quarta-feira, 29 de março de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Tempos difíceis

Tempos difíceis

Matéria publicada em 19 de agosto de 2016, 08:00 horas

 


wp-coluna-um-papo-com-a-vida-aline-stteel

Quando você está passando por tempos difíceis normalmente deve escutar alguns bons conselhos lhe dizendo para aguentar firme e não desistir. Na verdade quando você está dentro do furacão não consegue muito ver caminhos. De fato as pessoas ao redor conseguem visualizar melhor algumas possibilidades, mas com tantos amigos não tão amigos assim, como identificar aqueles que o querem bem de verdade?

A gente sente né? Sim, muitas vezes o famoso sexto sentido das mulheres pode fazer realmente a diferença e a intuição dos homens também. O que pode acontecer é que muitas vezes não damos muita bola para nossa “voz interior”. Poderíamos dar mais ouvidos sim aos nossos sentidos ao invés de tentar calá-los. Se por qualquer motivo você não se sentiu seguro o suficiente com alguém desconfie e se questione. Erramos sim, podemos nos enganar e não estaremos certo todas as vezes, mas de fato existe alguma intuição seja a voz do coração ou nosso eu interior ou os anjos da guarda. Cada um dá o nome que quiser contanto que dê ouvidos e mais atenção também está tudo bem.

Muitas coisas ruins que acontecem com a gente em algum momento de nossas vidas, pressentimos não é mesmo? Já aconteceu com você? Só que negligenciamos sim a nossa sabedoria maior. Nos desmerecemos, talvez pode ser.

Bem, em tempos difíceis vale a pena aguentar firme, manter-se em pé e caminhando ainda que aos trancos e barrancos, mas não parar nunca. Todos nós aqui já passamos por alguma coisa que nos transformou e que talvez na época em que estávamos vivenciando o problema acreditamos que ele não tinha solução. Bem, não conheço muitas coisas sem solução. Achamos sempre caminhos. Trocamos a lente da vida, mudamos a roupa da alma, transformamos nossas certezas e vamos mudando e tentando acertar.

Não existe dentro da visão da psicologia pessoas certas e erradas, o que costuma existir são alguns comportamentos que podem ser muito mais assertivos que outros e comportamentos assertivos costumam trazer resultados melhores e uma qualidade de vida melhor, tanto em relações pessoais quanto na vida profissional de todos nós.

Se pensarmos juntos poderemos avaliar da seguinte forma: quando foi a última vez que você se viu sem uma luz no fim do túnel? Você consegue se lembrar de algum momento? Do último? Provavelmente você consegue também se lembrar das soluções possíveis que encontrou. Como você chegou a possibilidades? Como você resolveu esse problema? Quais foram as estratégias que usou para que pudesse resolver de alguma forma essa questão? É sim muito importante avaliar o modo como você consegue resolver seus problemas pessoais, perceber quais são normalmente suas estratégias para viver e sobreviver. Comemorar cada vitória e cada momento de superação.

Olhando do “futuro” para os problemas do passado você tem uma melhor visão de si e de sua força. Conseguirá perceber que sua força não depende de estar se sentindo forte e capaz, como humanos que somos, essa capacidade de superar já está dentro de nós e ela se manifesta e simplesmente acontece quando você apenas permite que possa surgir. Para permitir que essa capacidade nossa apareça é fundamental não se diminuir nem desacreditar. Todos somos capazes de grandes feitos. Acreditar faz realmente a diferença.

Acreditar é uma escolha. Descobrir suas potencialidades é algo que se faz na psicoterapia por exemplo. Ao contrário do que podem pensar algumas pessoas, psicólogos não tratam loucos, aliás, eu sempre me questiono afinal, o que são loucos? Loucos são os que acham que não precisam de ajuda nenhuma ou que são muito normais, me desculpe mas todos como iguais que somos precisamos vez ou outra de uma mão estendida, uma ajuda profissional e um ombro de confiança para desabar. Reconhecer as fraquezas é tornar-se mais forte, mais inteiro diante da vida, mais consciente de que existem limitações, mas também muitas delas nós mesmos nos impomos. Criamos muitas limitações como se assim talvez pudéssemos justificar o fato de termos conseguido conquistar tudo que queríamos. Conquistar tudo que queríamos vai envolver muitas coisas e dentre elas pensamentos de grandiosidade fora da realidade, sonhos inalcançáveis. Sim existem sim coisas inalcançáveis, por mais que eu quisesse dar estrelas para minha avó, por exemplo, não conseguiria não é? Se alguém souber como me avise, por favor!

E em se tratando de tempos difíceis, acredito que mais importante seja ter a consciência tranquila de estar lutando, estar levantando de cada tombo que levar, de estar seguindo em frente, de ter a alma leve de não ter enganado ninguém e nem trapaceado, de saber que ser honesta com a gente mesmo vai levar a honestidade com todos os outros, enfim, é manter-se leve mesmo diante de situações ou pessoas muito pesadas em suas energias e dificuldades. A verdade mesmo é que tempos difíceis também passam, é só ter paciência e acreditar.

 

 

ALINE LIMA  | aline.stteel@diariodovale.com.br

3 comentários

  1. Lindo texto, parabéns Aline.

  2. Parabéns Aline! Texto muito bom.Em algum momento ou frase nos encaixamos.Leitura clara e objetiva.

  3. Adorei, em especial, o penúltimo parágrafo!

Untitled Document