sábado, 25 de novembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense e São Paulo fazem choque direto no Maracanã

Fluminense e São Paulo fazem choque direto no Maracanã

Matéria publicada em 18 de outubro de 2017, 07:19 horas

 


Rio – Um choque direto de tricolores na luta contra o fantasma do rebaixamento. Esse será o enredo do clássico entre Fluminense e São Paulo, que se enfrentam nesta quarta-feira (18), às 21h45, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambos ganharam novo fôlego após ganharem no fim de semana e aparecem fora da zona da degola. O Tricolor carioca, que fez 1 a 0 no Avaí, tem 35 pontos e está na 12ª colocação, um ponto a mais e uma posição acima do time paulista, que vem de triunfo de 2 a 1 sobre o Atlético-PR no Morumbi.

Cientes do que representa a partida, os dois treinadores sabem o impacto do resultado na sequência do trabalho.

– É sem dúvida nenhuma um jogo chave para a nossa equipe na competição e por isso mesmo temos que nos impor em casa e ganhar. Se um novo bom resultado aparecer, vamos começar a ter uma pontuação de mais tranquilidade para projetarmos o futuro – disse Abel Braga, comandante do Fluminense.

Dorival Júnior, comandante do São Paulo, se mostra otimista para o jogo.

– Temos 57% (na verdade, 55,56%) de aproveitamento no segundo turno, o que é muito bom. Aceleramos o processo no período de treinamentos. Trocamos mais de 600 passes, considerável para o que vemos no Brasil. Fico feliz que o São Paulo comece a acreditar que possa sair dessa situação jogando um bom futebol. Agora temos mais um degrau a subir nesta nossa caminhada e estou confiante para o jogo contra o Fluminense – disse Dorival.

Boa parte deste alívio também se deve ao fato de que o time tirou um peso das costas ganhando do Atlético-PR e deixando a zona de rebaixamento, o que dá mais tranquilidade para a partida contra o Fluminense.

– Nós tiramos um peso das costas e logicamente que isso tem um impacto nesta nossa caminhada para o jogo contra o Fluminense, que é um concorrente direto atualmente e precisa ser superado – disse o atacante argentino Lucas Pratto.

Mas o time do Morumbi chega para o confronto em alerta. Os paulistas não querem repetir diante dos cariocas o fraco desempenho da derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, na última quarta, no Independência.

– Temos essa consciência de que não fizemos um bom futebol no primeiro tempo contra o Atlético-MG. Mérito deles também que nos envolveram. Mas agora é outro jogo, não podemos errar, vamos lá com o pensamento de mais uma final. Podem ter certeza que a postura do time vai ser diferente -, garantiu o meia-atacante Marcos Guilherme.

Pelo lado do Fluminense, a aposta recai nos torcedores.

– Mais uma vez vai ser fundamental a torcida jogar ao nosso lado e nos empurrar em busca de um resultado positivo. O jogo é importante e por isso mesmo temos a certeza de que o Maracanã vai estar lotado. Nesse tipo de situação, onde os dois times precisam do resultado positivo por objetivos bem semelhantes, quem joga em casa fica mais forte com esse apoio – disse o volante Richard.
Em termos de escalação, o Fluminense não poderá contar com o volante Wendel, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Douglas, que retorna de suspensão, reaparece. outro que estava suspenso e retoma a posição é o lateral-direito Lucas, que deixará Renato como opção no banco de reservas.

No São Paulo, o técnico Dorival Júnior tem todos os titulares à disposição – não há desfalques por lesão nem por suspensão O volante Petros, mesmo se recuperando de um estiramento muscular detectado na coxa esquerda, e o lateral-direito Militão, com dores no mesmo local, vão a campo. Vale tudo na luta contra a degola.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Morumbi, em São Paulo , e naquela ocasião empataram por 1 a 1. Jucilei abriu o placar para o São Paulo, mas Wendel garantiu a igualdade.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de outubro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Gum, Reginaldo e Marlon; Douglas, Richard, Junior Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Junior e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO: Sidão, Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros, Hernanes, Marcos Guilherme, Christian Cueva e Lucas Fernandes; Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

Untitled Document