terça-feira, 24 de outubro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco bate o Avaí na Ressacada

Vasco bate o Avaí na Ressacada

Matéria publicada em 11 de outubro de 2017, 23:50 horas

 


Com gols de Wagner e Andrés Rios, equipe de São Januário chegou a nona colocação e ajudou o Fluminense que luta contra o rebaixamento

Andrés Rios comemora gol marcado que garantiu a vitória do Vasco em Florianópolis (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Andrés Rios comemora gol marcado que garantiu a vitória do Vasco em Florianópolis (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Florianópolis – O Vasco conseguiu um importante resultado ao derrotar o Avaí por 2 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira (11), na Ressacada. O resultado fez a equipe de São Januário chegar aos 36 pontos ganhos e agora ocupa a nona colocação, na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O Avaí segue com 30 pontos ganhos, na 18ª colocação.

O resultado fez justiça ao desempenho das duas equipes. O Vasco fez um bom primeiro tempo e estabeleceu a vantagem. A expulsão de Andrés Rios, no segundo tempo, deu mais força ao Avaí que marcou o primeiro gol e tentou o empate, mas acabou esbarrando no bem montado esquema defensivo da equipe cruz-maltina.

Na próxima rodada, o Avai vai enfrentar o Fluminense, no Maracanã. O Vasco vai receber o Botafogo, em São Januário.

Primeiro tempo

O Vasco começou no ataque e logo aos dois minutos, marcou o primeiro gol. Mateus Vital tentou o chute, a zaga bloqueou e Wagner aproveitou a sobra e bateu colocado de pé esquerdo para colocar nas redes. Depois de sofrer o gol, o Avaí tentou se organizar para tentar buscar o empate, mas encontrava dificuldades para penetrar na área carioca.

Aos sete minutos, o time catarinense criou a primeira chance real quando Joel aproveitou o cruzamento e cabeceou com perigo, mas a bola saiu. Depois de sair na frente, o Vasco passou a administrar a vantagem, enquanto o Avaí seguia com dificuldades para penetrar na defesa carioca.

Aos 17 minutos, o goleiro Martin Silva saiu jogando errado, mas o Avaí não soube aproveitar porque Júnior Dutra perdeu a posse de bola nas imediações da grande área.

Aos 23 minutos, o time carioca ampliou. Nenê cruzou da direita, Wellington dividiu com a zaga e a bola sobrou para Andrés Rios que bateu para marcar o segundo gol.

Sem outra opção, o Avai tentou aumentar o ritmo e aos 28, Júnior Dutra cruzou para a cabeçada de Joel, mas Martín Silva defendeu com tranquilidade. Aos 30 minutos, Pedro Castro bateu forte e levou perigo, mas a bola saiu. Logo depois, Pedro Castro bateu falta e Alemão subiu para cabecear, mas a bola saiu.

O Vasco só voltou a aparecer na área catarinense aos 35 minutos, mas a o chute de Nenê foi bem defendido por Douglas. Aos 40 minutos. novamente Nenê criou problema para os zagueiros. o meia cruzou da esquerda e quase que Andrésd Rios chega para a conclusão.

No último lance importante da etapa inicial, Júnior Dutra mandou a bomba, mas a bola saiu.

Segundo tempo

No intervalo, os jogadores do Avaí foram reclamar com o árbitro e o atacante Willians que estava no banco de reservas, acabou recebendo o cartão vermelho.

O Avaí voltou agressivo para o segundo tempo e, logo no primeiro minuto, criou a primeira oportunidade para marcar. Leandro Silva mandou a bomba e Martín Silva espalmou para escanteio.

O time catarinense seguiu pressionando e, aos oito minutos, Marquinhos bateu forte e Martín Silva evitou o gol, espalmando para escanteio.

Aos 15 minutos, o Vasco perdeu Andrés Rios. O argentino deixou o braço no rosto do adversário e acabou recebendo o segundo cartão amarelo, sendo excluído da partida.

Um minuto depois, o Avaí marcou o primeiro gol. Após cobrança de falta, Alemão desviou e Betão empurrou para o gol. A jogada foi irregular porque Alemão estava em posição de impedimento.
O Vasco tentou partir para o ataque e, aos 19 minutos, após receber de Pikachu, Nenê chutou forte e Douglas defendeu.
Um minuto depois, o Avaí quase empatou quando Júnior Dutra cruzou e Rômulo perdeu a chance de empatar.

Para tentar dar mais velocidade ao ataque, desfalcado após a expulsão de Andrés Rios, o técnico Zé Ricardo colocou Paulo Vítor no lugar de Mateus Vital. O Avai seguia controlando as ações, mas não conseguia furar o esquema defensivo da equipe carioca.

Aos 38 minutos, Lourenço arriscou, de fora da área, e Martín Silva espalmou para escanteio, evitando o empate. Logo depois foi a vez de Luan Pereira se livrar da marcação e chutar para outra defesa do goleiro cruz-maltino.
Nos minutos finais, a equipe catarinense aumentou a pressão, mas o Vasco soube

FICHA TÉCNICA
AVAÍ-SC 1 X 2 VASCO

Local: Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 11 de outubro de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartão Amarelo: Betão, Marquinhos, Capa, Lourenço, Júnior Dutra(Avaí). Madson, Wagner, Andrés Rios(Vas)
Cartão Vermelho: Willians(Avaí); Andrés Rios(Vas)
Gols:
AVAÍ: Betão aos 16 minutos do segundo tempo
VASCO:Wagner aos dois e Andrés Rios aos 23 minutos do primeiro tempo.

AVAÍ: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson(Lourenço), Simião(Marquinhos), Luan Pereira e Pedro Castro; Joel(Rômulo) e Júnior Dutra
Técnico: Claudinei Oliveira

VASCO: Martín Silva, Madson, Paulão, Anderson Martins e Ramon; Wellington, Jean, Mateus Vital(Paulo Vítor), Wágner(Yago Pikachu) e Nenê(Rafael Marques); Andrés Ríos
Técnico: Zé Ricardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document