quarta-feira, 20 de setembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Projeto quer potencializar atrativos turísticos das Agulhas Negras

Projeto quer potencializar atrativos turísticos das Agulhas Negras

Matéria publicada em 20 de agosto de 2017, 08:00 horas

 


Projeto foi apresentado a empresários durante palestra na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Resende

Projeto foi apresentado a empresários durante palestra na Câmara dos Lojistas de Resende

Resende – Cerca de 40 empresários do trade turístico, que atuam nas regiões de Resende e Itatiaia, como Serrinha, Capelinha, Visconde de Mauá e Penedo, conheceram esta semana as principais vantagens e possibilidades do projeto “Destinos Turísticos Inteligentes”, desenvolvido pelo Sebrae, e que prevê o uso da tecnologia como ferramenta de potencialização do setor turístico na região.

Durante a explanação do projeto, realizada na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Resende, também foram apresentados aos empresários dois aplicativos desenvolvidos pelo Sebrae que abordam o potencial turístico da região: o Tour da Experiência, focado na história dos atrativos, e o Tour Embaixadores do Parque, que destaca o potencial turístico do Parque Nacional do Itatiaia.

O consultor do Sebrae Flávio Gueiros lembrou que o turista atual está cada vez mais conectado e utilizando a tecnologia para buscar informações e interatividade na hora de escolher seu destino.

– Hoje ninguém sai de casa sem saber como é o lugar para onde está se dirigindo, o que ele oferece, quais os atrativos naturais podem ser explorados e como são as acomodações do hotel ou pousada onde pretende se hospedar. Mas o visitante não quer mais obter essas informações por textos ou fotos, ele quer interagir, vivenciar esta experiência de forma antecipada, ouvir testemunhais, e isso só pode ser feito através da tecnologia. E é exatamente isso que o projeto Destinos Turísticos Inteligentes possibilita – explicou.

Para alcançar este nível de interatividade, segundo Gueiros, o projeto desenvolve plataformas com todas as informações sobre os destinos turísticos, além de aplicativos, QR Codes, entre muitas outras ferramentas tecnológicas que vão permitir que o visitante possa ter uma “experiência de bem estar e acolhimento”, antes mesmo de visitar o atrativo.

De acordo com o consultor, a primeira etapa para a implementação do Destinos Turísticos Inteligentes na região foi o desenvolvimento dos dois aplicativos apresentados hoje aos empresários. Já a partir de agora serão realizadas as oficinas de trabalho nas quais serão levantadas as necessidades locais visando à implantação efetiva do projeto. A primeira oficina, que dará início ao Plano de Trabalho Cooperado, está marcada para o dia 19 de setembro.

Untitled Document