segunda-feira, 18 de junho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Vigilância Sanitária alerta para compra de alimentos

Vigilância Sanitária alerta para compra de alimentos

Matéria publicada em 10 de junho de 2018, 17:12 horas

 


Rio – O consumidor deve ficar atento quanto à qualidade dos alimentos que encontra no mercado. Carnes, frios, laticínios, legumes e verduras são itens que requerem mais atenção na higiene e conservação, a fim de evitar a contaminação e possíveis danos à saúde. Observar o aspecto do produto e a forma como está sendo oferecido ao público está entre os primeiros cuidados.

– No mercado, devemos observar a área de exposição dos produtos, se estão sem a presença de insetos, além de balanças, cestas e até carrinhos de compras. Todos estes locais devem estar higienizados e os funcionários devem se apresentar com uniformes limpos e proteção no cabelo. Visto isso, agora o consumidor pode se atentar durante a escolha do produto – disse Eliane Cardozo, superintendente de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde.

 

Aspecto

 

Frutas, legumes e verduras devem ter um bom aspecto, os frios e laticínios, leite, queijos, manteigas e iogurtes devem estar estocados em balcões ou vitrines devidamente refrigeradas, conforme orientação descrita na embalagem, além de ter um carimbo de inspeção dos órgãos competentes. Alimentos fatiados, embalados e rotulados devem ter indicação de origem, peso, data de fracionamento e de validade.

Ao comprar carnes em geral, é preciso se atentar à textura, cor e odor do alimento.

– Se houver uma camada de gelo no fundo ou em volta da embalagem, por exemplo, indica que o alimento já foi descongelado e recongelado. Essa alteração de temperatura desequilibra a composição do alimento e ajuda na proliferação de bactérias. Alimentos mal conservados podem provocar desde um mal-estar, diarreia até infecção alimentar – explicou Eliane.

A Secretaria de Saúde alerta a população para também ficar atenta a essas características sensoriais, validade do produto e, caso encontre condições inadequadas, entre em contato com a Vigilância Sanitária do seu Município. Veja o contato do órgão fiscalizador do seu município neste link: www.saude.rj.gov.br/vigilancia-sanitaria/denuncia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document