domingo, 20 de agosto de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco tenta reencontrar a vitória Avaí

Vasco tenta reencontrar a vitória Avaí

Matéria publicada em 16 de junho de 2017, 18:44 horas

 


Na bola: Douglas aposta na força do elenco e apoio da torcida para bater o Avaí

Na bola: Douglas aposta na força do elenco e apoio da torcida para bater o Avaí


Rio – 
Derrotado pela Chapeoense por 2 a 1 no meio de semana, o Vasco tenta reencontrar o caminho das vitórias neste sábado, quando recebe o Avaí a partir das 19h(de Brasília), em São Januário, no Rio, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro o Cruz-Maltino é apena o 12º colocado com nove pontos e pretende encostar na parte de cima da tabela de classificação.

Objetivo bem mais honroso do que o do time catarinense, que amarga a situação de penúltimo colocado, com cinco pontos, e pretende se distanciar da zona de rebaixamento. O Leão perdeu na quarta-feira por 3 a 1 para o Atlético-GO em Goiás.

Milton Mendes, técnico do Vasco, pediu a seus jogadores tranquilidade para executar as ações planejadas.

– Vamos precisar de tranquilidade, pois vai ser mais um jogo complicado, já que o adversário vai procurar jogar fechado e tentando se aproveitar dos nossos erros. Sendo assim, teremos que atacar, mas com a responsabilidade de quem sabe que pode levar um contra-ataque e não pode facilitar a vida do oponente, que vai entrar em campo por uma bola – alertou Milton Mendes.

Os jogadores vascaínos acreditam que a torcida pode acabar mais uma vez fazendo a diferença.

– Sempre que jogamos em São Januário somos mais fortes porque o torcedor está ao nosso lado, empurrando a equipe e dando apoio ao longo dos noventa minutos, mesmo quando a coisa parece não acontecer conforme o esperado. Temos um adversário que vai fazer de tudo para complicar a nossa vida e para jogar no nosso erro. Por isso não podemos abrir mão de nenhuma arma que possa nos beneficiar e a torcida é um instrumento muito importante a ser utilizado em uma competição equilibrada como está sendo este Campeonato Brasileiro – analisou o volante Douglas.

Em termos de escalação, o Vasco espera contar com o atacante Luis Fabiano, poupado contra a Chapecoense e que luta contra um cálculo renal. Se ele for vetado, é possível que Nenê permaneça no time, jogando mais recuado, já que não deu certo como atacante. O jovem Alan Cardoso, que deixou o gramado contra os catarinenses chorando ao ser substituído, cede sua vaga a Manga Escobar, com o Cruz-Maltino voltando a atuar com dois homens na frente.

Pelo lado do Avaí, o técnico Claudinei Oliveira quer ver sua equipe com personalidade.

– Vamos tentar nos impor mesmo em São Januário, onde sabemos que é sempre muito complicado jogar. A nossa equipe é qualificada e tem condições de conseguir fazer seu jogo fluir se acreditar no próprio potencial. Os jogadores aos poucos estão percebendo isso e tenho convicção de que vamos apresentar um bom jogo diante do Vasco, que é difícil de ser batido – analisou o treinador.

O Avaí tem problemas para este jogo. O zagueiro Fagner Alemão, com lesão na coxa direita, é desfalque certo, assim como o zagueiro Betão e o volante Luan, suspensos por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Airton e Gustavo vão compor a dupla de zaga, enquanto que Marquinhos, que volta de suspensão, entra no meio.

 

 

VASCO-RJ X AVAÍ-SC

Local: São Januário
Horário: 19h(de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Auxs: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
VASCO: Martin Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Welington, Jean, Douglas e Mateus Vital; Manga Escobar e Luis Fabiano (Nenê)
Técnico: Milton Mendes
AVAÍ: Maurício Kozlinski, Leandro Silva, Airton, Gustavo e Capa; Judson, Wellington Simião, Marquinhos e Juan; Willians e Romulo
Técnico: Claudinei Oliveira

Untitled Document