quarta-feira, 24 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Qual é o seu estilo? Esportivo

Qual é o seu estilo? Esportivo

Matéria publicada em 14 de junho de 2018, 08:33 horas

 


Na última coluna, começamos a entender sobre como identificar nosso estilo. Iniciamos falando sobre o estilo ‘Contemporâneo’, e nesta semana é a vez do ‘Esportivo’.

Estilo Esportivo

Engana-se quem pensa que o estilo está ligado somente a quem pratica esporte. Quem segue este estilo é uma pessoa que não se preocupa muito com a aparência. Prefere peças básicas que facilite a mobilidade e prioriza o conforto.  O que deve se tomar muito cuidado! Do conforto para o desleixo é um passo, podendo até mesmo passar uma imagem profissional errônea.

Super espontânea, comunicativa e alegre. Atrai pessoas a sua volta e cativa facilmente. Aposta em cores neutras e não gosta de nada que chame muita atenção. Quem tem esse estilo pode complementa-lo com os estilos criativo e contemporâneo. Trazendo para o seu básico um quê de diversidade com cores e cortes. Informação de moda e busca por uma imagem que mostre a sua verdadeira essência.

Aparência: natural, simples, jovem, funcional, confortável, casual e informal.

Vestuário: t-shirt branca de algodão; camisas de tricoline e/ou jeans; calça cáqui, jeans; parca; jaqueta sem cintura; relógio esportivo, underwear de algodão; tênis, sapatos com solados confortáveis, bicos quadrados ou arredondados; bolsas grandes, espaçosas, tipo saco ou mochila em cores neutras para combinar com tudo ou coloridas.

Cabelo: Saudável, brilhante com movimento e que necessite de pouca manutenção. Na coloração tons naturais e nada chamativos.

Maquiagem: natural de aspecto uniforme, radiante e saudável, só usa o necessário.

Simples, prático e funcional se encaixa perfeitamente no nosso papel de mil e uma funções. Para não cair na mesmice e comodismo tente apostar em cores diferenciadas e abuse dos acessórios.

Identificou-se?

Então aposte em peças básicas e tente trazer um pouco dos estilos secundário e terciário para o seu dia a dia.

Calças joggers, listras laterais, moletons e tênis são algumas das tendências para se tirar proveito. Jogue um colar, amarre um lenço, invista em terceiras peças que serão a atenção da composição. Optou pelo conforto do tênis? Complemente com um blazer.  Vai à balada? Não perca o conforto, mas aposte em uma biju de peso como diferencial da produção.

Aproveite que os tênis estão super em alta e monte uma composição com personalidade. Que tal ousar? Paetê + tênis, as chamadas composições hilo,  funcionam e caminham do dia para a noite.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Vou frisar o seguinte: a conquista da mulher quanto ao uso do estilo esportivo. A mulher era criada para ser dócil, mãe, dona de casa, servidora do marido e filhos, comportada. Os esportes não eram permitidos para as mulheres na Grécia, depois na Idade Média e muitas mulheres foram galgando esse espaço com o tempo. Muitas delas conquistaram o direito de cavalgar, jogar tênis, serem aviadores porque sendo da elite aristocrática se permitiam desbravar as experiências esportivas. Isso ocorreu no mundo todo. E as mulheres de classe baixa também se arriscaram em fábricas no Brasil quando o industrialismo avançou na Europa e chegou ao Brasil em que as mulheres passaram a deixar as crianças em escolas para irem às fábricas, nascendo assim as primeiras creches. A mulher é tão competitiva quanto o homem, capaz, hábil, criativa e campeã. Quando a mulher conquistou esse espaço e fez ali o seu look, muitos críticos de moda odiaram ver as mulheres com roupas largas, tênis, blusas sem flores ou chapéu. Logicamente usavam batom, laços, fivelas para dar graciosidade ao look feminino, suavizando o ar masculino dos uniformes. Atualmente, por exemplo eu assisti um desfile em que se usavam bola de futebol para confecção do vestido tubinho da modelo. Há mulheres que realmente são muito esportivas, que escolhem esse look como definição, até porque são assim mesmo como a colunista descreveu, são livres, espontâneas, alegres, joviais etc. O que eu achei interessante é que a própria colunista reforça que se use o estilo esportivo com graciosidade, como se a feminilidade das mulheres dependesse de um acessório. Eu estaria errada, mas é de novo um reforço da moda dizendo: quer agir como homem, mas não esqueça que é uma mulher! E se a mulher saísse sem maquiagem, cabelo preso, ou curto, tênis, calça larga, sem batom, sem presilha, sem lenço, seria menos mulher?

    • Paulla Duarte

      O estilo esportivo atualmente não tem ligação alguma com a prática de esportes e sim com conforto. A atenção seria apenas para não passar uma imagem desleixada por excesso de comodismo e não por graciosidade. Na questão de feminino e masculino nem entramos em questão, afinal de contas para a moda muitas peças hoje em dia nem possuem gênero :Muito obrigada pelo comentário! Beijos

Untitled Document