sábado, 23 de junho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Pesquisa confirma liderança do DIÁRIO DO VALE

Pesquisa confirma liderança do DIÁRIO DO VALE

Matéria publicada em 20 de abril de 2018, 18:34 horas

 


Quando os leitores e internautas buscam notícias locais, jornal é a primeira escolha; site também está em primeiro lugar

Volta Redonda –  O DIÁRIO DO VALE é líder absoluto entre os sites de notícias regionais e entre os jornais impressos que circulam em Volta Redonda, de acordo com pesquisa realizada durante a semana passada pelo Instituto Mind. O levantamento foi feito com 600 entrevistas em Volta Redonda.

Quando os internautas buscam notícias regionais, 14,8% vão direto ao site do DIÁRIO DO VALE. A segunda colocação ficou com 3,8% das citações e a terceira, com 3,7%.

Quando a busca é por notícias em geral, o DIÁRIO DO VALE fica em terceiro lugar, atrás apenas da versão nacional do G1, das Organizações Globo, e do UOL, o mais tradicional portal do Brasil.

A preferência do leitor também se reflete na rede social mais utilizada, o Facebook. Com mais de 254 mil seguidores, o DIÁRIO DO VALE fica significativamente à frente de páginas semelhantes, que estão na faixa de 50 mil seguidores.

O site Google Analytics também confirma o bom desempenho do jornal. Em média, a cada dia, entre 30 e 60 mil internautas visitam o site do jornal, ficando em média cinco minutos em cada página que visitam no site. O total de páginas vistas supera 5,4 milhões no mês.

No que diz respeito a jornais impressos, 21,7% dos entrevistados afirmaram que leem o DIÁRIO DO VALE. O segundo colocado ficou com 3,5%, e o terceiro, com 3,2%. Em outra pesquisa, feita em janeiro, o DIÁRIO aparece com 34% das citações, contra 5,5% do segundo colocado. Nos dois casos, o número dos leitores do jornal supera a soma dos concorrentes, incluindo os jornais da capital.

 

 

 

11 comentários

  1. Meu caro Uau ou minha cara Uau! Divulgar resultados de pesquisas informando nominalmente os nomes dos concorrentes, nunca foi e nem será uma forma de promovê-los, mas sim uma demonstração de transparência e consequentemente validação da pesquisa. As emissoras de TVs fazem isso frequentemente!
    Sugiro se inteirar do assunto, aí sim, poderemos discuti-lo!

  2. O Diário do Vale é bom, o único defeito é um ou outro comentarista ácido (no Sense)! Por isto bom! Será ótimo no dia que colocar para os próprios comentaristas “expurgar” os comentários desnecessários…

    • Defeito ? Quer dizer q tolir os comentários q não lhe agradam é defeito ? Quer dizer q tem-se q publicar só o q lhe convém ? Desnecessario p vc q, pelo seu comentário, não admite opiniões contrárias a sua. Deves ser fã da ditadura. Aos meus amigos tudo, aos inimigos a lei.

    • Mediador? Quanta arrogância.Que mundo ou século você vive?

  3. Com certeza só de VER os comentários no Google O diário DO Vale, ganha em disparado

  4. Por que não citar nominalmente os “concorrentes”? Assim a matéria seria mais transparente!

    • Qual empresa que promove os seus concorrentes? é no mínimo sem senso de realidade a sua pergunta!

    • Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

      Seria promoção dos concorrentes se dissessem telefone, site, e-mail, endereço e principalmente preço e características do produto. Citar simplesmente o nome de concorrente nunca foi, é ou será uma forma de promoção mercadológica, ainda mais quando ele está em posição de inferioridade… Pelo contrário, quem lá anuncia pode vir a se interessar em fazer novo contrato com o melhor colocado…

      Diga-se de passagem, não existe “jabá” quando apenas o nome da empresa é citado em alguma transmissão de rádio ou televisão. Ouço muitos locutores de rádio da região incorrendo nesse erro, principalmente desses programas jornalísticos pela manhã…

  5. Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    Gostaria de saber o desempenho do jornal frente a outros do interior do estado e mesmo aos grandes da capital, aqui na região… A divulgação de rankings comparativos (os famosos “benchmarking”) pode fazer com que mais pessoas, físicas e jurídicas, se interessem em anunciar… O departamento de marketing do DV está a comer mosca…

    • Existe a associação de jornais, lá têm a tiragem de exemplares de todos os jornais que circulam tanto a nível nacional, estadual e regional, os dados estão lá basta, apenas, procurar e se informar, quer só o peixe, assim não dá aprenda a pescar!

    • Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

      Seguindo tua linha de raciocínio, não existiriam propagandas comerciais, pois os potenciais consumidores sempre prefeririam gastar tempo, dinheiro e paciência com sola de sapato ou pesquisando na web, coisa que a imensa maioria das pessoas não sabe e/ou não gosta de fazer… Ademais, não estamos falando só de vendagem de mídia impressa, que hoje certamente representa a minoria dos leitores do jornal, mas sim da quantidade de acessos online, que aliás é o mote da matéria… Os dados repassados pelo site da citada Associação são restritos, não possibilitam embasar uma informação consistente…

      Como marketeiro, vc seria um bom mendigo. Montaria um negócio lá no fundo do quintal e ficaria esperando os “clientes” te procurarem lá, para deitar moedas em tua caneca…

Untitled Document