quinta-feira, 19 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Ultra Violet: A cor de 2018

Ultra Violet: A cor de 2018

Matéria publicada em 14 de dezembro de 2017, 07:15 horas

 


Coloração abre uma janela de possibilidades e formas de se usar a criatividade

wp-coluna-papo-de-mulher-paulla-duarte

Criativa, imaginativa, Ultra Violet ilumina o caminho daquilo que ainda está por vir.

Todo final de ano a Pantone anuncia a cor que promete ser referência para o que está por vir. O tom é escolhido através de tendências que simbolizem moda, design e cultura.

Segundo a Pantone, a cor de 2018 “é dramaticamente provocativa e pensativa”. Ela “comunica originalidade, engenhosidade e pensamento visionário que nos indica o futuro”.

– É também a mais complexa de todas as cores, porque leva duas sombras que, aparentemente, são diametralmente opostas – azul e vermelho – e as traz juntas para criar algo novo – diz Leatrice Eiseman, diretora executiva da empresa.

Segundo ela, designers e marcas devem se sentir capacitados para usar a cor para inspirar e influenciar.

A decisão se baseou, entre outros fatores, em ícones da cultura pop, como Jimi Hendrix e David Bowie, ambos marcados por tons de roxo, afirmou a companhia no anúncio.

Em 2017 a cor escolhida foi o “greenery”, um tom de verde. A empresa justificou a decisão afirmando que ela representava a “tranquilidade que desejamos em meio a um ambiente social e político tumultuado”.

– Para 2018 queríamos escolher algo que trouxesse esperança e uma mensagem edificante – explica.

E vocês? O que acharam da escolha?

Para o universo do design de interiores, a escolha não foi tão bem aceita: o roxo vibrante não é fácil de encaixar na decoração. Porém, a coloração abre uma janela de possibilidades e formas de se usar a criatividade.

 

 

PAULLA DUARTE | paulladuarte@diariodovale.com.br

Untitled Document