sábado, 25 de novembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Você sabe onde fica o ergot do seu cão?

Você sabe onde fica o ergot do seu cão?

Matéria publicada em 30 de agosto de 2017, 07:00 horas

 


Se o seu animalzinho tem o quinto dedo dê uma olhada nas condições da unha dele e se está penetrando na pele ou precisando ser cortada

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

Ergot, também conhecido como quinto dedo ou polegar do cão, nada mais é do que um dedo a mais, que pode ser encontrado no pé da maioria dos mamíferos, répteis e aves.

É muito comum ser observado em cães, mas pode também ser observado em gatos e roedores.

Normalmente são dedos desarticulados, ou seja, eles não possuem articulação junto ao metatarso, e podem estar presente nas patas dianteiras e traseiras. Há casos em que alguns cães possuem até mais de um ergot na mesma pata.

O quinto dedo dos cães, na maioria das raças, não possui função para eles. E por não terem utilidade, eles acabam não sendo usados e desta forma as unhas podem agarrar em algum local, quebrar e causar sangramento. Outras crescem a ponto de penetrar na própria carne do dedo do animal, causando muita dor.

Em alguns casos cortar as unhas periodicamente pode ser a solução, mas em outros casos, uma cirurgia para a remoção deste dedo é recomendada.

Quem realiza essa cirurgia é somente o médico veterinário, o mesmo que irá dizer se o caso do animalzinho é cirúrgico ou não.

A remoção do ergot é um procedimento cirúrgico relativamente simples e rápido. Geralmente dura uma média de 30 minutos. Porém, não deixa de ser um procedimento cirúrgico, e assim como qualquer outro procedimento, requer muito cuidado devido ao risco de infecção e hemorragia, por isso, como falei, deve ser realizado somente por um profissional capacitado.

Agora que você já sabe o que é o ergot, fique atento!

Caso você ainda não tenha observado se o seu animalzinho tem o quinto dedo, não perca tempo, vá lá agora mesmo e confira.

Se o seu animalzinho tem o ergot dê uma olhada nas condições da unha dele, se está penetrando na pele e precisa ser cortada.

E se você está sempre tendo problemas com a unha desse dedo extra do seu animalzinho, converse com o médico veterinário para saber se o caso do seu animalzinho é cirúrgico.

Existem muitos debates sobre esse assunto, algumas pessoas são a favor da remoção desse dedo, outras não. Isso porque a remoção em alguns casos, principalmente em algumas raças, são realizadas somente por estética, o que eu não sou muito a favor, pois em alguns casos podemos considerar como verdadeiras mutilações e não deve ser visto com bons olhos. Porém, em alguns casos realmente não tem outra opção, pois a permanência do ergot pode acarretar problemas e como consequência dores e sofrimento para o animalzinho.

Por isso eu insisto em falar, nada melhor do que um médico veterinário de confiança para avaliar e orientar quanto a melhor opção para o seu animalzinho.

Converse com o veterinário: Remoção do ergot é um procedimento cirúrgico relativamente simples e rápido (Fotos: Divulgação)

Converse com o veterinário: Remoção do ergot é um procedimento cirúrgico relativamente simples e rápido (Fotos: Divulgação)

Cantinho do leitor

Esse fofurinha é o Xavier. Ele é um filhotinho de dois meses, Poodle com Basset. Ele é da Amanda de Abreu Durão, de Volta Redonda.

cantinho do leitor

 

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas.

 

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br

Untitled Document