sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Resende discute tendências do mercado imobiliário

Resende discute tendências do mercado imobiliário

Matéria publicada em 6 de dezembro de 2017, 15:39 horas

 


Palestra mostrou tendências do mercado imobiliário

Palestra mostrou tendências do mercado imobiliário


Resende – 
O prefeito Diogo Balieiro (PSD) participou do evento “O Novo Mercado Imobiliário”, que apresentou propostas e perspectivas – atuais e futuras – da construção civil para Resende. O ponto alto da programação, organizada pelo empresário Paulo Sampaio, foi uma palestra com Marcos Araújo, especialista em demanda e comportamento do consumidor. Os debates ocorreram na última terça-feira à noite, no auditório do Edifício Golden Center, em Resende.

O palestrante pontuou a importância da pesquisa de mercado, que deve ser realizada antes do lançamento de qualquer empreendimento. No setor imobiliário, Marcos Araújo ponderou sobre a realidade da economia atuale a mudança comportamental do brasileiro em geral. Ele falou, por exemplo, sobre a redução no tamanho das famílias e como os imóveis deverão se adequar a esta e outras novas realidades.

Sampaio afirmou que a construção civil consegue fazer rodar a engrenagem da economia, com geração de empregos e negócios nos mais diversos setores. “Aumenta a contratação de pessoas, de vendas de material de construção, de propaganda. Tudo gira nessa engrenagem puxada pela construção civil”, disse ele. O empresário destacou a presença do prefeito no evento:

– Mostrei aos presentes, e o prefeito já demonstrou que entende esse ponto de vista, a importância do Poder Público Municipal neste contexto. O prefeito está ao lado do desenvolvimento. Quando um loteamento é liberado, casas são construídas e a tal engrenagem começa a girar – disse Paulo.

Balieiro afirmou que a prefeitura vai apoiar o setor, mas lembrou que a prefeitura enfrentou e venceu sérias dificuldades em 2017.

– Pegamos a prefeitura diante de uma crise nacional e em nosso estado sem precedentes. Nosso estado enfrenta uma crise moral, política e econômica nunca vista antes. Isso tem reflexo em nossa cidade. Pegamos a prefeitura com queda na arrecadação, salário do funcionalismo pendente e fornecedores sem receber há quatro, cinco e seis meses – disse Balieiro, que elencou algumas ações que foram tomadas.

– Para vencer essa crise toda, investimos em gestão eficiente e trabalho. Reduzimos o número de secretarias, de cargos comissionados. Publiquei recentemente a redução de 44% dos gastos com combustíveis. Temos hoje uma UPA municipalizada e gastando menos – afirmou, para fazer uma previsão otimista para os anos seguintes.

– Podem saber que tem empresas, hipermercados, muita gente nos procurando, querendo investir em Resende. Sou um otimista e por isso me tornei prefeito. O cenário econômico para 2018 e 2019 é bem melhor – finalizou.

Um comentário

  1. liberdade e propriedade

    Quais são os hipermercados que estão procurando Resende?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document