domingo, 17 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Estados Unidos podem optar por ofensiva com relação ao Irã

Estados Unidos podem optar por ofensiva com relação ao Irã

Matéria publicada em 18 de setembro de 2017, 16:32 horas

 


Fontes do governo revelaram discussão dos bastidores da Casa Branca

Uma reunião do Conselho de Segurança Nacional, que aconteceu a portas fechadas, na última semana, pode mudar o futuro de parte das relações de política externa norte-americana. De acordo com autoridades do governo, uma proposta para que os EUA se posicione de forma mais agressiva contra o Irã está sendo avaliada pelo o presidente Donald Trump.

A estratégia deve incluir espionagem cibernética, a disseminação de armas, informações e tecnologias nucleares, além de outras atividades. O projeto pretende pressionar ao governo iraniano para que controlem seu programa de mísseis balísticos e seu apoio a grupos militantes. A proposta inclui ainda interceptações mais agressivas de carregamentos de armas iranianos.

O esboço foi elaborado pelo secretário da Defesa, Jim Mattis; pelo secretário de Estado, Rex Tillerson; pelo conselheiro de Segurança Nacional, H.R. McMaster; e por outros funcionários de primeiro escalão da Casa Branca. Caso o texto seja aprovado, a previsão é de que venha a público antes do final de setembro. O presidente norte-americano deve, então, estabelecer os objetivos políticos gerais e delegar para que outras autoridades implementem o plano.

Todas as fontes pediram anonimato porque Trump ainda não teria tomado uma decisão final. A assessoria do governo não quis comentar o caso.

A Casa Branca deve definir ainda novos posicionamentos sobre o acordo nuclear estabelecido entre EUA e Irã, em 2015. A proposta sugere sanções econômicas mais duras caso o país do Oriente Médio viole o pacto firmado pelo ex-presidente, Barack Obama.

 

(*) Carlos Alberto Filho

Untitled Document