segunda-feira, 23 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Rodrigo Drable se encontra com diretoria da empresa que comprou a DuPont

Rodrigo Drable se encontra com diretoria da empresa que comprou a DuPont

Matéria publicada em 13 de abril de 2018, 14:59 horas

 


Barra Mansa – O prefeito Rodrigo Drable visitou nesta quinta-feira (12) a DuPont, localizada às margens da Via Dutra. O objetivo da visita foi conhecer a diretoria da FMC, empresa que comprou a DuPont e vai administrá-la a partir de julho. Participaram também o secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Agnaldo Raymundo e o presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Borges.

A FMC é uma das maiores empresas de defensivos agrícolas do mundo. Rodrigo destacou que a DuPont é uma empresa importante para o município, já que além de ser a maior contribuinte da cidade, gera muitos empregos. “A FMC tem a expectativa de crescer nos próximos anos, fomos tranquilizados de que os empregos serão mantidos e muitos outros serão acrescidos. Saímos da visita com a expectativa de que a compra será muito boa para a cidade”, afirmou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Agnaldo Raymundo, destacou a importância de conhecer a diretoria da FMC. Segundo ele, a empresa se mostrou bastante interessada em investir no município. “Além da questão socioeconômica de geração de renda e emprego, a FMC se colocou à disposição do município para criar parcerias e investir em projetos sociais que beneficiem não só a cidade, como também aproxima a empresa da comunidade”, disse.

COMPRA

A FMC Corporation anunciou em novembro do ano passado que concluiu com sucesso duas transações pendentes com a DuPont. As empresas firmaram um contrato definitivo em 31 de março de 2017, já tendo atendido todas as condições e obtido as aprovações necessárias. A FMC adquiriu parte do setor de Proteção de Culturas da DuPont do qual a última teve que se desfazer para atender ao regulamento da Comissão Europeia relativo à sua fusão com a The Dow Chemical Company, concluído em 31 de agosto do 2017, para a criação da DowDuPont™. Além disso, a FMC concluiu a venda da FMC Health and Nutrition à DuPont.

FMC

 Há mais de um século, a FMC Corporation atende aos mercados globais de agricultura, industrial e de consumo com soluções e aplicações inovadoras e produtos de qualidade. A receita pro forma de 2016 da FMC foi de aproximadamente US$4 bilhões. A FMC emprega mais de sete mil pessoas em todo o mundo e opera seus negócios em dois segmentos: FMC Agricultural Solutions e FMC Lithium.

18 comentários

  1. Trabalho em uma empresa conceituada de volta redonda porque segundo meu gerente cansou de realizar processo seletivo com os ruins de vr, e não conseguir preencher a vaga que eu estou hoje, por pura falta de competência… ou capacitação em volta redonda só a vagabundagem que só pensam em náutico ,Black barzinho se vem as os caras de outras cidades e tomando as vagas desses e dessas alienados se achando..
    CSN caindo de podre empregam infelizmente esses coitados sem estudo mão de obra barata…
    Pode continuar achando BARRA MANSA uma bo … mesmo além de irmos até pegar os melhores empregos aínda pegamos as mulheres desses bois ae…o lugar pra ter chifrudo é volta redonda..

  2. Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    A maior empregadora de Barra Mansa é Volta Redonda. Sem contar outras empresas e setores, somente a CSN deve gerar 4x mais empregos para essa cidade que a Saint Gobain ou SBM, que sequer chegam a mil postos cada uma… É menos que a Unimed/VR ou a Viação Sul Fluminense…

    Barra Mansa é tipo uma Pinheiral, só que com mais casas…

    • As empresas de Volta Redonda contratam pessoas de outras cidades, pq não há mão de obra qualificada e interessada na cidade do aço. Tem mais uma coisa: todos em Volta Redonda são originários de outros municípios e estados. Os atuais moradores dessa cidade, deveriam se lembrar, que em algum momento no passado, seus antepassados deram graças a Deus por terem achado um lugar de lhe desse emprego e sobrevivência e por isso, deveriam também receber bem as outras pessoas que hoje procuram a mesma sorte, que o passado deu a muitos.

    • Fale também sobre o passivo ambiental que vocês não pagam nada a nossa cidade

  3. Zzzz… Opa! Desculpe! Eu dormi, mas é porque eu li historinha pra boi dormir!

  4. Liberdade e propriedade

    Indústrias do mesmo ramo gostam de se agrupar, essa ovelha desgarrada, deve ter se instalado em BM à sombra do complexo químico resendense. Resnde, nos anos 60 tornou-se um dos maiores pólos químicos do Brasil. Sandoz, Syngenta, Gotaverken, Clariant, Novartis, Cyanamid, BASF, Carboox, etc

  5. Vai fabricar veneno para agricultura. É complicada a cidade de Barra Mansa: ora recebe lixo de outras cidades (que foi imediatamente recusada pelo Poder Público), ora fabrica veneno para o campo. Vixi…..

  6. Cuidado diretoria da Dupont esse prefeito não honra as calças que veste, promete e depois faz cara de desentendido.

    • Cuidado mesmo, cara que coloca Sérgio Gomes, Fernanda Chiesse e Silvio Daniel na gestão de uma Secretaria de Saúde, para apavorar mesmo… E outra, Secretaria de Esporte? De VR, Secretaria de Governo? Bil, brincadeira né…

  7. A empresa vai passar a produzir minhoca daqui pra frente, espero fornecer algumas ao prefeito de BM. A maior empresa de BM é o seu comércio, que gera mais renda e emprego na cidade!

  8. Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    Quantos empregos diretos são gerados na unidade de Barra Mansa?… Nunca li em lugar nenhum. Apesar de importante, parece empresa fantasma. Ninguém se lembra que ela existe…

  9. Gente, indústria química produz produtos de alto valor agregado!!!
    Isso quer dizer: produto CARO!!!! Que gera mais ICMS aos governos.

  10. liberdade e propriedade

    É a maior contribuinte? Maior que a Votorantim?

    • Esse prefeito tá maluco, não enxerga um.palma na frente da fussa dele.. rsrs
      Como é que um cara desses pode gerir um município se não tem noção de matemática básica e contabilidade básica… É por isso que a gente só se ferra com políticos mal preparados..
      Como.o diz o falecido Eneas do Prona, para se pilotar um avião, tem que estduar, para se gerir a empresa tem que estudar, para dar uma aula te. Que estudar e para governar não precisa?

    • A maior contribuinte é a Saint-Gobain.

Untitled Document