segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Empresas da região recebem prêmio por resultados no mercado exterior

Empresas da região recebem prêmio por resultados no mercado exterior

Matéria publicada em 19 de outubro de 2017, 18:10 horas

 


CSN, Spice Indústria Química e Dupont do Brasil se destacaram pela relação com o comércio exterior em 2016

Volta Redonda – Os resultados positivos nas exportações registradas pelas indústrias do Sul Fluminense garantiram a entrega do Prêmio Rio Export às empresas CSN, Spice Indústria Química e Dupont do Brasil. As três indústrias foram reconhecidas pelo Sistema Firjan pelo destaque nas relações com o mercado externo em 2016. A cerimônia de premiação foi realizada na quarta-feira (18), na sede da Representação Regional da Firjan/CIRJ no Sul Fluminense, em Volta Redonda.

A CSN foi premiada pela terceira vez como a maior Exportadora Regional.  Um dos mais eficientes complexos siderúrgicos integrados do mundo, a empresa foi fundada em 1941, sendo a primeira produtora integrada de aço plano no Brasil. Seu aço viabilizou a implantação das primeiras indústrias nacionais. Para o diretor executivo de produção da CSN,Pedro Gutemberg, é uma honra para a empresa receber esse reconhecimento.

– Temos nos reinventado nos últimos tempos para buscar novos mercados e enfrentar os desafios. Além da crise econômica no Brasil, o cenário internacional tem alta competitividade no campo siderúrgico, com diversos países aplicando tarifas anti-dumping contra o aço brasileiro, além de um concorrente desleal que é a China, que produz em 13 dias o volume de aço que o Brasil produz em um ano. Isso nos exige de sermos cada vez mais competitivos, reduzindo custos e aprimorando ainda mais os padrões de qualidade – disse Gutemberg.

Pela segunda vez, a Spice Indústria Química foi a vencedora na categoria Certificado de Origem. Líder em especialidades químicas nas áreas têxtil, papel e emulsões a Spice faz parte da Archroma, empresa global sediada em Reinach, na Suíça, e opera com cerca de 3000 funcionários em mais de 35 países.

– A parceria com a Firjan para emissão de Certificado de Origem nos proporcionou ganhos consideráveis. Hoje temos um custo menor se comparados ao processo anterior. Os certificados são feitos em 24h frente as 72h que antes necessitava para emissão – salienta Fausto de Oliveira Costa, gerente de logística da Spice no Brasil.

Já o prêmio Destaque Regional foi entregue a Dupont do Brasil. Líder Mundial em Inovação e Ciência, por mais de 200 anos, a DuPont é voltada para defensivos agrícolas, contribuindo com a qualidade e rendimento operacional das lavouras em todo o Brasil e países da América Latina. “Acreditamos que, juntos, podemos alimentar uma população em crescimento, criando um futuro e tornando o mundo um lugar mais seguro”, ressalta líder em tecnologia da empresa, Ricardo Souza.

Para o presidente da Representação Regional da Firjan no Sul Fluminense, Edvaldo de Carvalho, o Sul Fluminense é uma fonte importantíssima de desenvolvimento para o estado. “Buscamos, permanentemente, avanço tecnológico para que nossas empresas estejam ainda mais aptas para enfrentar a concorrência internacional. As empresas homenageadas representam o grande potencial multissetorial que a cadeia industrial de nossa região abriga”, disse Carvalho.

Grupo PSA é o maior exportador do Mercosul

Ao longo de 20 anos, o Rio Export já homenageou mais de 70 empresas. A iniciativa foi lançada em 1998 e faz parte da missão da FIRJAN Internacional de apoiar o empresário do estado no desenvolvimento de fluxos de negócios internacionais e de estimular o comércio exterior. Todas as vencedoras são líderes em seus setores, seja pela alta intensidade tecnológica, pelo alto nível intelectual ou pela qualidade de seus processos produtivos, de acordo com o desempenho na atividade exportadora retratado nos números oficiais da Secex.

A premiação às empresas de destaque no âmbito estadual foi realizada em setembro, no Rio. Das onze empresas, três do Sul Fluminense foram premiadas no Rio e homenageadas no prêmio regional. O Grupo PSA foi reconhecido como Maior Exportador do Mercosul. A MAN Latin America foi destaque em Emissão de Certificados de Origem. A Michelin recebeu homenagem pela diversificação em produtos de exportação. E a Nissan, foi destaque na categoria Firjan Internacional.

Entrega: Cerimônia de premiação foi realizada na sede da Representação Regional da Firjan no Sul Fluminense, em Volta Redonda (Foto: Brunna Monteiro)

Entrega: Cerimônia de premiação foi realizada na sede da Representação Regional da Firjan no Sul Fluminense, em Volta Redonda (Foto: Brunna Monteiro)

Diagnóstico do Comércio Exterior

Técnicos da Firjan Internacional também apresentaram informações do novo Diagnóstico do Comércio Exterior do estado do Rio, documento que traça o perfil das empresas fluminenses que atuam no comércio exterior e mostra quais os obstáculos internos e externos enfrentados pelos empresários para importar e exportar seus produtos.

Segundo o estudo, a burocracia alfandegária, aduaneira e tributária, o custo do frete internacional e os custos portuários e aeroportuários são os principais entraves enfrentados pelas empresas exportadoras e importadoras fluminenses.

O Diagnóstico também ressalta que 62% das empresas exportam regularmente e que consideram que poderiam ter um incremento de 30% nos negócios, caso os entraves fossem superados. A Receita Federal e a Anvisa foram citados como órgãos que mais afetam as exportações fluminenses, bem como a cobrança de ICMS também.

 

Untitled Document