quinta-feira, 21 de setembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Alunos artistas com características de superdotação apresentam obras no Centro Cultural Teophilo Massad

Alunos artistas com características de superdotação apresentam obras no Centro Cultural Teophilo Massad

Matéria publicada em 17 de julho de 2017, 17:00 horas

 


Angra dos Reis – A exposição de artes plásticas de alunos da rede municipal de ensino de Angra dos Reis, na faixa etária de 11 a 16 anos e que frequentam o Atendimento Educacional Especializado (AEE) para estudantes que apresentam características de altas habilidades e superdotação, já pode ser conferida no Centro Cultural Teophilo Massad, no Teatro Municipal.

A mostra ficará aberta para a visitação do público até o dia 3 de setembro. Os trabalhos possuem temática livre baseada na investigação e interesse de cada um. São produções em tinta acrílica sobre tela e grafite sobre papel com técnicas mistas.

Levando em conta que os alunos de altas habilidades e superdotação possuem habilidades artísticas específicas de seu interesse, elas devem ser desenvolvidas e cada vez mais enriquecidas para o desenvolvimento de suas potencialidades. E o responsável por dar essa orientação é o professor de Artes, Leonardo José Pinto.

Os alunos que apresentam altas habilidades e superdotação se destacam não apenas pelo conhecimento, mas, também por características que o identificam e que geram um diferencial no comportamento. Segundo a Organização Mundial de Saúde, 2 a 5% da população são de pessoas que apresentam altas habilidades e superdotação.

Em Angra dos Reis, o Atendimento Educacional Especializado (AEE) para alunos que apresentam altas habilidades e superdotação existe desde 2005. O trabalho conta com uma equipe composta por pedagoga, psicóloga e professores que realizam o enriquecimento curricular nas áreas de matemática, ciências, artes, texto e inglês.

Os alunos frequentam o AEE no turno inverso da escola regular. Atualmente esse o trabalho é realizado na Escola Municipal Júlio Cesar A. Laranjeira, Parque das Palmeiras, e coordenado pelo Departamento de Diversidade e Inclusão, da secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia.

Untitled Document