segunda-feira, 20 de novembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Alerj e Uerj lançam Caderno de Cultura do Estado do Rio

Alerj e Uerj lançam Caderno de Cultura do Estado do Rio

Matéria publicada em 13 de novembro de 2017, 18:25 horas

 


Rio – Embasar a formulação de políticas públicas municipais. Esse é o principal objetivo do Caderno de Cultura, elaborado pelo Fórum de Desenvolvimento Estratégico da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Na última semana, participaram do lançamento do projeto deputados da Casa, representantes dos municípios, professores e alunos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), instituição que atuou como parceira na publicação.

O caderno se baseou no Mapa da Cultura feito pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), que analisa e organiza as diferentes atividades e ações realizadas em cada município fluminense. Na publicação, que é virtual, qualquer cidadão poderá acessar esses dados. O deputado Zaqueu Teixeira (PDT), presidente da Comissão de Cultura da Casa, ressaltou a importância da iniciativa. “É uma ferramenta que os gestores têm para potencializar a cultura local. Além disso, é estratégico para o estado que os municípios possam desenvolver essa área”, declarou.

– A gente espera que isso sirva como ponto de partida para pensar a gestão pública, incluindo a cultura como fator de desenvolvimento local e pensando em ações que possam integrar diversas áreas – destacou Geiza Rocha, subdiretora geral do Fórum. O deputado Wanderson Nogueira (PSol) e o reitor da Uerj, Ruy Garcia Marques, também participaram do lançamento.

Elaboração

A publicação foi feita por professores, bolsistas e alunos da Uerj. Phelipe Gonçalves, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Geografia, explicou que, além do apoio no mapa da SEC, o grupo ainda visitou os municípios. “Já era um banco de dados muito extenso, mas algumas características não estavam contempladas. Na região da Costa do Sol, por exemplo, havia registros da área da arquitetura, mas não levava em consideração o turismo globalizado”, citou.

O professor Gláucio Marafon, editor executivo da Eduerj, editora da universidade, disse que a intenção é juntar o caderno com outros dois já produzidos, em parceria com a Alerj, sobre esporte e turismo. “O turista não viaja mais por agência. Ele procura na internet as informações para fazer uma viagem. A intenção é ter esse panorama para que ele possa montar o seu próprio roteiro”, explicou.

Importância econômica

A professora Lia Hasenclever, colaboradora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), explicou que a cultura tem um papel importante na economia do país, representando 2% do Produto Interno Bruto (PIB). No entanto, ela destacou que outros investimentos também são necessários para melhorar a economia do estado. “Eu fico preocupada quando agentes públicos dizem que o Rio vai ser salvo por desenvolver a cultura porque, do ponto de vista de geração de desenvolvimento econômico, ela não tem tanta força como a saúde, o setor de petróleo ou o automobilístico”, pontuou.

 

Serviço

O Caderno de Cultura pode ser acessado em (http://www.querodiscutiromeuestado.rj.gov.br/publicacoes-4/item/24-caderno-de-cultura-do-estado-do-rio-de-janeiro).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document