domingo, 26 de março de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / São Paulo Fashion Week de perto

São Paulo Fashion Week de perto

Matéria publicada em 16 de março de 2017, 07:00 horas

 


Em um mundo em transição, os desafios são locais e globais; economia se reorganiza em novos sistemas produtivos

wp-coluna-papo-de-mulher-paula-duarte

O SPFW N43 começou segunda-feira, dia 13 de março, e segue até amanhã, dia 17, com 30 marcas que apresentaram as coleções de outono/inverno em um novo momento, onde os desfiles se aproximam da data do varejo com vendas imediatas.

Manifesto para um futuro

Este é um chamado às pessoas para acordarem. Saírem da letargia de um passado sem volta. Um chamado para abraçar o novo e exercer novos pactos. O mundo é de agora para o amanhã.

Estamos diante de um novo ciclo, uma era de mudanças sem precedentes em todos os setores, e que só tende a acelerar com os avanços exponenciais trazidos pelas novas tecnologias e suas implicações sobre sistemas e modelos de negócios.

Em um mundo em transição, os desafios são locais e globais. Lidar com um cenário mutante e volátil, exige novos processos e estratégias, hábitos e comportamentos. A economia se reorganiza em novos sistemas produtivos. Oferta e demanda se relacionam intensamente a partir das tecnologias de informação e comunicação absolutamente incorporadas ao nosso dia a dia. A economia criativa se desdobra em economia compartilhada, de empatia e de afetos, colaborativa.

Na fronteira de diversos universos, reiteramos o poder da inovação. A moda, como expoente dessa economia, é um híbrido entre produto criativo, cultural, social e econômico. Mais do que nunca é preciso reconhecer a imaginação como recurso ilimitado, infinito, em um momento em que outras noções de tempo e espaço abrem horizontes de possibilidades ao projetar futuros potenciais.

É necessário apontar momentos como agora, de transformação, que são rápidos e constroem o futuro hoje. Momentos disruptivos abrem janelas de oportunidades para quem tem coragem de se reinventar.

As pessoas hoje querem falar de futuro, na moda e em todos os setores. E o futuro já é agora, está acontecendo nesse exato momento. É preciso se mover rapidamente e sintonizar com os novos tempos. O fenômeno das redes sociais e sua instantaneidade têm provocado uma avalanche de transformações no mundo. E a moda tem sido uma das indústrias mais impactadas por essa revolução.

Os desfiles são acompanhados ao vivo, minuto a minuto, por milhares de pessoas no mundo todo em multi telas. Em poucas horas, tudo já foi postado pela marca, pelo estilista, pelas modelos, pelo público, pelas editoras.

O consumidor não entende porque deve esperar quando pode comprar qualquer coisa em minutos, sem sair de casa, com apenas um clique. Com tudo transmitido em tempo real, live stream, câmeras 360 graus, Instagram, Snapchat, Facebook, Twitter, Google, YouTube e o que ainda está por vir, de fato, quando essas coleções chegam às lojas, após seis meses, não há mais novidade.

“Os desfiles são hoje mais importantes do que nunca porque, além de ser uma fonte direta de conteúdo e informação, são uma ferramenta de comunicação poderosíssima para gerar desejo e recall imediato de marca”, afirma Paulo Borges, diretor criativo e idealizador do SPFW. “A mudança é inevitável. O que funcionava até ontem já não funciona mais. Estamos construindo o futuro e aprendendo juntos”, complementa.

Continue acompanhando a cobertura do evento através das minhas redes sócias (@paulladuartet).

 

 

 

 

PAULA DUARTE | pauladuarte@diariodovale.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document