segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Protetor solar para cães e gatos

Protetor solar para cães e gatos

Matéria publicada em 7 de janeiro de 2017, 07:15 horas

 


Algumas patologias cutâneas têm relação direta com o fato de os animais ficarem expostos à radiação ultravioleta

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

Existe protetor solar para cachorro e gato? Sim, existe! Já é possível encontrar no mercado pet protetor solar para cães e gatos, e o uso dele é importantíssimo.

Com a chegada do verão aumenta as atividades ao ar livre, como caminhadas, idas a praia e piscinas, entre outros. E é muito comum vermos pessoas curtindo essas atividades na companhia dos seus bichinhos. O que é muito bom! Porém, o problema é que a maioria das pessoas está protegida do sol com óculos escuros, bonés, protetor solar e seus bichinhos não! A maioria das pessoas acha que a pele dos bichinhos são capazes de protegê-lo de todos os tipos de clima, o que é completamente errado. Os cães e gatos são tão propensos a ficar com queimaduras solares quanto a gente.

Algumas patologias cutâneas têm relação direta com o fato de os animais ficarem expostos à radiação ultravioleta. Processos inflamatórios resultantes dessa exposição podem causar danos celulares imediatos e tardios. Uma das consequências mais graves da dermatite causada pela exposição prolongada à radiação solar é o melanoma ou câncer de pele.

A patologia cutânea mais comum no verão é a dermatite solar, que são feridas tipo queimaduras causadas pelo sol. Nos seres humanos essas queimaduras são mais visíveis, pois a pele muda de aparência apresentando vermelhidão, inflamação e formação de bolhas. Já nos animais, os estágios de queimaduras solares ocorrem de forma semelhante, porém, não há formação de bolhas, o que dificulta muitas vezes o dono ver o que está acontecendo com eles.

Animais com pelagem muito fina são mais suscetíveis a essas queimaduras solares, da mesma forma que animais albinos, com cor de pele clara, despigmentada e com pouca cobertura pilosa. Porém, os animais de pelo grosso e longo estão melhores protegidos dos danos do sol. No entanto, isso não garante que estejam salvo das queimaduras, pois o pelo não cobre a boca, o nariz, as orelhas, barriga e virilha, ficando essas partes delicadas expostas ao sol.

E para evitar o surgimento de novas lesões e o agravamento das já existentes, a solução é só uma, evitar a exposição à luz solar direta. E para isso temos algumas soluções, uma delas é evitar a exposição ao sol em horários mais quentes, o que é um pouco difícil nesse período de férias, com praias e piscinas. Então a solução é o uso do protetor solar próprio para animais.

Proteção

O protetor solar para animais possui uma formulação especial desenvolvida propriamente para cães e gatos, combinando os mais seguros e eficazes filtros químicos e físicos, com Fator de Proteção Solar (FPS) 30, conferindo proteção contra as radiações UVA e UVB.

Ele é de fácil aplicação, resistente à água e tem rápida absorção. Além disso, possui uma substância extremamente amarga e atóxica (Benzoato de Denatônio), que impede a remoção do produto pela lambedura do animal. A aplicação deve ser realizada 30 minutos antes da exposição solar, com reaplicação após contato prolongado com a água ou exposição solar excessiva.

O protetor deve ser passado em todo o corpo do animalzinho, principalmente nas partes sem muitos pelos, mas tenha cuidados com olhos, ouvidos e nariz.

Não se pode usar o protetor solar de humano, pois eles contêm muitos ingredientes que podem ser potencialmente perigosos para os animais. Por exemplo, a ingestão de filtro solar humano pode ser extremamente fatal para os cães, uma vez que ingredientes como silicone e ácido para-aminobenzóico (PABA) são particularmente perigosos, quando consumidos por um cão.

Então, fica aí a dica, use protetor solar nos seus amiguinhos. Pode parecer bobeira, mas, infelizmente, muitos bichinhos chegam ao óbito devido a exposição incorreta ao sol. Por isso é necessário prestar atenção aos passeios do seu cão, sempre passar protetor solar e nunca esquecer de levar água para os passeios.

Proteção: É necessário prestar atenção aos passeios do seu cão (Fotos: Divulgação)

Proteção: É necessário prestar atenção aos passeios do seu cão (Fotos: Divulgação)

 

Preciso de um lar

Essa é a Cindy, uma vira-lata castrada, vacinada, com três anos de idade. Ela tem porte médio e é muito dócil e amorosa

foto-2

Cantinho do leitor

Esse fofo é o Thor, do João Pedro

foto-3

 

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas.

 

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br

Untitled Document