrescentam nada na vida de ninguém, é uma direta para o DV. Quanto ao autor, te adoro. Parabéns.

    • Artur Rodrigues

      Marcelo Gomes, obrigado pelas palavras, sua crítica, intervenções serão sempre muito bem recebidas. Abraços.

Untitled Document