terça-feira, 11 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Deley quer apertar cerco contra o doping no esporte

Deley quer apertar cerco contra o doping no esporte

Matéria publicada em 22 de fevereiro de 2015, 18:29 horas

 


Deputado federal é autor de duas leis que ajudam o Brasil a combater a prática

1925277_273737582812547_7930960686631291999_n

Brasília

 

O deputado federal, Deley de Oliveira (PTB) afirmou que os recentes escândalos mundiais sobre doping não chegam a ser surpresa para quem vive no meio esportivo. Ex-atleta profissional, Deley destacou que desde o primeiro mandato – está entrando no quarto – teve a preocupação de lutar contra o uso de medicamentos que burlam as competições esportivas. O parlamentar ressaltou que é autor de duas leis que ajudam a combater a prática irregular.

– Nós já tornamos lei, sancionada pela Presidência da República, a criação do Dia Nacional contra o Doping, que é celebrado em 15 de janeiro. Isso em 2013. A nossa proposta é que nesta data sejam montadas ações em todo o país que busquem a reflexão e valorização do que chamamos de ‘verdadeiro espírito esportivo’. Infelizmente, a lei está aí mas as ações são tímidas – disse o parlamentar.

Deley explicou que o processo de luta contra o doping lembra muito aquele que é travado contra o uso de drogas.

– É uma situação parecida e por isso propus a criação da data. Temos de iniciar a conscientização ainda nas crianças, pois caso contrário perderemos terrenos para essas verdadeiras quadrilhas que operam dentro do esporte de alto rendimento – alertou o parlamentar.

O deputado disse ainda que os jogos olímpicos modernos buscavam promover os ideais de “solidariedade, lealdade, cavalheirismo e respeito mútuo”. E cravou as Olimpíadas de Berlim, em 1936, como marco para o desvirtuamento de tais ideais.

– Já vimos o esporte ser usado como forma de pregar a supremacia de uma raça ou para valorizar determinado modelo econômico. Hoje em dia o esporte se tornou um grande negócio, com cifras milionárias por trás dos atletas. Essa ciranda faz dissipar os verdadeiros valores do esporte. Não se pode buscar a medalha a qualquer custo. Existem regras e normas que todos devem cumprir, mas, sobretudo, deve-se preservar certos valores como a vida, saúde, espírito desportivo. Esse será um dia para debatermos isso de forma mais intensa – disse o deputado a sites especializados em debater o doping.

Deley afirmou que na retomada dos trabalhos no Congresso, a partir da semana que começa, vai buscar contato com o Ministério dos Esportes e outros setores governamentais para alavancar a aplicação da lei.

– É um momento ímpar, em que o Brasil se prepara para sediar os Jogos Olímpicos. Poderíamos mostrar ao mundo que nosso país pode estar na vanguarda do combate ao doping – disse.

 

Outra Lei

 

Outro projeto de Deley que trata do mesmo tema está nas mãos da presidente Dilma Rousseff (PT) aguardando sanção ou veto. Nesta outra iniciativa, o deputado pretende modificar a lei que criou o Bolsa Atleta. Para receber o benefício, o atleta não ter violado por, no mínimo, dois anos, nenhuma das regras antidoping. Na prática, o projeto cria mais uma punição contra quem for flagrado usando substâncias ilícitas. “A fim de coibir o uso de substâncias e métodos proibitivos por atletas nacionais, urge a necessidade de inserir penalidades em leis que afetam diretamente a vida dos nossos atletas”, disse Deley na justificativa do projeto, que já passou por todos os trâmites no Congresso e aguarda um posicionamento da presidente.

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    e contra a cachaça?

Untitled Document