domingo, 26 de março de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Procon lança guia digital para consumidores

Procon lança guia digital para consumidores

Matéria publicada em 18 de março de 2017, 14:20 horas

 


Rio – Em homenagem ao Dia Mundial do Consumidor, o Procon Estadual lançou um guia digital com dicas para compras em supermercados. Em um único arquivo em PDF, estão reunidas orientações e informações sobre temas como planejamento das compras, cálculo das despesas, venda casada e promoções relâmpago. O arquivo pode ser lido ou baixado no site do Procon Estadual (www.procon.rj.gov.br), clicando no item Consumidor e depois em Cartilhas e Folders.

As dicas foram resumidas em pequenos tópicos, com linguagem simples e direta. Uma vez baixado o arquivo, não é preciso estar conectado à internet para acessar o conteúdo, seja de um computador, tablet ou smartphone. O guia digital destaca, por exemplo, que os estabelecimentos não são obrigados a aceitar cartões de crédito ou débito, mas, caso aceitem, não podem estabelecer valores mínimos para seu uso. Outra dica do guia é quanto à divergência de preços entre a gôndola e o caixa. Se houver, o consumidor deve pagar sempre o menor.

O Procon-RJ realizou 266.487 atendimentos em 2016, através dos canais de comunicação, que recebem reclamações, denúncias e tiram dúvidas, atingindo assim, o índice de 80% de casos solucionados.

Através do Disque Procon (151), a autarquia registrou 93.944 atendimentos. No Procon Online (www.procononline.rj.gov.br), foram 79.586. No aplicativo Meu Procon-RJ, foram 1.602 atendimentos. Já nos postos da autarquia foram registrados 91.355 atendimentos no ano passado.

– Nosso trabalho, tanto na fiscalização dos estabelecimentos quanto no atendimento, é diário, para que o consumidor tenha os seus direitos sempre respeitados. E isso vem surtindo efeito. As empresas estão se adequando à legislação e muito dessa melhora é graças à atuação constante da autarquia – disse o presidente do Procon-RJ, José Geraldo Machado Júnior.

Fiscalização

Em 2016, o Procon-RJ fiscalizou 2.558 estabelecimentos, com 1.724 autuações e 203 interdições totais ou parciais. Foram descartadas 25 toneladas de alimentos impróprios.

2 comentários

  1. Juizado especial é tudo.

  2. ELEITOR CONSCIENTE

    PROCON NÃO RESOLVE NADA EM FAVOR DO CONSUMIDOR. SE VOCÊ TIVER DIREITO A ALGUMA INDENIZAÇÃO, PROCURE O JUIZADO ESPECIAL OU A JUSTIÇA COMUM. PROCON É PURA FANTASIA A SERVIÇO DO ESTADO E DAS EMPRESAS. ME PROCESSEM SE ESTIVER FALANDO MENTIRA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document