terça-feira, 18 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Arte como forma de expressão

Arte como forma de expressão

Matéria publicada em 16 de maio de 2018, 08:00 horas

 


Artista plástico Francisco Dantas expõe seus trabalhos na Galeria de Artes da FASF

Sentimento: As obras são uma forma do artista extravasar (Foto: Divulgação)

“A Magia das Cores” esta é a mais nova exposição do artista plástico Francisco Dantas. De nome bem sugestivo, a mostra está aberta ao público na Galeria de artes da Fasf (Faculdade Sul Fluminense) e traz obras surrealistas utilizando a técnica de pintura a óleo, especialidade do artista.

De acordo com Francisco, a paixão pela arte veio desde sempre e começou a se dedicar por volta do ano de 1991, data de suas primeiras obras. Autodidata, ele afirma que não tem um critério para começar a pintar.

– Todas as criações são fruto da minha imaginação. Pego a tela em branco e vou criando em cima dela – diz.

Para o artista, a pintura é uma forma de expressar seus sentimentos e foi no surrealismo que ele encontrou um meio de mostrar o que carrega dentro de si.

– As tintas são como alimento para a minha alma e espírito, tudo vai fluindo naturalmente e eu só obedeço ao comando do pincel. Nada é programado e nenhuma tela é igual à outra – destaca.

O artista já expos em diversas galerias do Estado, segundo ele os convites para expor na região surgiram a partir de 2007, ano em que se mudou para Volta Redonda.

– Tive meus trabalhos expostos em várias galerias do Rio de Janeiro, minha mudança para cá trouxe uma oportunidade de mostrar meu trabalho para a região. Já fiz diversas exposições, tanto solo quanto em conjunto com outros artistas – afirma.

Francisco explica que o convite para expor os trabalhos surgiu da própria coordenação da Galeria da Fasf e ele é claro não dispensou a oportunidade.

– Costumo brincar que nós artistas não podemos ver uma parede vazia que já queremos colori-la, quando surgiu o convite eu logo aceitei. A galeria da Fasf é nova e tem um espaço muito bom – diz, destacando que as obras estão disponíveis para a venda.

– Quem for conferir a exposição irá encontrar muito sentimento retratado nas telas e o público que se identificar com alguma das obras poderá leva-la para casa, já que elas estão disponíveis para venda – finaliza.

Amanda Teixeira

amandateixeira@diariodovale.com.br

Untitled Document