terça-feira, 16 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Microempreendedores terão atendimento individual em Quatis

Microempreendedores terão atendimento individual em Quatis

Matéria publicada em 13 de junho de 2018, 10:57 horas

 


Prefeitura lança atendimentos individual para microempreendedores. (crédito Divulgação)

Quatis – Os proprietários de micro e pequenas empresas de Quatis, além dos mais de 600 microempreendedores individuais em atividade no município, passarão a contar nesta sexta-feira, dia 15, com mais uma ferramenta importante para gerenciar negócios ou abertura de novos empreendimentos.  O atendimento individualizado a ser realizado pela Secretaria de Trabalho e Renda do Município e o SEBRAE-RJ (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) visa alavancar o desenvolvimento econômico do município.

O secretário municipal de Trabalho e Renda, Vinícius Lima, explicou que o serviço estará à disposição dos empreendedores que já tenham seus estabelecimentos inscritos nos respectivos órgãos de registros e àqueles que pretendem iniciar  atividades. Neste segundo caso, além de orientar os empreendedores a respeito da documentação necessária, o SEBRAE vai disponibilizar os ramos mais promissores para a abertura de negócios.

– As orientações do SEBRAE para os pequenos, médios e empreendedores individuais de Quatis eram transmitidas durante a realização de eventos, palestras, seminários e oficinas, como, por exemplo, ocorreu no mês passado, através da Semana do Empreendedor Individual, na Praça Teixeira Brandão. Agora, com o atendimento individualizado, a prefeitura amplia as alternativas de orientação a estes dois segmentos da nossa economia, cujo incremento tem sido incentivado pelo prefeito Bruno de Souza e está entre as prioridades da administração municipal para as políticas públicas voltadas à geração de renda – declarou Vinícius Lima.

O secretário municipal de Trabalho e Renda destaca ainda a importância das pequenas e micro empresas, e dos empreendimentos cadastrados no Programa MEI (Microempreendedor Individual) para o faturamento e a geração de empregos da economia brasileira. Dados divulgados pelo SEBRAE do estado de São Paulo mostram que, atualmente, o país tem 6,4 milhões de micro e pequenas empresas registradas, as quais são responsáveis pela geração de 52 por cento dos empregos com carteira assinada no setor privado. Já o Programa MEI tem 3,7 milhões de empreendedores registrados.

– O SEBRAE é um órgão que oferece assessoria aos empreendedores ou trabalhadores interessados quanto à abertura de empresas, formação de preços de preços de venda, administração financeira, procedimentos na área de recursos humanos, além de trabalhar pela competitividade, desenvolvimento de pequenas e médias empresas, fomentos e parcerias com o setor público e privado. Só para se ter uma noção do papel estratégicos destes ramos da economia nacional, de 2001 a 2011, o faturamento gerado pela pequena e micro empresa no Brasil passou de R$ 144 bilhões para R$ 599 bilhões – concluiu o secretário de Trabalho e Renda da Prefeitura de Quatis, Vinícius Lima.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document